Obras no Cais Mauá começam no mês de julho

Prefeito entrega as licenças ao presidente da Porto Cais Mauá, André Albuquerque  Foto: Cristine Rochol/PMPA

Prefeito entrega as licenças ao presidente da Porto Cais Mauá, André Albuquerque Foto: Cristine Rochol/PMPA

Até o final de julho inicia a tão esperada revitalização do Cais Mauá, que devolverá à população a convivência com o Lago Guaíba com infraestrutura qualificada com espaços de gastronomia, lazer, entretenimento e cultura. Nesta segunda-feira, 17, o prefeito José Fortunati e o governador Tarso Genro fizeram a entrega das licenças à empresa Porto Cais Mauá do Brasil SA, responsável pelo empreendimento, dando ordem de início para o restauro dos nove armazéns tombados pelo patrimônio histórico municipal. O ato foi realizado no Pórtico Central do Cais Mauá. (fotos)

O diretor do consórcio Porto Cais Mauá do Brasil SA, André Albuquerque, afirmou que a conclusão do restauro está mantida dentro do prazo de nove meses, sendo garantida a entrega desta etapa até a Copa de 2014. As intervenções irão recuperar um espaço total de 20 mil metros quadrados, que deverá abrigar bares, restaurantes, lojas e estabelecimentos culturais. O pórtico e os armazéns A e B estão em fase final de aprovação pelo patrimônio histórico federal, que responde pelo tombamento das estruturas.

Fortunati destacou o projeto como resultado do trabalho em parceria do município, dos governos federal e do Estado, e da empresa responsável pelo empreendimento. Conforme o prefeito, a revitalização contribuirá significativamente para a modernização do Centro Histórico da Capital. “Hoje é uma data especial que marca a história da cidade. Não é somente a revitalização de armazéns, mas deste local nobre, que será referência da cidade. Este projeto irá possibilitar que a cidade viva com intensidade esse novo espaço”, comemorou.

A Porto Cais Mauá entregou o projeto de restauro à prefeitura em abril. Conforme o prefeito, a equipe técnica do município dialogou permanentemente com a empresa para vencer os ajustes necessários a fim de começar efetivamente as obras. “Respeitando a complexidade e as exigências legais que envolvem o empreendimento, trabalhamos com a máxima celeridade na tramitação para devolvermos à população o contato com o Guaíba em um espaço altamente qualificado”, enfatizou.

Restauro – O restauro dos armazéns ocorrerá enquanto a empresa conclui os estudos de impacto ambiental e de tráfego para as novas construções previstas no projeto total de revitalização do Cais Mauá. Conforme o secretário do Gabinete de Desenvolvimento e Assuntos Especiais (Gades), Edemar Tutikian, que coordena os trabalhos em âmbito municipal, os estudos são necessários para que a prefeitura dê prosseguimento ao Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU), que determinará diretrizes para a conclusão dos projetos executivos. “Já temos estudos preliminares que mostram viabilidade do projeto, agora é a busca de alternativas para dar fluidez no trânsito, sustentabilidade econômica para o empreendimento para que este seja um ganho para a cidade”.

O projeto:

Compreende trecho de aproximadamente 2,5 quilômetros, da Estação Rodoviária à Usina do Gasômetro. Prevê a recuperação dos armazéns para o funcionamento de bares, restaurantes, lojas e estabelecimentos culturais, a construção de três prédios comerciais e um shopping center, além da revitalização da orla e investimentos numa área de lazer e entretenimento. A concessionária estima a geração de 9 mil empregos diretos e indiretos na operação.

 Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:,

18 respostas

  1. Amanhã acaba julho.
    Começou a obra do Cais?

    Curtir

  2. Estamos no final de julho e tenho algumas perguntas.
    – As obras já começaram?
    – Já foi apresentado um cronograma?

    PortoImagem, você poderia atualizar os leitores com mais informações sobre o Porto Mauá?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: