Secretário do Tesouro confirma novo bloqueio de recursos ao RS

Marcelo Saintive disse que o governo federal não pretende abrir exceções a estados com problemas de caixa

Marcelo Saintive disse que o governo federal não pretende abrir exceções | Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil / CP

Marcelo Saintive disse que o governo federal não pretende abrir exceções | Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil / CP

O Tesouro Nacional voltará a bloquear os repasses federais ao Rio Grande do Sul caso o estado não pague a parcela de agosto da dívida com a União, conforme decisão anunciada nesta quinta pelo governador José Ivo Sartori. Ao comentar o resultado do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) de agosto, o secretário do Tesouro, Marcelo Saintive, disse que o governo federal não pretende abrir exceções a estados com problemas de caixa.

“Buscamos sempre uma cooperação, mas vamos fazer uso das cláusulas contratuais. Se o estado não puder quitar as dívidas, seguiremos as cláusulas contratuais (que determinam bloqueio de repasses em caso de não pagamento por parte dos estados), em que pesem nossas conversas, que têm sido bastante profícuas”, afirmou Saintive. Ele destacou que o Tesouro está liberando algumas operações de empréstimos para o estado.

De acordo com o secretário, os estados também estão sofrendo com a readequação da economia e enfrentando queda na arrecadação. Ele reiterou que o Tesouro está negociando com todas as unidades da Federação, mas disse que pretende diminuir as autorizações para que os governos estaduais contraiam empréstimos no sistema financeiro. Acrescentou que está discutindo a viabilidade de cada projeto a ser financiados.

“A crise fiscal é do país, mas os estados estão sofrendo também. É importante dizer que houve uma liberação de empréstimos bastante expressiva para os estados. A média (de autorizações de empréstimos) somou R$ 35 bilhões nos últimos três anos. Certamente não é com esse montante que trabalhamos. Trabalhamos com um valor mais parcimonioso”, disse o secretário.

Há duas semanas, o Tesouro vetou que os estados adquiram empréstimos de organismos multilaterais, como Banco Mundial e Banco Interamericano de Desenvolvimento. O argumento foi que os governos locais se endividaram muito nos últimos anos com esse tipo de operação.

Hoje, o governador Ivo Sartori confirmou que o estado novamente atrasará o pagamento da parcela da dívida com o Tesouro para pagar os salários de agosto dos servidores públicos. De acordo com a Coordenação de Comunicação do governo gaúcho, mesmo com o atraso no pagamento ao Tesouro, os servidores receberão o salário de forma parcelada.

O estado também entrou com ação no Supremo Tribunal Federal para tentar evitar um novo bloqueio das transferências de recursos federais. O governo gaúcho alega motivos humanitários e de emergência financeira para deixar de pagar a parcela da dívida com a União.

Correio do Povo – Agência Brasil



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

13 respostas

  1. É um mais lixo que outro.

    Curtir

  2. Nós gaúchos devíamos era fazer uma interdição no estado e cair fora do resto do Brasil! Um estado rico como o nosso, dando “burras” de dinheiro para o governo federal roubar escandalosamente! Chega de sermos capachos destes comunistas malucos! Nós podemos muito mais! A Dilma não ganhou no nosso estado, bem feito! Agora quer tirar a desforra das eleições.
    O governador não tem que pagar nada! Nós não devemos nada pra esta corja!

    Curtir

    • Também sou contra continuar pagando dívida. Só quem concorda com juro abusivo é quem recebe o lucro. É a vez do RS abusar de volta. Separação do Brasil e coragem pra enfrentar novos desafios como país autônomo. Deveriam fazer um estudo sério se não estaríamos melhor sozinhos mesmo. Por que não afinal?

      Curtir

      • Finalmente encontro pessoas que têm o mesmo pensamento que o meu. Governo de Brasília é um bando de sanguessugas, parasitas, concentradores de $$$. Municípios gaúchos e o RS ficam sem recursos para nada, em um estado que trabalha e produz riquezas.
        Autonomia gaúcha!

        Curtir

      • É isto aí Renan! Só está em nós fazer acontecer!

        Curtir

    • Sim, vai nessa de dar calote que a desgraça fica pior.
      hahaha

      Curtir

  3. volta yeda

    Curtir

  4. Dear financially illiterate “pro independence” blowhards,

    If Rio Grande do Sul was an independent nation, the people there would owe the debt to “foreigners that control the money supply / vulture hedge funds” that would simply lend you more “debt”, force you to default, and “privatize” (sell it off to their cronies), meaning strip all the valuable public assets from the tax payers (you). Sounds familiar? Argentina?Greece?and many more nations in Europe such as Portugal, Ireland, Italy, Spain…by time the US? You get it?

    The debt you owe to federal government is owned by the people.
    Rio Grande do Sul is an autonomous state within the Federal Republic, and basically what the Federal Government is saying, is: Look, this is a state issue, you are on your own to solve the problems which you can and must solve and after that you get what is yours. Now, get your act together…, if other states can do it, so can you.

    ,

    Curtir

    • Look, we live in the twenty-first century and we would know very well manage our independent state! What foreigners have been doing in Brazil, it remains what they did in past centuries. The gaucho is not stupid! We know what to do without being tied to vultures that are every day in tearing the flesh. The Rio Grande do Sul has been and can be, the barn itself! No more abuses. We are a warlike people and true to our history! And write again, write in Portuguese!

      Olha só, vivemos no século XXI e saberíamos muito bem gerenciar o nosso estado independente ! O que os estrangeiros vêm fazendo no Brasil, continua sendo o que fizeram nos séculos passados. O povo gaúcho não é burro! Sabemos o que fazer, sem estarmos atrelados aos abutres que estão todos os dias nos dilacerando a carne. O Rio Grande do Sul já foi e pode ser, o celeiro de si mesmo! Chega de desmandos. Somos um povo guerreiro e fiel à nossa história! E se escrever de novo, escreva em português!

      Curtir

    • Mesmo em inglês tu não evitou de escrever nonsense. Deixa de ser pedante.

      Curtir

  5. Correto, Renan!

    Curtir

  6. A briga é entre o PMDB e PT, 2016 e 2018 tá chegando e o povo se ferrou……

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: