Audiência sobre transporte público é adiada em Porto Alegre devido a confusão

Lotação e confusão na entrada da Câmara motivaram transferência para o Ginásio Tesourinha

Houve confusão inclusive com estouro de rojões. Crédito: Ederson Nunes / CMPA / CP

Houve confusão inclusive com estouro de rojões. Crédito: Ederson Nunes / CMPA / CP

Em meio a grande mobilização dentro e em frente à Câmara Municipal de Porto Alegre, nesta quinta-feira, foi adiada a audiência sobre o transporte público. A data de 10 de março foi escolhida para o novo encontro que também será transferido para o Ginásio Tesourinha.

O Bloco de Lutas ocupou a entrada da Câmara e houve um princípio de confusão, inclusive com estouro de rojões. A manifestação foi contida com o forte aparato policial, com cavalaria e Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar fazendo a segurança.

Os manifestantes, cerca de 200 pessoas, seguiram com gritos de ordem após a decisão, mas começaram a se dispersar. “Dia 10 vai ser maior”, prometeram os participantes do protesto, muitos deles mascarados.

O diretor da EPTC, Vanderlei Cappellari, que explicaria o processo de licitação dos ônibus, definiu o adiamento em função da superlotação do plenário da Câmara. Cerca de 300 pessoas ocupavam o Plenário Otávio Rocha. No Tesourinha, a estrutura permitirá melhor atendimento aos participantes.

audiencia-transporte-poa-02

audiencia-transporte-poa-03

Correio do Povo



Categorias:onibus

Tags:, , ,

40 respostas

  1. Com a presença de TURBAS nunca que essas audiências públicas chegarão a algum lugar.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: