Revolução imobiliária em Porto Alegre ?

“Vem aí uma revolução imobiliária em Porto Alegre”

Muito pouca gente percebeu o alcance da emenda apresentada pelo vereador Nereu D’Ávila ao projeto que permitirá ao Grêmio derrubar seu estádio da Azenha e construir um novo estádio no bairro Humaitá. O prefeito José Fogaça vetou a emenda, mas a Câmara derrubou o veto. É a primeiras vez em cinco anos que os vereadores se atrevem a tanto.

. O projeto que beneficiou o Grêmio, permite a contrução cirúrgica de empreendimentos imobiliários que fogem bastante aos padrões construtivos estabelecidos para Porto Alegre. No caso do Grêmio e também no caso do Internacional, a idéia era propiciar o alavancamento de recursos para erguer (Grêmio) e revitalizar (Inter) os estádios, de olho na Copa de 2014.

. E o que propõe a emenda ? Utilizando do mesmo princípio (obra em cima de empreendimento já existente), a emenda permite ampliações que escapem aos índices construtivos estabelecidos para as regiões onde se localizem os imóveis, desde que estes estejam enquadrados nas categorias listadas na emenda. Estão neste caso hotéis, hospitais, universidades e shoppings. A lista não é conclusiva.

. Vem aí uma explosão imobiliária em Porto Alegre. . A lei valerá a partir do momento em que for promulgada por Fogaça ou o presidente da Câmara, Sebastião Mello.- Da mesma forma como não se intimidaram nos casos do Grêmio, do Inter e da emenda de D’Ávila, que desengessaram franjas significativas do setor construtivo de Porto Alegre, os vereadores poderão surpreender no caso do Pontal do Estaleiro.

Polibio Braga



Categorias:Uncategorized

Tags:, , , , , ,

3 respostas

  1. ate que enfim tiveram o bom censo de nao deixar porto alegre estagnada no tempo e esquecimento,parabens nobres vereadores,agora sim vcs estao representando o povo da nossa cidade.

    Curtir

  2. Espero que não aconteça um desmoronamento tapando o fim do túnel.

    Curtir

  3. Será uma luz no fim do túnel?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: