Mutirão limpa as ilhas do Delta – 3 toneladas recolhidas

Operação recolheu, ontem, 3 toneladas de lixo do Jacuí e conscientizou a população para a preservação do meio ambiente

Além do recolhimento dos detritos, trabalhadores e voluntários prestaram esclarecimentos à população Crédito: VINÍCIUS RORATTO

Para contribuir com a limpeza e preservação ambiental nas ilhas do Delta do Jacuí, a Concepa, a Brigada Militar, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), prefeituras da Capital e de Eldorado do Sul realizaram ontem um mutirão para recolher o lixo e conscientizar os moradores sobre a importância do tratamento dos resíduos. O volume recolhido foi de 3 toneladas.

De acordo com a bióloga da Sema e gestora do Parque e da Área de Proteção Ambiental Delta do Jacuí, Vânia Mara Ângelo da Costa, a 8 Operação Delta contou com a participação de 80 funcionários das entidades e voluntários e, assim como na última edição, ocorrida em maio deste ano, a expectativa é de recolher cerca de duas toneladas de lixo. “Na primeira edição, retiramos 20 toneladas, mas esse montante foi diminuindo com o tempo, prova de que está ocorrendo uma maior conscientização da população”, explicou a bióloga. Vânia destaca que grande parte das ilhas se transformou em depósito do lixo produzido na cidade, por isso a importância de ações que despertem a consciência ecológica.

A moradora Sandra Rita da Silva avaliou como positiva a ação da Operação Delta. Segundo ela, é comum as pessoas depositarem lixo nas esquinas do bairro e até mesmo nas ruas, propiciando a proliferação de insetos e ficando vulneráveis às doenças. “A gente até sabe que é errado, mas acaba agindo sem pensar”, lamentou Vânia.

Além do recolhimento do lixo, os trabalhadores e voluntários realizaram ações de educação, batendo de porta em porta e conversando com os moradores. O coordenador de Engenharia da Concepa, Fábio Hirsch, explicou que o objetivo é conscientizar os moradores da região sobre a responsabilidade ecológica, com ênfase para o trato com animais, risco da manutenção de lixões a céu aberto e preservação ambiente. “Além disso, em média, recolhemos cerca de 70 toneladas de resíduos recicláveis descartados irregularmente nas rodovias”, salientou Fábio, acrescentando que constantemente a empresa remove lixo nos acostamentos dos trechos rodoviários sob sua concessão, entre Osório e Guaíba.

Correio do Povo



Categorias:Meio Ambiente

Tags:,

4 respostas

  1. muito legal tentar conscientizar as pessoas da nossa cidade que o lixo causa uita coisa ruim para elas e para própia cidade em que vivem ,se cada um fizer a sua perte o mundo pode sim melhorar.”é de pouco á pouco que se formam as grandes coisas”

    Curtir

  2. Eh complicado mais aos poucos tem como conscientizar essas pessoas que o lixo soh serve para atrapalhar ainda mais as suas vidas .Ah e otima iniciativa dessas pessoas que fazem esse trabalho muito legal mesmo parabens.

    Curtir

  3. E’ complicado exigir conscientizacao quanto ‘a limpeza e preservacao do ambiente de familias que, muitas vezes, dormem com ratazanas e condicoes pessimas de higiene.

    Curtir

  4. Quee loucura…

    Bem que as empresas de reciclagem poderiam abrir os olhos pra isso, imagina o que não tem de plastico facil de pegar na quela tal ilha de plastico que tem no meio do mar?

    Tambem deve ter muita coisa nos rios.. haha

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: