Grupo espanhol vai construir 1,3 mil unidades do Minha Casa, Minha Vida em Porto Alegre

O grupo espanhol RS vai construir 1,3 mil unidades habitacionais pelo programa Minha Casa, Minha Vida em Porto Alegre. O anúncio foi feito pelos empresários em reunião com o prefeito José Fortunati nesta tarde.

As unidades são destinadas para trabalhadores com renda de três a seis salários mínimos e a construção deve começar ainda neste ano. Os empresários pretendem investir futuramente na construção de unidades habitacionais para população com renda de zero a três salários mínimos. O prefeito José Fortunati comemorou o investimento e destacou que uma lei aprovada pela Câmara de Vereadores prevê isenção de ISSQN para empreendimentos que beneficiam essa faixa salarial.

Serão trezentas unidades na Manoel Elias, próximo à Fapa, e outras mil na João Ferreira Jardim, no bairro Rubem Berta, zona norte da Capital. O grupo espanhol RS fará investimentos semelhantes nas cidades de Eldorado do Sul e Novo Hamburgo.

Zero Hora – Dinheiro



Categorias:Habitação

Tags:

6 respostas

  1. AhHA eu faria a mesma piada Jorge, mas nossa separação foi tranquila (e na época ela era namorada ainda) 😛

    Curtir

  2. Reservas Ambientais, Loteamentos Comunitários e Centros de Reciclagem do Lixo serão as sugestões de projetos para PoA nesse congresso. ^^

    Curtir

  3. Ô Felipe, cumequié esta história? Levaste tua ex lá no belvedere e sobrou uma poça de sangue? E ninguem viu nada??!! Cara, me dá a barbada, preciso levar lá minha ex tambem!!!
    Tá, desculpe a brincadeira, mas ñ deu pra resistir…!! Um abraço,
    Jorge

    Curtir

  4. Concordo portofan. Fui lá com minha ex-esposa para ela conhecer e tinha uma poça de sangue no belvedere. Sério.

    Curtir

  5. Espero que em vez de casinhas eles façam blocões, pois assim não haverá puxadinhos e lages adornando a cidade e avacalhando o skyline.

    Gilberto, tu fizestes um post sobre o terrível estado da orla ali no gasômetro, poderias fazer um post também sobre o terrível estado do belvedere do morro santa tereza também, né, são as duas vergonhas mais visíveis na nossa cidade atualmente para recepcionar os turistas. Os dois principais pontos da cidade jogados às traças. Poderias entrar em contato com os vereadores que são colunistas do site e sugerir que eles falem com o fortunati sobre a inclusão de algum tipo de intervenção naquela área. Antigamente dava até para ir de carro namorar vendo a cidade toda iluminada à noite, era um verdadeiro sonho, época que não volta mais.

    Curtir

  6. Amanhã, 4, na programação do V Congresso da Cidade, dois temas ligados ao eixo temático Desenvolvimento Urbano e Ambiental estarão em pauta na PUCRS. O encontro será realizado às 19h, no Auditório da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (prédio 9). Será a primeira reunião de uma série de encontros previstos para acontecer na universidade até o final do ano.

    Além de professores, participam lideranças comunitárias, órgãos públicos municipais e federais e iniciativa privada. O calendário foi definido na última terça-feira, 26 de abril, e também inclui discussões sobre mobilidade urbana, edificações, patrimônio, espaços públicos, paisagem urbana, entre outros.

    Mais informações: (51) 3289-6660.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: