A classe C quer consumir

A classe C brasileira quer consumir mais, não poupa, mas exige estabilidade econômica para colocar seus planos em prática, segundo pesquisa encomendada pela agência de publicidade McCann Erickson.

O estudo é resultado de mil questionários aplicados nas cidades de São Paulo, Rio, Recife, Porto Alegre e Goiânia junto a casais com renda mensal entre R$ 1.000 e R$ 2.000. A faixa etária pesquisada foi de 20 a 65 anos, 50% homens e 50% mulheres. Conforme a pesquisa, a classe C identifica diferenças de consumo entre sua classe, pobres, classe média alta e ricos, e aponta sentimento de exclusão, não quanto ao financeiro, mas ao comportamental.

“O desejo prioritário da Classe C é hoje consumir sem preocupação e aprender a se comportar como classe média”, afirma Aloísio Pinto, vice-presidente da McCann.



Categorias:Uncategorized

Tags:,

%d blogueiros gostam disto: