Antenas da Vivo nos postes

A Telefônica Vivo ativou nesta quarta-feira (06) a primeira antena sustentável da operadora integrada a site com baixo impacto visual: nas laterais de postes de iluminação, enquanto os demais equipamentos ficam em caixas subterrâneas. Por suas características diferenciadas, a solução pode viabilizar a instalação das milhares de antenas necessárias à melhoria da qualidade e expansão dos serviços atuais de telefonia celular, bem como para a implantação da rede 4G.

Desenvolvida pela operadora com tecnologia 100% nacional, a nova solução, ao utilizar postes já existentes, evita a construção de novas torres e oferece um visual mais limpo, além de consumir menos energia. Tais fatores conferem à iniciativa da Telefônica Vivo um alto nível sustentabilidade, contribuindo para superar o impasse hoje existente devido a legislações municipais restritivas, que vêm dificultando a instalação de novas antenas. Com as antenas fixadas nos postes, os demais equipamentos são instalados em caixas subterrâneas de fiberglass – plástico reforçado com fibras de vidro -, o que garante proteção contra a água e outros elementos, além de evitar qualquer tipo de impacto no subsolo.

Affonso Ritter



Categorias:Ciência e Tecnologia, Telefonia Móvel

Tags:, , ,

8 respostas

  1. E veja que essa pesquisa gerou marketing de graça. Veja que não é difícil fazer, é só trabalhar.

    Curtir

  2. Acho inclusive que fica mais barato. Não precisa pagar aluguel para os condomínios (e a maioria não está mais aceitando) ou não precisa pagar aluguel de terrenos e levantar aquelas imensas torres, e o mais importante disto, não precisa pagar indenizações monstras (como a indústria de cigarros teve que fazer nos USA) se descobrirem que dá câncer mesmo.

    Curtir

  3. Exato, o resultado obtido foi o melhor possível, em vez de sair fazenod mais torres investiu-se em pesquisa e agora temos um novo produto no mercado!

    Curtir

  4. Tinha gente que acreditava realmente que as operadores estavam tão necessitadas a ponto de rever a legislação. Parece que não conhecem esse tipo de empresa, o qual é mais barato mudar a legislação (pressionando alguns vereadores) a investir em pesquisa. Já tivemos o primeiro resultado. Espero que os vereadores não cedam à pressão das outras companhias.

    Curtir

  5. Que legal! Baita sacada. Assim é possível trabalhar com baixa potência tanto nos telefones quanto nas antenas, diminuindo os riscos da radiação e economizando bateria dos celulares.

    Muito legal!

    Veja que é uma tecnologia nacional e veja que esse desenvolvimento só foi possível porque não abrimos mão de vetar a instalação de antenas próximo à escolas e junto à residências.

    O resultado final vai ser até mais limpo visualmente sem precisar fazer isso:

    http://morerantsthanraves.blogspot.com.br/2006/11/blog-post_17.html

    Curtir

  6. Não divulga.

    Vão reclamar que vão “pegar” cancer.

    Mas queria ver como ficaram nos postes essas antenas.

    Interessante isso.

    Curtir

Trackbacks

  1. Antenas da Vivo nos postes | Blog Porto Imagem | Telecomunicações no Brasil
%d blogueiros gostam disto: