Nova Praça Otávio Rocha é entregue aos porto-alegrenses

Espaço foi totalmente restaurado, num investimento de R$ 800 mil Foto: Sérgio Louruz/Divulgação PMPA

Ao som do saxofone do músico Paulo Beretti, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) entregou na manhã da sexta-feira, 14, as obras de restauro da Praça Otávio Rocha. Dezenas de pessoas usuárias do Centro Histórico prestigiaram o ato. “Eu e minhas colegas trabalhamos em uma loja aqui perto. A praça será muito utilizada para descansarmos no intervalo. Está tudo lindo, e ainda soube que vai inaugurar uma cafeteria aqui. Será perfeito”, comemorou a vendedora Anelise Souza Dias, afirmando que será usuária constante do local.

As obras iniciaram-se em outubro do ano passado e foram realizadas pela empresa Arquium Construções e Restauro, habilitada para a execução de obras de restauração. O trabalho de restauro é mais demorado, pois trata-se de técnica que repara as características originais das obras. Até dezembro, o local terá uma cafeteria.

O secretário municipal do Meio Ambiente, Luiz Fernando Záchia, destacou que a recuperação da Praça Otávio Rocha integra o projeto de revitalização do Centro Histórico. Entre as intervenções em áreas verdes que estão mudando a paisagem e devolvendo a condição de atrativo cultural e turístico ao bairro, estão a Praça Revolução Farroupilha (Trensurb), a Praça XV, a Praça Marquesa de Sévigné, a Praça Daltro Filho e a Praça Conde de Porto Alegre, ainda não entregue oficialmente, assim como a Praça da Alfândega. Também será contemplada a Praça Júlio Mesquita, cujas obras não começaram. “Para mantermos este espaço belo como está sendo entregue, a prefeitura precisa contar com o apoio da cidade, da parceria da iniciativa privada. Assim, atraímos os bons frequentadores à praça. Isso é compartilhar responsabilidades”, destacou.

Participaram do evento representantes do Sindilojas, Sindipoa e dos hotéis Continental e Tulip In, além do secretário municipal da Produção, Indústria e Comércio, Omar Ferri Júnior, da secretária do Gabinete de Planejamento Estratégico, Isabel Matte, do presidente do Sindilojas, Ronaldo Sielichow, e da diretora administrativa da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Ana Cláudia Bestetti.

A Praça Otávio Rocha foi totalmente restaurada, num investimento de R$ 800 mil, oriundos de Termo de Compensação. Foram executadas as seguintes melhorias:

  • recuperação dos elementos construídos, incluindo todos os equipamentos;
  • recuperação dos pisos (pedra portuguesa, saibro e ladrilho hidráulico);
  • manejo da vegetação;
  • recuperação da iluminação.

Cafeteria – Na tarde de quinta-feira, 13 de setembro, foi conhecida a empresa vencedora da licitação para os serviços de cafeteria na praça (Café Job Ltda.). O horário de funcionamento do espaço será das 8h às 22h. Os móveis da área interna deverão ser em madeira, e o espaço poderá contar com nove mesas. A parte externa também poderá ser ocupada. O Termo de Permissão de Uso terá prazo de vigência de cinco anos, a contar da data de assinatura, prorrogáveis por iguais e sucessivos períodos, até o limite de 20 anos. A expectativa é de que, em dezembro, a cafeteria já esteja funcionando.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Parques da Cidade, Revitalização do centro

Tags:, ,

17 respostas

  1. Apesar de não ser meu candidato a prefeito,reconheço que foi na Gestão Fogaça/Fortunati que começaram a dar um pouco de carinho para o Centro.Tomara que,independente do prefeito que assumir,continue com a idéia de valorizar essa região da cidade.

    Curtir

  2. Antes eu estava surpreendentemente satisfeito com essa reforma, mas dei um zoom na foto e achei vários erros pequenos (que poderiam ser corrigidos se não tivessem tido essa pressa desnecessária pra finalizar a obra). Pra começar, não enterraram os fios nem deram uma tapeada nos postes estilizados na calçada externa (e me parece que nem a pedra portuguesa foi nivelada). O monumento também está sem a placa de bronze. Os mobiliários da pracinha estão bem deslocados, no meio dos passeios, e são bem feios. Na esquina do ângulo agudo tem duas caixas que não sei pra que servem, e que logo logo estarão vandalizadas. Por último, os vasos de concreto em cima da mureta que rodeia a praça estão sem flor nenhuma (antes da reforma a maioria tinha alguma flor ou folhagem). Pra não parecer um chato que só reclama (ok, reconheço que sou), mil vezes a praça agora do que antes. PARABÉNS pro herói que teve peito de destruir aquela árvore enorme que não tinha nada a ver com aquele lugar. Otávio Rocha acabou de se tornar a minha praça favorita do Centro, mesmo com os pequenos defeitos que eu citei.

    Curtir

    • Ah, esqueci de dizer, talvez essa foto não seja do “final definitivo” da obra, pode ter sido tirada antes, ou deixaram alguns detalhes pra depois da entrega, não sei. Enfim, talvez os detalhes que critiquei serão ou já foram corrigidos.

      Curtir

      • Realmente nao vi a placa, sera que ja roubaram? Alias percebi que nenhum dos monumentos da redençao tem as placas, todos sao monumentos inominados, provavelmente foram todas roubadas e nunca repostas. De qualquer forma a praça ficou linda, mas tem que policiar para nao dar vez a depredaçao. Hoje a tarde passei por ali e ja havia dois moradores de rua, pra nao dizer mendigos, acomodados em frente ao futuro cafe, almoçando e com todo o seu mobiliario, se deixar ficam morando la. Falando em praça, a prcinha da azenha mal foi inaugurada e ja esta abandonada, com a grama alta e algum lixo no local. Aqui sempre e assim, se reorma , inaugura e se abandona. Triste…

        Curtir

  3. Eu to espantado com essa praça, eu sabia que era bonita, mas agora sem aquela Figueira, fiquei apavorado, é outra coisa, ta muito mais convidativa, até eu fiquei com vontade de ir ali na praça… haha

    Só espero que cuidem, que não vire casa de mendigo nem nada.

    Excelente..

    Curtir

  4. Olha, eu sou super reclamão e exigente, mas na hora devida, sim, parabéns à SMAM e ao Fortunatti por essa bela obra, sim, e parabéns pela iniciativa de incorretamente-politicamente terem tido a santa ousadia de remover aquela figueira-verruga que atrapalhava toda a praça! E parabéns pelas flores!!! Aos poucos, nossa cidade vai e deve se acostumar a canteiros de flores como existem em todas as cidades do mundo!

    PS: Estamos esperando iluminação cênica de baixo pra cima nas palmeiras!!!!!!!!!

    Curtir

    • Mas, infelizmente, as flores que a prefeitura tem plantado são todas exóticas. Só no RS temos mais de 5000 espécies nativas de plantas (só pouco mais de 500 são árvores) e a população pouco ou nada conhece delas, menos ainda das nossas tão lindas herbáceas que poderiam estar, hoje, enfeitando praças e jardins…

      Curtir

  5. praça é lugar de urbanismo e paisagismo, não lugar de floresta. Pra floresta temos parques florestais, reservas naturais, recantos e etc.

    Acho que essa foi a primeira praça inaugurada que ficou BOA, embora sem a iluminação cênica aclamada pelo Bumbel.

    Agora, acho que a CDL/Sindilojas/e o-raio-que-o-parta fazem um trabalho medíocre na cidade, quando comparado com cidades de interior. No interior às vezes eles são os maiores promotores de mudanças e melhorias na cidade; aqui na capital, eles só servem pra reclamar quando tiram estacionamento da rua.

    Curtir

  6. Gostei da praça!

    Ficou muito melhor sem a Figueira. Ela só servia para esconder a praça!

    Curtir

  7. Plenamente de acordo com o Gilberto.. Ficou bem melhor! Aquele canto não era espaço para uma figueira..

    Curtir

  8. Ficou muito bonito.

    Curtir

  9. Triste – para não dizer outra coisa – a recuperação da praça ser realizada pela “compensação ambiental” que resultou na morte de uma enorme figueira que estava ali. E com argumentos bem questionáveis dos gestores atuais da SMAM, de que a mesma estava afetando o encanamento. Quando não é entrega de espaços públicos para fazerem totens de empresas de refrigerante ( se isentando de cuidar desses espaços públicos – é por ai, que a fazem!! E esta ficando tudo por isso mesmo!!

    Curtir

    • Menos por favor. A figueira não era nem nativa. Não causou nenhum prejuízo ao ambiente.

      Curtir

    • lol As vezes eu nao sei se o cara ta’ gozando ou falando serio mesmo…

      Curtir

    • Falta ousadia para melhorar a cidade. Espero que além do café que vai haver na praça, que tenhamos bancos para as pessoas pararem por ali e pegar um sol, etc… e coloquem uma iluminação decente. Lá na Praça XV, que virou estacionamento, vamos ter chafarizes. Praças e chafarizes para carros ou para pessoas? Nessa questão de revitalização do centro “histórico”, os carros tem ganho mais espaço que as pessoas. Alguns adoram enaltecer os países europeus e lá os carros estão perdendo espaço nos centros urbanos.
      Falam em atrair turistas, mas sinceramente, o centro de Porto Alegre, ainda está devendo…

      Curtir

    • Realmente,não ter capacidade de instalar alguns equipamentos de ginástica,fazer quadras esportivas,etc e ter que deixar nas mãos da parceria privada é algo medíocre que eu já tinha comentado em um outro tópico.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: