Inter anuncia recomeço das obras antes da estreia na Libertadores

Fortunati revela construção de edifícios-garagem no Beira-Rio em parceria com a prefeitura

Obras estão paralisadas desde maio de 2011 Crédito: Fabiano do Amaral / CP Memória

Após meses de indefinição, o presidente do Inter, Giovanni Luigi, estabeleceu um prazo para o reinício das obras de reforma do Beira-Rio: 25 de janeiro. “Na semana que vem divulgaremos a data da assinatura de contrato com a construtora, mas podemos adiantar que antes da estreia na Libertadores, que será dia 25, nós iniciaremos as obras”, afirmou.

Luigi recebeu na tarde desta quinta-feira a visita do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati. Após o encontro entre os dois, o prefeito acabou fazendo uma revelação que só seria feita no anúncio oficial das obras: dois edifícios-garagem serão construídos no complexo, em parceria com o município.

“Estamos discutindo isto com o Sport Club Internacional. Em jogos importantes do Inter, o bairro Menino Deus sofre muito por não haver estacionamentos adequados. As pessoas estacionam por todo o bairro Menino Deus, ocasionando tumulto. Com os edifícios, poderemos represar quase a totalidade dos veículos que vêm ao Gigante, evitando tumulto no bairro”, contou Fortunati. “Estou me antecipando. O Inter fará o anúncio nos próximos dias”, afirmou, em seguida.

O prefeito assinou no Beira-Rio o contrato para construção da segunda ponte sobre o Arroio Dilúvio, parte do projeto de duplicação da avenida Edvaldo Pereira Paiva. “É uma obra importante porque dará uma mobilidade maior para a zona Sul da cidade. A avenida Beira-Rio tem cumprido seu papel essencial junto com a Padre Cacique, mas já está estrangulada, não somente nos dias de jogos ou espetáculos, mas em todos os horários de pico. Não é uma obra para o Inter, ou para a Copa 2014. Também, mas é para beneficiar a cidade”.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Gigante para Sempre (Beira Rio)

Tags:

8 respostas

  1. Por acaso ja assinaram o contrato? Lembrem-se que a AG tem se não me engano ainda 100 dias apos a assinatura para abandonar o projeto…então menos anuncios e firulas e mais ação Intenacional!

    Curtir

  2. Tomara que essa estória seja só um mal entendido, do contrário seria lamentável ver o Rio Grande do Sul e os gaúchos, mais uma vez PREMIANDO o atraso e a incompetência.

    Onde anda a meritocracia nessas horas?

    Curtir

  3. medo desse edf garagem….

    Por favor, não vão acabar com a orla na quela região… que façam algo parecido com o projeto que sempre divulgaram…

    Curtir

    • Guilherme, já surgiram imagens desses novos edifícios, e são, comparados aos do vídeo inicial, “deselegantes”!

      Curtir

  4. Posto aqui o comentário que fiz no Facebook:

    Fortunati abriu a boca antes da hora e revelou que os edifícios-garagem no Beira-Rio serão construídos com dinheiro da prefeitura.
    A desculpa é que em dias de jogos o bairro Menino Deus não suporta os veículos que se deslocam para a região, e a construção seria para resolver os problemas dos moradores.
    Até outro dia, empreendimentos que gerassem impactos na cidade eram obrigados a construir obras de contrapartida. Foi assim com quase todos os shoppings. Vide o Praia de Belas e a ciclovia da Ipiranga, o Barra e a avenida Diário de Notícias, o Bourbon Vallig e a avenida Grécia. Detalhe que todos estes prédios fizeram ainda suas garagens e estacionamentos.
    Seguindo o mesmo raciocínio, não era para o Inter bancar os edifícios-garagens e de quebra a duplicação da avenida Beira-Rio?

    Curtir

  5. Ótima notícia! Agora: COMECEM LOGO!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: