Comentário de um jornalista francês sobre o Olímpico e Porto Alegre

Olímpico estádio com charme

Estádio Olímpico  Foto: Gilberto Simon - Porto Imagem

Estádio Olímpico Foto: Gilberto Simon – Porto Imagem

Opinião do jornalista Gregory Nowak, comentarista do Canal +, da França à RBS sobre o Estádio Olímpico, onde treinou a seleção de seu país:

“Gostei bastante do Estádio Olímpico. É um estádio que tem mais um espírito sul-americano. Não é depreciativo o que eu falo, é diferente dos estádios que a gente vê na Europa e mais semelhante ao Centenário (em Montevidéu). Esse tipo de estádio tem um charme. Nós passamos pela Arena. Muito bonita e moderna, mas é como qualquer estádio que vemos na França ou na Alemanha”.

E sobre Porto Alegre:

“Eu sabia que era a cidade de Ronaldinho. Também conhecia os clubes de futebol, o Inter e o Grêmio, já que comentei vários jogos do Campeonato Brasileiro pela televisão francesa. Fiquei surpreso em saber que a cidade não é de praia, tinha a ideia de que era à beira do mar e não de um lago. Me parece que não é uma cidade que represente aquela imagem que a gente normalmente tem do Brasil”.

Affonso Ritter



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

22 respostas

  1. Putz.. será que sempre que alguém emite uma opinião precise ser apedrejada? Ele não falou que o estádio é melhor que a Arena, ele falou bem do estádio olímpico e da Arena, apenas salientou que o Olímpico tem uma característica forte do futebol sulamericano e lamentou que a tendência dos estádios é ficar tudo pasteurizado, com a mesma cara. Eu concordo com ele. Não é a toa que, muito antes desse papo de reformulação do Beira-Rio e Construção da Arena meus estádios favoritos sempre foram os redondos e ovais. Sempre achei os estádios novos parecendo grandes ginásios quadrados. Não é a toa que um dos meus estádios favoritos na Copa de 2010 foi o Soccer City. E que bom que o Maracanã e o Mineirão não foram destruídos para a construção de um estádio que parece com tantos mundo a fora (a não to falando dos estádios de primeiro mundo.. Qualquer estádio latino ou africano que foi ou está sendo construído segue essa pasteurização). E não é só pq é melhor. É porque virou moda. Assim como ponte estaiada que agora tem em tudo que é lugar.
    Enfim.. é a opinião dele…é a opinião de fora, de alguém que conhece vários estádios pelo mundo, que consegue enchergar alma nessas estruturas e que deve ser considerada. Chega de querer transformar a Arena no “estádio mais moderno da américa Latina” porque não é. No México há pelo menos uns dois melhores e agora, com os estádios brasileiros ficando prontos, há pelo menos uns 5 melhores que a Arena. E não é clubismo, é realidade.
    Eu nunca engoli a arquitetura da Arena. Fui um dos primeiros a ficar feliz que o Grêmio ia ter um estádio novo e moderno. Ponto pra Porto Alegre. Mas fui um dos primeiros a ficar decepcionado com a Arquitetura aprovada. Antes do anúncio final do projeto escolhido, havia pelo menos uns 2 desenhos da Arena que eu achava que iam ser de babar. E o escolhido foi esse. Ótimo que temos um estádio novo e moderno. Mas moderno até quando? O Brasil vai ganhar os estádios da Copa e mais outros que vão seguir a “moda” do estádio novo. E todos possuem um desenho mais bonito que a Arena. Ou seja, logo, logo, as pessoas vão esquecer que a Arena é um estádio novo, porque ele ficará com um desenho antiquado. Eu, particularmente já acho que ele já nasceu com um desenho antiquado. E a localização… vai levar alguns anos antes que seja algo relevante. Por enquanto a Arena é mal localizada.

    Curtir

    • Antes que alguém questione sobre a minha referência do Soccer City, já que ele não é redondo ou oval, quis dizer que é o formato que acho ideal… Nem totalmente redondo ou oval, nem em formato de arena. É o meio termo entre os dois. Acho o desenho dele muito lindo, parecendo um estádio oval pra quem vê de fora, mas com cantos nas arquibancadas pra quem vê de cima…

      Curtir

  2. Apenas por ele ter dito:

    “…Me parece que não é uma cidade que represente aquela imagem que a gente normalmente tem do Brasil.”

    Já me sinto satisfeitíssimo!

    Curtir

  3. Por isso quea idéia era de manter o espirito latino na arena.

    Mas deu tudo errado e ja era.

    Curtir

  4. Concordo com ele. Além do mais, há uma muito clara teatrização do futebol.

    Curtir

    • Futebol é um entretenimento tratado de forma fútil por adultos em ignorância consentida. Tem muito dinheiro nos bastidores, e o povo chora e vibra (manipulados) enquanto os problemas da vida real seguem iguais.

      Curtir

  5. Vai ver se ele queria esse charme todo la’ na Franca…

    Curtir

    • Excelente comentário. Ele gostou porque é diferente do que ele esperava, mas quero ver se ele troca o estilo francês pelo nosso.

      Curtir

  6. Provavelmente ele reclamou quando construíram os da europa também…

    Curtir

  7. Existem confortos que independem dessa tal “identidade”. Meu pai, com 65 anos, nao ia nem à base de pancada pro estádio, mas agora sempre que vem a Poa quer visitar a Arena.

    Curtir

  8. Esse francês deixou bem claro que quando um povo/país possui uma identidade que o diferencia de outros povos/países.. deve mantê-la e não tentar imitar a de outros. Esse exemplo do Olímpico e da Arena foi ótimo.. ele disse que o Olímpico tem muito mais essência do que um estádio moderno comum.. acho que isso deveria valer para tudo.. parar de querer imitar o quê é feito lá fora, e criar uma identidade própria, mas moderna, e baseada nas raízes e características de uma cultura., copiando, nos tornamos mais um e um milhão.

    Curtir

    • A verdadeira pobreza é a de espírito. De que adianta ter grana para gastar em shopping? É um investimento inútil em mais depressão e ansiedade.

      Curtir

      • ok, uma pessoa vai virar pobre de espirito por gastar diinheiro em shopping.

        Parabens.

        Curtir

        • Sim, rico que é rico viaja, compra livros (pode ser no Kindle mesmo), devora o cinema, faz cinema, produz e consome cultura em vez de só passar o cartão. Não que seja errado passar o cartão, é bom comprar um smartphone, uma roupa de grife… vez que outra, vez em raro, sem ansiedade. E o shopping se mantém graças à ansiedade do consumo.

          Por isso, sim, uma pessoa pode virar pobre de espírito se ficar shopping-dependente. Cuidado! 😛

          Curtir

      • Sim, por que todo mundo que é rico sofre de depressão e ansiedade….. Feliz é quem é pobre né….

        Curtir

    • Que conversa boba e sem sentido.

      Se o ser humano não imitasse ninguém, ainda estaríamos trepados nas árvores, admirados com o primeiro macaco que resolveu descer.

      Curtir

      • Pois é…
        E esses macacos admirados com o que desceu, fizeram o quê?
        – Copiaram…

        Curtir

    • Há um motivo pelo qual ele não vê esses estádios na Europa.
      Eles não serve mais. São obsoletos, inapropriados, sem nenhum conforto.
      Ainda bem que a tecnologia evolui.
      E ainda bem que os Europeus reconhecem e renovam suas estruturas para usufruírem disso.
      Se o coliseu de Roma fosse aqui ainda estaríamos usando como estádio, em nome da tradição e dos costumes.

      Curtir

  9. Agora que o Pedro Ruas ressuscita a gericada do tombamento!

    Curtir

    • Tombar porque um francês teceu alguns comentários sobre a proximidade da identidade portoalegrense com um estádio como o olímpico também não seria agir sob influência externa? rs De qualquer forma, a arena pode ser comum no exterior, mas aqui no Brasil é algo quase que “extraordinário”.. O olímpico é muito belo também, mas é inegável o impacto negativo que teria se fosse tombado só por ser tombado – como foi feito no hipódromo. Enfim, eu preferia que o Olímpico tivesse sido repaginado, mantendo seus traços. Mas agora com o grêmio na zona norte, me parece algo negativo deixar uma estrutura dessas abandonada, digo, tombada.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: