Temporais ainda mais intensos devem castigar o RS

MetSul prevê formação de ciclone que agrava a instabilidade entre terça e quarta-feira

Temporais ainda mais intensos devem castigar o RS Crédito: Paulo Nunes

A MetSul Meteorologia alerta que a instabilidade não apenas continua, como deve se intensificar nesta terça-feira. Permanece a advertência quanto a volumes extremos de chuva que, em alguns locais, do Centro para o Sul gaúcho, podem alcançar de 100 a 150 mm em poucas horas com prováveis inundações. Na quarta, um centro de baixa pressão deve originar ciclone, instabilizando ainda mais a atmosfera.

Na Metade Norte, o sol aparece e a temperatura sobe rápido, com calor intenso. No Sul, no Oeste e em parte do Centro, o tempo segue instável. Modelos indicam ocorrência de muitos raios, chuva forte a torrencial, possíveis vendavais e granizo isolado. Áreas urbanas podem voltar a sofrer com alagamentos. No Norte do Estado, o calor instabiliza a atmosfera com pancadas isoladas e alguns temporais da tarde para a noite.

As temperaturas seguem altas, com mínimas acima dos 13°C mesmo em pontos altos como São José dos Ausentes e máximas extrapolando os 37°C, caso de Santa Rosa por exemplo. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 19°C e 26°C.

Chuva causou transtornos nesta segunda

A segunda-feira começou com a instabilidade concentrada na Metade Sul do Estado, mas no começo da tarde o forte aquecimento formou nuvens de grande desenvolvimento, com registro de tempo severo em vários pontos. Houve granizo em Rio Grande, São José do Norte, São Leopoldo, Livramento, Marau e Tramandaí, dentre outros municípios.

Em Canguçu, o vento atingiu 97 km/h. Na Capital, até o começo da noite, havia chovido 41 milímetros no Jardim Botânico. O mau tempo provocou transtornos no tráfego, no transporte público e no fornecimento de energia elétrica.

Foram 16 pontos de alagamento importantes no decorrer do dia e, como a instabilidade prossegue, a água demora para baixar nas áreas atingidas de Porto Alegre. Pelo menos 56 semáforos registraram falhas de acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação e o Trensurb teve circulação limitada a apenas um dos trilhos após raio e galho danificarem rede de energia dos veículos.

Com a formação do ciclone, na quarta, o vento ganha força e podem ocorrer rajadas intensas na quinta. As condições continuarão favoráveis à ocorrência de temporais que em alguns pontos podem ser severos e com potencial de danos. Ar mais seco e frio entre quinta e sexta afasta a forte instabilidade e traz acentuada queda da temperatura.

Correio do Povo



Categorias:Clima

Tags:, , ,

9 respostas

  1. Culpa do Pontal do Estaleiro e do Cais, nem fizeram os prédios e ja ta assim, imagina depois de pronto?

    hahahaha

    Sobre o muro, tenho mais medo que de uma enchente e ele arrebente, ae é uma tsunami invadindo a cidade..

    Curtir

    • O maior sonho de consumo do Trade Turístico é a derrubada daquele muro, que realmente não serve para nada, nem as comportas foram inauguradas. É uma parte do Guaiba que deixa de ser admirada, espero que a tal cascata inserida no novo projeto caia fora, deixar tudo limpo, cleam e com muitas flores. Quem não conheçe a orla de Santos…72 km de ciclovias e de canteiros floridos e mais, o cais com os Transatlânticos… tb nosso sonho se o canal permitise, como era antigamente. Que legal, o pit stop em Poa…. em vêz de Rio Grande!
      Podia ser tb no Barra!

      Curtir

  2. E alguns querendo derrubar o muro da Mauá.
    Tsc… Tsc… Tsc…

    Curtir

    • Eu confesso que não acredito que o muro seja tão eficiente assim. Quando a natureza quer passar, não é um muro que vai deter. Diques em alguns locais do mundo que são construídos para aguentar furacão não resistem, o que diremos então de um murinho. Ele acaba sim é barrando a água de escorrer para o Guaíba inundando o centro.

      Curtir

  3. Espero que não se repita o problema de alagamento na via do trensurb na São Pedro como no último temporal.
    Bah, depender de ônibus e chegar na aula 8h não dá!!

    Curtir

  4. Tô até com medo de sair de casa essa manhã.

    Curtir

    • Agora pela manhã, antes das 7 horas, próximo à Protásio Alves, um poste desabou em direção à rua, ficando preso pela fiação, um pouco antes do ônibus passar. Foi apavorante!

      Curtir

  5. Particularmente não lembro de ter visto tanta chuva assim aqui no RS.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: