A nova rótula do Gasômetro

 

 

Após uma grande polêmica surgida  pelo corte das árvores na Av. João Goulart, de que a prefeitura não informa o que está acontecendo, com a ajuda dos leitores Gustavo e Rafael, trazemos estas duas imagens do projeto.

  • Esta primeira imagem foi feita pelo Gustavo, através da sobreposição da planta retirada do Banco de Imagens da Prefeitura, (após ser transformada em autocad) a uma imagem do Google.

rotula

 

 

  • Esta outra imagem faz parte da documentação presente no site da Transparência da Copa, enviada pelo Rafael.

rotula-beira-rio-01

 

Vale a pena ver este pdf também, clicando aqui.

 



Categorias:Duplicação de avenidas

Tags:, , , , ,

111 respostas

  1. Agora fui olhar a planta zoomable que o Gustavo passou, e fiquei absolutamente horrorizado. Que projeto tosco, típico da engenharia medíocre de Porto Alegre.

    Olha bem pr’aquela “rótula”. Fizeram um fan-out na área espera em cada uma das sinaleiras, totalizando 5 faixas, sendo três pra ir reto e duas pra dobrar. Maravilhoso pros motoristas, mas terrível pros pedestres: atravessar 5 faixas pode ser fácil pros jovens, mas é penoso para os mais velhos[1]. Vai ser mais um caso daquelas sinaleiras de pedestre que você não consegue atravessar se você não pegar ela bem no comecinho.

    Porra engenheiros da prefeitura, tem MAIS do que espaço ali pra racionalizar isso. A solução é bem simples: coloca uma ilha entre as faixas que vão reto e as faixas que dobram. Isso facilita horrores a vida do pedestre, tornando sua travessia mais segura e até mais rápida.

    [1] http://www.copenhagenize.com/2012/11/the-15th-percentile-survival-of-fittest.html

    Curtir

    • Excelente ideia essa da ilha. Facilitaria inclusive os carros, pois diminuiria o conflito entre os que querem entrar e sair da rotatória e os que querem seguir reto.

      Curtir

    • O objetivo desse projeto é desafogar o trânsito, com uma via quase-expressa e um maior fluxo de automóveis que vem desde a duplicação da beira-rio. Como está proposta, a revitalização da orla e o aumento das vias para carros na beira-rio não são projetos que se integram, são projetos contraditórios. O pedestre será prejudicado, a não ser que criem diversas sinaleiras que possibiltem a integração do pedestre com a orla, aí sem dúvida o cenário se torna muito mais integrado.

      Curtir

    • Tens toda razão, fmobus. Aliás, meio off-topic, mas a Av. da Azenha, que é apinhada de pedestres, bem que merecia algumas ilhas dessas…

      Curtir

  2. Eu moro bem ali!! Vai ser perfeito!!
    Agora o que resta é só reativar aquele antigos predios historicos comercial, tirar o DEP dali e aquela escola de menino de rua que só junta gente fumando crack e assaltando as pessoas ao redor!!

    Curtir

  3. O que é aquilo sobre a via na altura da usina? Uma passarela?

    Curtir

    • Acho que não é passarela, pois no Autocad aparece faixa de segurança* naquela posição. Meu palpite é que é uma faixa de calçamento somente para pedestres e a faixa central é alguma espécie de canteiro.

      * Ridícula faixa de segurança tipo zigue-zague, daquelas que fica um monte de gente esperando no meio da via.

      Curtir

  4. 1000 pessoas protestam. Outras 1.499.000 querem a obra. Acho que o prefeito nem consegue dormir com tamanho barulho………

    Curtir

  5. Sabe o que é o pior? A prefeitura faz as coisas muito nas coxas e sem planejamento algum! Chega e sai derrubando as árvores, dá um susto danado no pessoal e ninguém sabia o que estava acontecendo. Só que o projeto é bom, vale muito a pena, mas não é assim que se tira mel da colmeia! Agora já se formou um grupo com quase 1000 pessoas que vão até o local para protestar.

    É f.da essa incompetência… um projeto bom e vai demorar 500 anos para ficar pronto pq a prefeitura é nota zero em transparência, participação, colaboração…

    Curtir

  6. Existe algo errado na vida pessoal desse povo que e’ contra tudo que for a favor de melhorias. Nao consigo entender o prq de tanto xiitismo tanta raiva, tanto odio. A cidade esta sucateada porque pessoas como estas sempre se oporam a tudo. Agora que finalmente tem alguem que quer melhorar a area do cais e arredores, adivinha, SAO CONTRA!!! Este tipo de comportamento nao e’ normal, ser do contra pelo simples fato de ser do contra. Essa gente nao e’ a favor de arvores, natureza, compensacoes e etc…..eles sao do contra porque nao querem desenvovimento NENHUM, zero, nada, zilch. Sao niilistas somente isto. Como se cortar uma duzia de arvores ira transformar POA em SP. Chega ser debilmental esta comparacao. E a pergunta fica, porque em nome de deus nao deixam o povo que quer melhorar suas vidas e onde moram em paz? prq nao vao morar ali em eldorado do sul se querem viver no meio do mato??? E triste a situacao.

    Curtir

    • Não sei dizer o que há de errado com o pessoal, mas posso dizer o que há de errado comigo. A prefeitura vem fazendo uma série de burradas, como pintando faixas esburacadas de vermelho e chamado de ciclovia, para depois remendar com asfalto. Daí eles chegam derrubando um monte de árvores com motosserra… claro que vou ser contra! Não sei o que está acontecendo! Nem o Gilberto que tem vários canais de comunicação sabia o que era! Mas depois que eu conheci o projeto eu gostei. Simples assim.

      Vou reescrever o que escrevi em outro comentário:

      ADVB: “2. PENSAR E AGIR COLETIVAMENTE.”

      Prefeito, me informe o que está acontecendo para que eu possa pensar e agir com você!

      Curtir

  7. Essa rotula vai cair muito bem, se o cara erra uma rua ali, precisa dar uma sra volta pra recuperar o caminho.

    Curtir

  8. Oh, céus, quantas árvores ainda tombarão…

    Curtir

    • Quantas forem necessário para revitalizar aquela zona.

      Curtir

      • Onde revitalizar = virar estacionamento e pista.

        Curtir

      • Pobre criaturas indefesas…

        Curtir

      • O descontrole tá grande heim amigo, calma, foram apenas algumas árvores.

        Tenho certeza que tu é esperto o suficiente para saber que o programa de revitalização do complexo do Gasometro é extenso e prevê melhorias em todos os pontos.

        Ninguém corta árvore à toa. E se estão fazendo mais uma faixa, não é por ódio a natureza, por ser contrário aos ciclistas e todo esse papínho ideologico que alguns estão trazendo para a discussão, e sim porque foi feito um estudo e se chegou a conclusão que a mesma era necessária. Pelo menos é o que aparenta ser. A prefeitura tem projeto. Os “contra” apenas gritam, sem trazer nada de concreto fora achismos e gritos de ordem.

        Ficar chorando que vai ter estacionamento e mais pista só remete a turma do não, que fica como um papagaio dizendo as mesmas coisas de sempre.

        Ademais, aquela área é degradada sim, muito muito áquem do que pode e deve oferecer e tenho esperança que as obras tragam um pouco de brilho para a região.

        Tu fala muito, mas dúvido que não aproveite a Diário de Notícias, por exemplo, transformada de faixa simples para uma super pista, que revitalizou toda a região, antes abandonada pela população.

        Então, caro amigo, ao simplificar desta forma como andas fazendo tu apenas ofende a inteligência dos demais leitores do blog.

        Pense a respeito.

        Curtir

      • Hahahaha, Julião desesperado falando em holocausto diário de árvores me fez lembrar do episódio do pica-pau da árvore Gertrudes.

        =D

        Curtir

      • E quando começa o programa de revitalização?
        O alargamento da via faz parte das OBRAS DA COPA, inclusive está no portal de transparência da copa.

        Nada desse alargamento faz parte de revitalização do gasômetro. Inclusive, segundo o dono do escritório AUTOR DO PROJETO de revitalização, não se deve ampliar espaço pra carros próximo a áreas de lazer. Por tudo que se lê e vê do Lerner, essa expansão não faria parte de nenhum projeto dele.

        Só um obs pra quem tá fazendo um esforço pra lincar as duas coisas

        Curtir

      • Ficar usando os termos “turma do não”, “ecoxiita”, “os contra-tudo” para rotular quem pensa diferente (e inclusive apresenta vááários argumentos para sustentar tais pensamentos) só desmoraliza vocês.

        Apresentem argumentos, debatam com maturidade, tragam embasamento teórico. Sério. Quem sabe até vocês convençam mais gente.

        Curtir

        • Olha Enrico, talvez não seja o teu caso, mas o Blog Porto Imagem surgiu há mais de 5 anos atrás justamente pra se contrapor a este grupo que se auto-define como o dono da verdade, como o mais ecológico, como o mais sábio e com “todos” os argumentos contra tudo. Daí veio esta expressão que usamos aqui. Sim, eu também uso e tenho nojo desta casta de pessoas que se utilizam de politicagem braba e pobre, aquela politicagem que se veste de uma roupagem linda, brilhante, ecológica, pra atrasar e impedir os projetos de urbanismo da prefeitura ou mesmo da iniciativa privada. Mas por trás existem as mais diabólicas figuras políticas, com interesses meramente pessoais.
          E vou continuar assim, assim como uma grande parte das pessoas que aqui comentam. Ah, e eu conheço pessoalmente muitas das pessoas que critico. Já vi cenas antológicas com a participação delas. Tenho quase certeza que tu não estás entre elas, tu faz parte de um grupo mais inteligente e não tão político (no mal sentido da palavra). Mas também não tenho certeza. E vamos manter nossa forma de ver as coisas. Não existe uma verdade absoluta e nem vocês a detém. Nem nós. Mas é sempre bom e saudável existir um grupo que se contraponha aos que eternamente são CONTRA-TUDO.

          Curtir

      • Ae Enrico, acho que tu não prestou atenção nos posts. Estão cheios de argumentos, é só ler.

        Ademais, nada pessoal, mas eu uso tais termos sim. Eu não esqueço fácil do que é escrito aqui e em outros blogs, nem das atitudes de alguns usuários.

        Pra mim, isso sim é desmoralizante, ainda mais para alguém que “se interessa pela cidade”.

        Curtir

      • Bacana a argumentação Gilberto, é bem isso mesmo! Talvez justamente por isso que a rotulação seja tão prejudicial. Maragato ou Chimango já não importa mais, é porto-alegrense e pronto, seja por opção, desejo ou nascença.

        Nesse sentido acho que o fim das negativações / positivações vai melhorar bastante, pois aquilo separava os Maragatos dos Chimangos.

        Curtir

      • Gilberto, entendo e respeito o teu raciocínio, consigo ver um certo sentido nele. Aliás, concordo com muito do que manifestas aqui. Minha crítica vai apenas no sentido de usar rótulos pejorativos e preconceituosos, como “ecoxiita” ou “os contra-tudo”. Aí quando alguém vem com uma ideia ou argumento com o qual vocês não concordam, simplesmente rotular significa perder uma excelente oportunidade de contra-argumentar e mostrar que o seu raciocínio é o melhor. Em outras palavras, é partir pra ignorância (ainda que usando palavras): vocês tentam desmoralizar as pessoas, mas não apresentam argumentos melhores que os delas. Mas enfim, não sou mãe de ninguém aqui…

        Quanto a me chamar de “político”, não se acanhe, eu não me ofendo. Ainda que deturpado pela estrutura partidária brasileira nas últimas décadas, para mim esse termo ainda remete muito ao sentido original da palavra, evocando tanto a “pólis” grega quanto as discussões entre os cidadãos. Aliás, nesse sentido, talvez este blog seja um dos maiores exemplos de “política” hoje na nossa cidade, e merece os parabéns por isso.

        Abraço!

        Curtir

      • Adriano,

        Me senti importante agora! Alguém vasculhando minha vida pessoal para me desmoralizar!? Hahahaha!

        Já ouviu falar na palavra “contextualização”? Pelo jeito não…

        Pois é, aquela imagem que tu mostrou ali é apenas um comentário irônico sobre uma foto publicada na minha página do Facebook.

        VOCÊ BEM QUE PODIA TER A HOMBRIDADE DE MANDAR O LINK PARA ESSA TELA TAMBÉM (TENHO CERTEZA QUE GUARDOU A CÓPIA), para que pelo menos os outros leitores aqui do blog não formem uma opinião enviesada sobre uma pessoa que você nem conhece, baseada em uma atitude DE MOLEQUE que você está tendo, de mostrar coisas completamente descontextualizadas.

        E sobre o meu comentário:

        Há um prédio em Porto Alegre pichado com aquele “Eu [coração] vandalis- mo” (http://goo.gl/maps/fdlja), onde me chamou a atenção, tragicomicamente, o fato de que os vândalos calcularam mal o espaço e tiveram que separar as sílabas e ***colocar um hífen*** para terminar a intervenção. Enfim, uma piada interna que eu nunca imaginei que fosse ter que explicar num ambiente público como este…

        Curtir

      • Adriano mostrando o nível de respeito que ele tem por opiniões contrárias… palmas!

        Curtir

    • Como se não bastassem sofrerem um holocausto diário em churrascarias e lareiras, sem falar daquelas que são emparedadas em habitações rústicas ou são torturadas por marceneiros e carpinteiros para satisfazer o capricho dos humanos, agora estão tombando para dar passagem aquelas malvadas máquinas rodantes.

      Curtir

  9. E o pdci?

    Art. 19 – Todos os projetos de construção ou expansão das vias públicas integrantes da Rede Cicloviária Estrutural deverão incluir a implantação do sistema cicloviário previsto, com toda a sinalização horizontal, vertical e semafórica necessária.

    E segundo consta no plano, Edvaldo Pereira e João Goulart são integrantes dessa rede.

    Não entendi alguma coisa ou esse projeto tem ciclovia? Não dá pra entender direito esse desenho em preto e branco.

    Curtir

  10. Até que eu gostei do projeto… Senti falta de uma ciclovia seguindo direto para o centro sem terminar na rótula, mas me parece muito bom.

    Curtir

    • Pablo, futuramente haverá uma conexão desta ciclovia com outra que será construída no Cais do Porto. Esta será também integrada aquela da Sete de Setembro.

      Curtir

  11. Não entendi muito bem a planta na parte duplicada da beira-rio. Fiquei com impressão de que tem uma pista “auxiliar” ali? Seria um estacionamento? To olhando http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smf/default.php?reg=11&p_secao=214 e baixando os arquivos pra entender melhor.

    Curtir

    • Acho que é estacionamento. Dá para ver que há vagas. Hoje em dia o pessoal já tem o costume de deixar o carro estacionado naquela área nos finais de semana.

      Curtir

      • Pode ser. É prevista a criação de mais de 100 vagas na área desta praça (foi anunciado aqui no blog, acho que era no projeto do Lerner ainda).

        Curtir

    • Postei em cima mas olha a planta no autocad: https://www.autocadws.com/main/publish?link=Qkh4MHF5bXRDa3BlUUg5

      O que parece uma quarta pista eu acho que é uma calçada, repara na rampa de acessibilidade na sinaleira. Deve passar de 2 pra 3 pistas entao

      Curtir

    • Dá prá baixar a planta em cad no site da prefeitura, no arquivo de cad dá prá perceber melhor quais placas serão removidas e quais serão implantadas. A planta apresenta um esquema de ‘a construir’ e ‘a demolir’ por isso fica confuso.
      Resumindo, serão 3 faixas em cada sentido, sem estacionamento (pelo menos serão implantadas placas de pribição em toda a extensão desse trecho. Haverão vagas de estacionamento no Mauricio Sirotsky, um pouco mais adiante.

      Curtir

  12. Eu quero que eles enviem esta rótula naquele lugar específico feito para isso. Chega de beneficiar automóveis…..eu tenho asco desta gente mediocre que acha que derrubar árvores é o progresso….

    Curtir

  13. Agora estou confiante que teremos uma bela orla… todos terão acesso a orla, seja de carro, a pé, ou de bicicleta. Se a revitalização da orla for bem feita, teremos um belíssimo cartão postal na cidade.

    Curtir

  14. E o bom é que é outra rótula. Então no dia que realmente houver tráfego intenso ali vão ter que transformar numa sinaleira, como já aconteceu na Nilo.

    Pior que fazer errado é não aprender com os erros.

    Curtir

    • Na real vai ter TRÊS sinaleiras nessa rótula (talvez acionadas por pedestre, não sei ao certo). Deve ficar no estilo da rótula das cuias.

      Tu podes ver isso aqui nesse link: https://www.autocadws.com/main/publish?link=Qkh4MHF5bXRDa3BlUUg5, dá um zoom

      Curtir

    • Existe uma diferença enorme entre a finada rótula da Nilo e esta que será feita aí: o tamanho das rótulas. Existe um tamanho minimo com o qual uma rótula cumpre seu objetivo. A da Nilo nunca teve este tamanho e nunca serviu pro propósito que foi feita. Por isso foi destruída (ainda que tarde). Mas esta, pelo que é possível ver na imagem, é pelo menos umas 3 vezes maior. Creio não ter nenhuma similaridade com a da Nilo.

      Curtir

      • A grande diferença, ao meu ver, são as sinaleiras. Honestamente não entendo no que o tamanho ajuda.

        Curtir

      • Gilberto,traga de volta o recurso de positivar/negativar comentários.Acho tão legal aquilo.

        Curtir

        • Este recurso estava causando diversas discussões, e acho que fica sem nexo hoje em dia a gente negativar ou positivar algum comentário sem se identificar. Fica uma situação anti-democrática. E um tanto infantil. O objetivo do cancelamento deste recurso é fazer as pessoas usarem mais os argumentos e se identificarem. Não tem graça saber que foi negativado e não saber por quem. Isso cheira a congresso brasileiro… Além do mais as pessoas estavam usando mal o recurso. Por exemplo: negativar uma pergunta ? o que pode ter de negativo fazer uma pergunta? Ou apresentar um dado, um fato?

          O que percebi também é que as pessoas simplesmente estavam negativando por não gostar da pessoa que fez o comentário. Ou ir ideologicamente contra ela, e não contra o comentário.

          Chega de esconderijos e falsidades. Agora é apresentar a sua opinião e mostrar a cara!
          Talvez num Blog sobre o BBB isso caiba melhor e não num Blog sério, sobre assuntos sérios.

          Curtir

      • Voto em não trazer o recurso 🙂

        Curtir

      • Achei que tivesse lido ontem em algum post que o blog ia acabar. Então o que ia acabar era só o recurso de positivar/negativar?

        Curtir

        • Não Carlos, eu realmente falei que ia acabar. Mas como tem toneladas de inverdades escritas aqui, mais uma, menos uma… brincadeira.
          Foi apenas um teste pois queria saber qual seria a reação de vocês. Nada de mais…

          Curtir

    • O Blog Portoimagem é sensacional.
      Um bando de leigos brincando de urbanistas. Cheios de certezas sobre o que é melhor para a cidade e para o trânsito.

      Tudo bem se ter opinião, é ótimo. Mas antes disso se informem, leiam sobre urbanismo, sobre as cidades, sobre transporte. Um bom ponto de partida é a Jane Jacobs. “Vida e Morte das Grandes Cidades Americanas” é um clássico e arrisco dizer que está na bilbiografia de “Urbanismo I” de praticamente todos os cursos.

      Estão implantando um projeto de orla RUIM. Viadutos, alargamentos, estacionamentos, tudo isso são conceitos atrasados de transporte e urbanismo. A cidade vai ficar PIOR.

      O argumento de que “finalmente vai sair alguma coisa” é muito triste. Demostra dsconhecimento do que tem valor e preguiça de cobrar dos governantes o que é realmente bom para todos.

      Vai sair caro para nossos netos quando eles se darem conta que se quiserem ter uma cidade melhor vão precisar desfazer isso e construir sobre.

      Curtir

  15. Meu deus, olha a quantidade de área para pedestre que vai virar asfalto. Vai reduzir bastante a emissão de poluentes hein!

    Curtir

    • Meu Deus, digo eu.
      Estão melhorando toda a área para atender as necessidades da cidade e revitalização da Orla e ainda reclama.

      Curtir

      • Exato Rafael. A área da praça Julio Mesquita vai ser urbanizada, vai ficar um lugar bem legal, com outra cara. Mas o pessoal aqui quer que tudo continue igual ou pior.

        Curtir

      • Concordo plenamente com o comentário do Felipe X. Existem outras soluções além de cortar árvores e aumentar a largura das ruas (neste ponto específico). Poderiam muito bem ter feito um túnel, por exemplo.
        Seria mais caro? Sim, mas não concordo com esse pensamento de que se pode cortar árvores para replantá-las em outro lugar.

        Curtir

      • Aumentar o asfalto não é melhorar a praça. Na realidade a praça vai quase deixar de existir para se integrar a uma estrada de alta velocidade na orla

        Eu não quero que as coisas fiquem como estão. Mas isso que estão fazendo para mim é piorar. Se querem melhorar o trânsito e diminuir a poluição não é com estímulos a automóvel que vamos conseguir.

        Curtir

      • Concordo Rafael. O pior cego não é nem o que não quer ver. É o que só vê o que lhe convém.

        A melhoria na praça que o Gilberto falou não é o alargamento da rua. Somente um abobado ou um grande troll acharia isso. A melhoria citada se refere àquele post antigo que mostra deques de madeira ali e tudo mais.

        Se por um lado pedestres perderão espaço naquela praça horrenda (que nunca tem ninguém, nem quando o Gasômetro está lotado nos finais de semana, ninguém fica ali embaixo do aeromóvel, é um local feio, escuro, pichado e degradado), os pedestres ganharão a orla nova que será bem mais larga e circulável do que hoje em dia.

        E todos (os xiitas) ignoraram a parte que fala que a Edvaldo Pereira Paiva terá um projeto de arborização específico após o final das obras.

        E como disseram, com Cais Mauá e orla, o fluxo praqueles lados vai aumentar, então ótimo que estejam prevendo isso, pois quem vem da Mauá, sabe que ali tem três pistas que viram duas na frente do Gasômetro, e várias linhas de ônibus passam ali e seguem pra Loureiro da Silva. Fora o transtorno do trânsito em dias de jogo, com a Beira-Rio em sentido único e engarrafamento se espalhando, atrapalhando a vida das pessoas que só estão de passagem.

        Mas os xiitas tem a visão tão curta (ou pré-estabelecida) que só conseguem ler “bla bla bla… rótula nova… whiskas sachê… bla bla bla… corte de árvores”.

        Curtir

      • Otimos argumentos Rafael e Gasparetto.

        Curtir

      • A prefeitura vai tirar nosso espaço de pedestre, cortar árvores, criar uma muralha de carros em alta velocidade entre o Centro e o Guaíba, mas vai reformar a praça, então está tudo bem? Os argumentos do cgasparetto são bons numa lógica totalmente carrocentrista (odeio esse termo, mas não achei outro), em que a única e melhor solução para o transporte é o automóvel. Mas não é, ao contrário. O dinheiro investido para aumentar a rua (que daqui a menos de 10 anos vai se mostrar inútil com o aumento da demanda e a falta de investimento no transporte público) poderia facilmente ser usado para comprar e melhorar ônibus, terminar o aeromóvel entre outras soluções mais inteligentes. Engraçado falar que a orla vai ficar mais larga e circulável. Nós não somos carros, somos pessoas. E a calçada vai ser diminuída, então o que vai acontecer vai ser o contrário: orla estreita e pouco acessível.

        Curtir

      • Por que não fazer a obra do mesmo jeito, apenas diminuindo uma pista? Vai poupar espaço, árvore, dinheiro e o saco de quem não aguenta mais protesto bobo. Não sou contra, por exemplo, a rótula e as novas ruas que seguirão dela. Fazem parte do projeto do aterro (um dos mais importantes da história do estado) e, sem eles, essa região vai ficar com a eterna cara de inacabada. Só não precisa ser desse jeito, com cara de rodovia no miolo da cidade. Não tem pra quê seguir a risca um projeto da década de 80, quando a cidade crescia como nunca e ainda não se tinha a noção de que carro destrói uma cidade (não no sentido ecológico, mas deu pra entender).

        Curtir

      • VOP, eu concordo contigo, mas infelizmente, outros meios de transporte não saem do papel. Eu sonho em ver em POA uma malha de metrô e aeromóvel conectando os 4 cantos da cidade, mas infelizmente eu não sonho que estarei vivo pra ver isso. E como essas obras visam coisas imediatas (copa do mundo, cais mauá), infelizmente a solução imediata e barata é essa. Eu não gosto dessa solução, gostaria que POA tivesse metrô, eu perderia tempo, poderia ir tranquilo pro trabalho, confortável, mas melhor isso do que nada. E como eu sei que estou em POA e que se não é isso é nada, infelizmente, prefiro aceitar do que viver na mesma cidade de 50 anos atrás.

        Curtir

      • Legal gasparetto, então como o governo não investe nos meios de transporte corretos a gente apoia que eles continuem investindo nos que não vão resolver. Legal.

        Curtir

      • Felipe, pelos vários posts teus aqui no blog, já vi que tu nunca vai entender meu ponto de vista. Eu não apoio. Acontece que tu quer sempre o ideal. Tu quer na verdade as mesmas coisas que eu.

        Só que o ideal provavelmente nunca vamos ter. Eu gostaria, muito, de ter um metrô, ou aeromóvel, passando na 3ª perimetral, há 1 quadra da minha casa. Mas estamos no mundo subdesenvolvido e numa cidade onde nada relevante aconteceu nos últimos 30 anos. Eu sou mais realista, tu é mais utópico. Tu acha melhor não fazer nada do que fazer algo que tu julga pior. Eu prefiro que façam algo, mesmo que “priorizando carros” do que não façam nada.

        É simples assim. Eu poderia simplesmente ser contra, como tu neste caso, e esperar até a minha velhice para que o ideal aconteça (se acontecer). Ou morar ao lado do trabalho, dos meus parentes e amigos, dos locais de compras, pra poder andar a pé nos lugares.

        Tomara que eu esteja muito errado e ainda vá na inauguração de uma linha de aeromóvel útil na cidade. Mas por enquanto, tudo em POA segue como nos últimos 30 anos: só nas maquetes.

        Curtir

      • Gilberto disse:
        “Exato Rafael. A área da praça Julio Mesquita vai ser urbanizada, vai ficar um lugar bem legal, com outra cara. Mas o pessoal aqui quer que tudo continue igual ou pior.”

        Cara… urbanizada? Tu viu a planta do projeto? Tem certeza?
        Um lugar bem legal?! Com outra cara?!

        A praça vai virar um ESTACIONAMENTO.

        Curtir

      • “Meu Deus, digo eu.
        Estão melhorando toda a área para atender as necessidades da cidade e revitalização da Orla e ainda reclama.”

        A única coisa que fica “melhor” com esse projeto é a circulação de carros.
        Melhor entre aspas porque qualquer urbanista que se preze sabe que quanto maior o incentivo ao carro, mais carros,mais engarrafamentos e mais poluição.

        Estão transformando Porto Alegre em São Paulo.
        Gostas de São Paulo? Eu acho o transporte de SP uma porcaria.

        Curtir

      • Cortar árvores só poderia ser justificado caso houvesse um interesse maior, como beneficiar o transporte público, no caso fazer um corredor de ônibus, mas parece que não é o caso.
        Vai ser mais uma obra de curto prazo utilizando uma idéia ultrapassada de mobilidade por automóveis particulares em franco declínio em países desenvolvidos.
        Essa não é uma discussão sobre direita e esquerda e sim sobre uma visão ultrapassada de mobilidade urbana e uma visão atualizada sobre a mesma questão.
        E esta prefeitura tem uma visão velha e cínica sobre a questão, fazendo populismo para a tal “nova classe média” que se atolou para comprar o primeiro carro, que ele acha que seja uma solução de mobilidade urbana (baseado no desespero do sucateamento do transporte público, na sua baixa cultura geral somada à influencia da propaganda desregulada e no falso “status”).
        Cínica porque ela sabe que não vai resolver questão de mobilidade nenhuma mas precisa pagar aos seus financiadores de campanhas, as empreiteras, fazendo o maior número de obras possível no menor período de tempo com a justificativa mais ridícula de todos os tempos: um torneio de futebol que costuma deixar países inteiros endividados e comunidades destruídas por onde passa.
        É muita corrupção, em vários níveis.

        Curtir

    • Isso aí é o PT tentando detonar o fortunati. Eles não admitem derrota. Eles botarão fogo na cidade se for necessário para derrubar o fortunati.

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: