Obra do Beira-Rio: analistas afirmam que Banrisul tem razão

Governador Tarso Genro diz que construtora não pode assumir um risco e depois passá-lo para o banco

Especialista recomenda contrato direto com o BNDES

Conselheiro classifica contrato de misterioso

Clique aqui e leia na ZERO HORA  a matéria completa.



Categorias:COPA 2014

Tags:

23 respostas

  1. Endosso as palavras do João, mas com a camiseta do Inter? O mais certo seria sair com a camiseta da seleção gaúcha, aí não haveria clubismo, e com as bandeiras dos tropeiros das cavalgadas do litoral, de carro, a cavalo, de caminhão, ônibus, trator que é o símbolo do trabalho do campo que mandamos verba pros cofres da união, e do Grêmio a pé como canta o hino, o único clube que não garante que uma empresa virá, um Banco financiará, etc.as obras de seu futuro estádio estão aí pra FIFA ver, só os políticos colorados não querem admtir por clubismo egoísta que estão demonstrando, inclusive o Governador que
    estava em cima do muro agora já admite que a Copa não possa ser no Beira-Rio, pôxa o próprio governador não adequou-se ao novo Título que a UFRG e uma Universidade norte-americana definiram que é um grande lado? Afinal, pelo que estou lendo os colorados não queriam a Copa, enrrolaram, a AG não garante mais nada, o problema do SC Internacional agora seria como abaixo reza na íntegra.

    Financiamento é novo obstáculo para o Beira-Rio. by Gilberto Simon.

    Um novo obstáculo surgiu na reforma do estádio Beira-Rio, palco dos jogos da Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre. Segundo o Banrisul, a construtora Andrade Gutierrez (AG), responsável por conduzir as obras, não apresentou garantias sólidas para obter a quantia requerida. A empreiteira havia procurado o banco com o intuito de conseguir um financiamento pela linha ProCopa Arenas, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes).

    No último final de semana, a AG divulgou nota dizendo que aguardava apenas a resposta da instituição financeira para assinar o contrato com o Internacional e apresentar o cronograma de trabalho, retomando em seguida a reformulação do estádio colorado. Há quase oito meses, o barulho das máquinas não é ouvido no local. A empreiteira ainda afirmou que a garantia da parcela que cabe a ela no processo (20%) foi apresentada e aprovada. Além disso, a Andrade Gutierrez disse que o plano de garantias referente ao conjunto de investidores na Sociedade de Propósito Específico também foi apresentando ao Banrisul.

    Diante do comunicado da construtora, o presidente do Banrisul, Túlio Zamin, disse que não existe restrição à empresa, mas que a proposta não poderia ser aceita sem a liquidez necessária. Zamin lembrou que, há aproximadamente um mês, o banco rechaçou o pedido de empréstimo nos termos apresentados na ocasião. O governador do Estado, Tarso Genro, também rebateu o comunicado da construtora, dizendo que é injusto o Banrisul assumir os riscos da empresa. O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, se mostrou preocupado com a nota da Andrade Gutierrez e constatou que não é a pressão que resultará no atendimento da solicitação. De acordo com o prefeito, os prazos começam a passar sem uma definição, colocando em xeque a realização da Copa do Mundo. Nesse sentido, ele destaca que é necessária uma definição nos próximos dias.

    Jornal do Comércio/ Gilberto Simon | 27/02/2012 at 8:01 | Tags: copa 2014, reforma beira-rio, reforma estádio beira-rio | Categorias: copa 2014 | URL: http://wp.me/pl9z0-8aK

    Se querem um estádio e não admitem a Arena, deixem que o Grêmio, agiliza e faz uma reforma, já no Olímpico que é um campo coberto, sedia a Copa e acaba com esta lenga-lenga, o Beira-Lago nem pra treinos! Claro que o que estou falando é apenas é ilusório, mas se tivessem escolhido o mesmo, as obras estariam bem adiantada e não teria a Arena, que no fundo muitos gremistas já estão sentindo saudades do velho e querido Olímpico Monumental!

    Isto não tenho dúvidas, mas quem sabe deixam ele de pé até a Copa pra treinamentos, depois deste micásso, os colorados nem merecem nem ser campo de treinamentos, e o Grêmio seria o único clube do mundo com dois grandes estádios, que luxo heim?

    Isto seria um tapa de luva na cara de todos os colorados, desde os diretores aos políticos que embromaram até chegarem a este ponto com este embrogio!

    Curtir

  2. Independente de time de futebol, sou gaucho tenho orgulho disto. A Copa é um evento unico no mundo, será que vamos ficar fora desta vitrine por causa da incompetencia de nossos politicos, de nosso governador, do prefeito de POA, dos dirigentes do Inter e da Andrade Gutierez que é a menos prejudicada nesta novela. Não esta na hora de o povo tomar uma atitude, vamos vestir a camiseta do inter e do gremio e vamos a rua, não é o nome de um time que está em jogo, é o nemo de todos nós gauchos, vamos ao palacio piratini, a prefeitura a assembleia. Ou nós gauchos tambem perdemos a vergonha na cara como todos os envolvidos neste jogo de interesses.

    Curtir

  3. Quando a diretoria do teu clube pensa que os gaúchos vão aturar este procedimento, sem pronunciaram-se sobre estes acontecimentos até agora!

    Quando eles vão dar satisfações à tua torcida e a todos gaúchos?

    O Grêmio fez com a Arena e vai ceder parte do empreendimento, isto chama-se parceria!
    Foi assim que a direção do SC Intenacional pensou, ele é nosso, não vamos dividi-lo e nem endividarmo-nos, e começou o empurra com a barriga como os políticos em todo Brasil fazem quando não querem fazer alguma coisa.

    Aí será que isto adiantou? Se fossem humildes e realistas os do Beira-Lago aceitariam a parceria, talvez estariam com as obras já mais ou menos mais da metade, e pronto, mas não, como os políticos em geral, com a barriga, quem sabe querendo um privilêgio igual a do Corinthians! De políticos e dirigentes tudo pode-se esperar!

    Não sabemos o que ocorrem nos bastidores dum clube que não fala nada sobre um assunto que envolvem uma capital e um estado, é a bandeira do Rio Grande do Sul que está em jogo!

    Vou utilizar uma metáfora pra esta novela, como a situação chegou, depois da analogia pensem bem, pois sinceramente, assistir um jogo da Copa no Beira-lago, por questõas de beleza natural, como gremista sou a favor, imaginem se for num fim de tarde com sol com algumas nuvens, que espetáculo pra todo mundo ver, daria um banho em todas noutras sedesm mas da Arena dá pra ver o Lago guaíba também, de longe mas acho que dá!

    A situação seria mais ou menos assim:

    Tinham duas irmãs duma família, mas uma teria que dar à luz a uma criança, aí a família toda poderia ir à grande festa que o rei iria dar, uma honrraria, distinta, só uma delas seria representante da família neste grande evento, e escolheram a mais môça.

    A mais velha grávida fazia algum tempo, foi preterida, o “Grêmio de Foot-Ball Porto Alegrense e sua torcida”, mas o marido cuidou direitinho dela fez todos exames pré-natais com planos de saúde caríssimos, etc, com amor acompanhou a gravidez com os melhores médicos e o bebê está muito bem de saúde,para nascer dentro dum prazo estabelecido, com uma margem pra mais ou pra menos como qualquer gravidez..

    A mais nova o “SC Internacional e torcida colorada” ficou com a honra e
    com a responsabilidade de honrar a família “o Rio Grande do Sul” mas ela ainda não engravidou!

    O tempo passou e o marido nada, uns meses depois ela ” a torcida colorada” parecia que tinha engravidado, mas foi alarme falso, passou-
    se algum tempo e o marido não quis ir até um médico pra saber o que havia, afinal tanto tempo e nada? Estariam com problemas?

    O tempo da tal festa foi aproximando-se e o marido não falou nada pra família, afinal iriam só se tivessem com o bebê representa-la na festa, se não fossem seria uma humilhação para toda família não irem a mesma!

    Aí veio um representante do reino para ver como estava a mulher e sua gravidez, e notou que havia algo de errado e o médico dela “AG” nem presente estava, e a barriga não estava crescida” as obras paradas”!

    Depois foi visitar a irmã mais velha e viu que a gravidez dela estava bem encaminhada no prazo esperado, a barriga já estava grande, viu os exames médicos, tudo direitinho, mas reinterou que a mais mõça é que fôra escolhida e se ela não fosse a família seria excluida da lista de convidados, uma vergonha para toda família perante a comunidade.

    A gravidez não aconteceu, o prazo está diminuino, a barriga não está crescendo, mas ela não agüenta mais de dor, de não estar grávida mas por ver que a comunidade e a família está ficando indignada com o comportamento do marido dela que parece não estar nem aí pra festa do rei!

    Além de ver sua irmã estar, uma mulher que não consegue ter filhos, só vocês sabem que dor deve ser esta, com um marido incompetente, “corpo deliberativo, presidente, diretores etc.”, já está sendo falada por toda comunidade local, “a opinião pública”, aí já ela nem pode mais sair de casa de tanta vergonha!

    Ele tinha até um plano de saúde com a Help “Banrisul”, mas o marido e o médico “AG” não cumpriram cláusulas do contrato e perderam o plano,e agora como fica a situação dela, sem a criança e se ficar sem tempo de ter?

    Tempo está passando, ela ” a torcida colorada” fez até o vestido, como mulher vaidosa quer apresentar-se bem à Côrte, mas sem o bebê, está com problemão pois a área deles que fica no interior dum município distante da capital, “como o governo lá de Brasília trata o “Rio Grande do Sul”!

    Um plano de saúde que foi oferecido na data que souberam que teriam que ser mãe, e garantiriam tudo a tempo vantajoso pra ela, já que havia “os problemas com o marido” que só queria jogar bola, mas cama nada!

    Nete pano oferecido poderia recolher material se o dele não dava, na vida real acontece, fazer uma “inseminação in vitro” com um custo relativo mas “ele não quis”, achou que não valia a pena, ora querem cultivar no meu terreno abóboras dos outros, o terreno é meu e não divido com ninguém disse ele, sem pensar nela, “tem até uma novela abordando este assunto”, na famíia e no que representava estar na festa perante o rei, “falo isto pelo que soube pela impresa, uma construtora estrangeira” ofereceu-se, e o S C Internacional não aceitou, se eu estiver errado, foi isto que eu ouví.

    Pra completar o plano de saúde que estavam pra contratar com o tal
    médco distante que nem se conhecem “AG”, diz ele que não vai dar mais.

    O triste desta história é que a parteira local garante que a mulher o “SC Internacional” não morre por isto, mas ela vai ficar sentida pro resto da vida, a família está em sério risco de perder a oportunidade de participar da festa que o rei dará!

    O pior, o bebê seria nossa querida Porto Alegre! A família, o Rio Grande do Sul!

    Prá mulher, “torcida gaúcha” e família Rio Grandense, ser impedidos de ter “este filho” e perder a oportunidade de ver os jogos aí , o que fariam com um marido destes?

    Curtir

  4. Galera, eu tô ABISMADO com o amadorismo da AG, do Inter e de toda essa negociação. As partes envolvidas estão levando a situação até o limite. A Fifa não vai hesitar se tiver que retirar algumas sedes do mundial de 2014. Ela fez isso em 2010, na África do Sul: o país queria 12 sedes, algumas se perderam pelo caminho e sobraram 8 cidades e 9 estádios. NADA impede que o mesmo ocorra no Brasil.

    Curtir

  5. Quando fechar os 120 dias ,sera quebrado automaticamente o contrato , sem pagamento de multa de ambas as partes e a Andradez Dara no pé levando os 60m. dos colorados , parabéns pelo bom negocio que fizeram .Quero ver passar denoto aviõezinhos com faixa escrito (estadio de aluguel) como no inicio das obras da arena

    Curtir

  6. E uma barbaridade a vergonha estão fazendo o rio grande passar , essa politicagem infundada para ter o beira lago na copa ,insistindo para a empreiteira que visivelmente não quer gastar seu dinheiro numa obra furada sem retorno estão querendo pular fora e só não fez isso pela insistência da imprensa e políticos colorados que não querem ver o grêmio levar essa ,mesmo que todos percamos a copa

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: