Comissão da Câmara pede suspensão de obra no entorno da Anita Garibaldi

Intervenção para a Copa gera protesto de moradores dos bairros Mont’Serrat e Boa Vista

Comissão da Câmara pede suspensão de obra no entorno da Anita Garibaldi Crédito: Elson Sempé Pedroso / CMPA / CP

O presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Beto Moesch (PP), vai pedir a suspensão das obras nas imediações da rua Anita Garibaldi até o dia 25 de junho, para que seja realizada uma audiência pública para debater o tema. A decisão foi tomada após reunião realizada na tarde desta terça-feira, que avaliou os impactos das obras de infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014.

De acordo com o parlamentar, a falta de discussão sobre o tema motivou o pedido de suspensão. “Por incrível que pareça a Prefeitura não fez audiência pública antes de licenciar esta obra, então nós conseguimos dar voz a isso tudo”, destacou. A solicitação ainda envolve o não-asfaltamento de nove ruas localizadas no entorno da Praça Japão, inclusive a alameda Raimundo Corrêa, em virtude das vias ainda apresentarem vegetações nas margens.

Beto Moesch criticou a ausência de representantes da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) e da Secretaria Extraordinária da Copa de 2014 (Secopa). No entanto, a reunião contou a com a presença de diversos representantes do Executivo e com moradores da região.

A principal pauta das discussões envolveu o alargamento viário da rua Anita Garibaldi, entre os bairros Mont’Serrat e Boa Vista, para que seja construída uma passagem subterrânea na rua, sob a Carlos Gomes. O projeto é uma das obras de mobilidade urbana para o Mundial. A Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC) já começou a sinalizar as ruas adjacentes para que a construção comece em até quatro meses.

Para quem vive nos arredores e protesta, a abertura da passagem vai implicar na remoção de 175 árvores e no aumento do fluxo de veículos na região. O grupo sustenta, ainda, que o projeto não prevê ciclovias, contrariando o Plano Diretor Cicloviário. Por essa razão, um grupo de ciclistas promove uma pedalada, em apoio ao movimento AnitaMaisVerde! Dezenas de manifestantes deixaram, pouco depois das 18h, o Largo Zumbi dos Palmares rumo à rua Anita Garibaldi para protestar contra o projeto chamado pelos ativistas de “Trincheira da Anita”.

Correio do Povo

_________________________________

IMPORTANTE SABER:

– De acordo com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), 75 mil veículos cruzam por dia a Terceira Perimetral pela Rua Anita Garibaldi

– Com a trincheira (passagem de nível), passarão por baixo da via, deixando de sobrecarregá-la

– Quanto à Anita, 50% dos veículos seguem em direção ao Iguatemi, 32% dobram em direção ao aeroporto Salgado Filho (serão deslocados) e 18% dobram em direção à Avenida Protásio Alves, o que justificaria a tese de que, com a trincheira, o congestionamento será praticamente resolvido.

Fonte: EPTC



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , ,

57 respostas

  1. Luciana, seu comentario foi muito flopado.
    Hoje fiquei a observar na janela do meu trabalho o fluxo do cruzamento. Os dados estao ate bonzinhos. De cada 10 carros, 1 ou no maximo 2 realizava a conversao e direcao ao aero e nenhum em direcao a nilo.

    Vai funcionar sim essa obra.

    Curtir

  2. SE INFORMEM ANTES DE APOIAR!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    http://anitamaisverde.blogspot.com.br/

    É muito fácil apoiar acreditando que vai melhorar o trânsito…. Depois de pronto não tem como consertar o problema!!!!!

    Muitos apoiam com outros interesses, contrários a melhora da mobilidade.

    Fiquem atentos!!!!!

    Curtir

  3. 32% da Anita terão que passar reto e contornar, mas um volume muito maior de carros que trafegam na Carlos Gomes serão beneficiados no aspecto fluidez e assim gerando menos barulho, poluição e consumo de combustivel.

    Curtir

  4. Antes de criticar a suspensão da obra! Se informe!
    http://anitamaisverde.blogspot.com.br/

    Curtir

    • Estou muito bem informado. Trabalho nessa esquina polemica e morava na anita.

      se fosse por isso eu ia encaminhar um pedido paraa fecharem todos os bares da padre chagas, pois estes geram barulho.

      Luciana, proponha algo entao. Nao me venha com o papo das arvores que essas podem ser replantadas. Mas venha com um argumento BOM, que beneficie toda cidade, e nao 5 pessoas. Caso contrario o seu comentario vai ser considerado o rei do FLOP.

      Curtir

      • O problema do trânsito intenso não será resolvido. As retenções irão permanecer ou até aumentar, pois todo esse fluxo irá se direcionar para a rua Engenheiro Alfredo Correa Daudt, rua residencial e estreita de mão dupla separada por um canteiro, que hoje já tem um intenso movimento de veículos que com o projeto será intensificado. Já a Alameda Raimundo Correa se tornará mão única levando o trânsito da Nilo Peçanha para a Anita Garibaldi. Aumentando ainda mais o fluxo para a rua Correa Daudt.

        Só irão desloca o problema!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        Curtir

  5. A verdade sobre o projeto da Trincheira da Anita

    A retirada de aproximadamente 60 árvores, redução da largura das calçadas, muito concreto, diminuição da área verde e aumento da poluição sonora não são compatíveis a sustentabilidade ambiental que tanto divulgam!

    Observando o local, obra da Trincheira da Anita Garibaldi, podemos notar que a maioria dos carros que trafega pela via realiza conversão à esquerda para o sentido norte (aeroporto) ou cruzam a Carlos Gomes prosseguindo em frente pela Anita, poucos seguem a direita pela Carlos Gomes.

    Com a obra, não será possível realizar conversão a esquerda na Carlos Gomes e os carros no sentido aeroporto serão somados aos que seguem em frente pela Anita. Logo, as retenções irão permanecer ou até aumentar, pois todo esse fluxo irá se direcionar para a rua Engenheiro Alfredo Correa Daudt, rua residencial e estreita de mão dupla separada por um canteiro, que hoje já tem um intenso movimento de veículos que com o projeto será intensificado. Já a Alameda Raimundo Correa se tornará mão única levando o trânsito da Nilo Peçanha para a Anita Garibaldi. Aumentando ainda mais o fluxo para a rua Correa Daudt.

    A divulgação de que não haverá sinaleiras, para transformar a Perimetral numa via rápida, anima todos que não conhecem o projeto, porém a região possui prédios residenciais, empresariais e lojas comerciais com grande circulação de pedestres. O bairro modificou-se com o passar dos anos o projeto da obra da Trincheira não. As sinaleiras e as faixas de pedestres têm que existir. Os carros são mais importantes que as pessoas?

    Queremos a evolução de nosso bairro e de nossa cidade, todos serão afetados . Por todos estes aspectos o projeto deve ser revisto já que até agora nenhum laudo técnico de impacto ambiental e de estudo urbano foi mostrado, queremos CURTIR E CUIDAR da nossa Porto Alegre

    Curtir

  6. Essa questão de árvore, tranquilidade e coisa e tal eu nem entro em questão, o coletivo vem antes, se a obra for necessária tem que fazer. Mas eu concordo com a paralização por motivos técnicos óbvios. Se 32% converte à esquerda, a obra não é eficiente, vai se gastar em qualificação do entorno e afogar ainda mais a Perimetral e obrigar as pessoas a dar um balãozinho que vai ser infernal. Enfim, defendo obras viárias, a trincheira da Cristóvão é utilíssima, mas essa da Anita não me convence.
    Como diz o Guilherme, que se faça um viaduto, ou mantenha o acesso direto para conversão á esquerda

    Curtir

  7. Por essas e outras que porto alegre ta longe das outras, se é para o bem de todos que mal tem fazer a obra ? mas é isso ai né, 5 ou 6 gato pingado reclamam, ai ja vira bagunça, ai ja querem parar, tsc tsc tsc, é uma vergonha isso…

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: