Consórcio Cais Mauá apresenta novo acionista ao Governo do Estado

Empresários comunicaram adesão da NSG Capital, com 39% das ações do grupo

O chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, e o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, receberam, na tarde desta terça-feira (11/12), no Palácio Piratini, a visita dos executivos do Consórcio Porto Cais Mauá do Brasil. Os empresários comunicaram oficialmente a adesão de um novo acionista ao grupo que venceu a licitação para a execução da revitalização do Cais Mauá. Trata-se da NSG Capital, empresa fundada em 2006, no Rio de Janeiro (RJ), especializada na gestão de ativos de capitais e que passa a integrar o Consórcio Porto Cais Mauá do Brasil, detendo 39% das ações do grupo.

Para Carlos Pestana, a notícia veio em boa hora: “Estamos ansiosos para devolver este pedaço da orla do Guaíba à população de Porto Alegre. O anúncio da chegada de mais um investidor ao empreendimento só comprova a relevância e as grandes oportunidades que poderão surgir com a revitalização do Cais Mauá”.

Já o prefeito de Porto Alegre, José Fortunatti, garantiu que o Executivo municipal está dando prioridade à tramitação do projeto: “Formamos uma equipe técnica que está dedicada a acompanhar todas as etapas de licenciamentos da obra. Trabalhamos de forma coordenada com os empreendedores a fim de agilizar a tramitação do projeto em todas as instâncias da prefeitura, sempre atendendo aos procedimentos legais e técnicos”.

De acordo com o presidente da NSG Capital, Luiz Eduardo Franco de Abreu, a empresa decidiu investir no empreendimento do Cais Mauá por acreditar na viabilidade do negócio: “Já tivemos experiências com empreendimentos gaúchos e fomos extremamente bem sucedidos. Conhecemos a cultura de negócios do Rio Grande do Sul e vislumbramos que o investimento no Cais Mauá trará grandes avanços para Porto Alegre e o Estado, o que vai alterar a dinâmica cultural gaúcha. Vemos, aí, uma grande oportunidade”, disse Franco de Abreu.

O presidente da Vonpar S.A., Ricardo Vontobel, também participou da reunião e anunciou que a sua empresa está desenvolvendo um grande projeto para integrar a revitalização do Cais Mauá, mas fez mistério: “Vamos surpreender a população com um projeto diferente de tudo o que se conhece até agora na América Latina”. Vontobel disse que a Vonpar quer deixar para os gaúchos um grande legado após a Copa do Mundo de 2014 e que vai revelar detalhes da “surpresa” no momento oportuno.

O acionista espanhol do Consórcio Porto Cais Mauá, José Munné, comemorou a chegada do novo sócio: “Nosso compromisso com a cidade e com a população portoalegrense está mais firme do que nunca. O ingresso da NSG Capital no Consórcio é muito bem-vindo e só vai qualificar o nosso empreendimento”.

Sobre a NSG Capital

A NSG Capital atua no fornecimento de soluções financeiras através da identificação, análise e seleção de oportunidades de investimentos de qualidade, estruturando-os para que proporcionem retornos acima da média.

Com mais de R$ 1,9 bilhão em ativos sob gestão e administração, a NSG Capital está entre as 25 maiores empresas do ramo do País, de acordo com o ranking divulgado pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais – Anbima (Nov-2012). É presidida pelo executivo da área financeira Luiz Eduardo Franco de Abreu, que também atua como Conselheiro no CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República) e já esteve à frente do Banco de Investimentos S.A. do Banco do Brasil, do Conselho de Administração da Zamprogna S.A. Importação Comércio e Indústria (cujo capital foi dobrado em dois anos e depois vendida para Usiminas), foi presidente do Banco de Brasília S.A. e vice-presidente de finanças, Mercado de Capitais e Relações com Investidores no Banco do Brasil S.A. A NSG Capital passa, agora, a integrar o Consórcio Porto Cais Mauá do Brasil, detendo 39% das ações do grupo, enquanto a GSS Holding (da Espanha) detém 51% e o Grupo Bertin, de São Paulo, 10%.

Texto: Letícia Vargas
Foto: Joice Proença
Edição: Redação Secom

Fonte: Governo do Estado do RS

________________________

Notícia do Jornal Metro – Porto Alegre, de 12/12/2012:

cais

 



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, , , , ,

19 respostas

  1. Gostaria de saber as empresas que trabalham todas essas pessoas que reclamam das empresas…. e como sobrevivem nesse mundo capitalista que tanto reclamam… Ah, e certamente não tomam refrigerantes, muito menos os de origem norte-americanas! Tenham dó, abram suas mentes e deixem o progresso acontecer! Reclamem menos e façam mais.

    Curtir

  2. Imagina a decepção do Oscar quando começarem as obras.

    Curtir

    • Muito pelo contrário, Felipe. Eu muito gaostaria que esse projeto fosse executado o mais brevemente possível. Gostaria que centenas de grandes investimentos realmente saíssem do papel e dos gabinetes de imprensa dos políticos. Só não gosto é de notícias requentadas sobre projetos que estão pra acontecer mas nunca acontecem. É uma novela sem fim. Aguardemos os próximos capítulos.

      Curtir

    • No começo eu achava que o Oscar fosse somente um tumultuador, mas me parece que ele tem muita informação do que acontece por baixo dos panos… seria bom se ele passasse as informações e deixasse as conclusões para cada um.

      Curtir

      • Tambem aprecio uma boa fonte de informações. Mas que seja imparcial, e não recheada de prepotência como 90% das vezes que ele se manifesta. Ah, e que assuma a cara, afinal João, Pedro…Oscar. Tem milhares por aí. Mas essa é a MINHA opinião.

        Curtir

      • Valeu, Pablo. As informações serão repassadas quando o blog quiser lê-las….pois parece-me que alguns aqui têm muitas afinidades com a atual administração. É só criticar o Fortunati que ficam enfurecidos ou acusam de parcialidade e tendenciosidade partidária. E assim caminha a humanidade.

        Curtir

  3. Será que a Coca Cola tem algum tipo de rede de bares para refrigerantes?

    Sei la, da Coca Cola pode vir tantas coisas legais… hahaha

    Vamos ver o que a Vonpar vai nos dar, tão prometendo coisa boa, quero só ver…

    Curtir

  4. Pô, Ricardo Vontobel, dizendo que vai surpreender.. Já o fez, no Largo Glênio Peres, onde ganhou uma série de isenções públicas para fazer aquela adoção com intervenções de questionável qualidade. Mas o markenting da empresa tá lá, tomando seu espaço…Acho melhor, ele ficar cuidando da fábrica da Coca-Cola que ganhou do ex-governador Antonio Britto que era de seu partido politico, até então…

    Curtir

  5. tomará a Deus. mudando de assunto. alguém sabe de algum projeto de escola técnica na área do carnaval do porto seco?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: