Grêmio pede união para obras do entorno da Arena

Direção do clube reuniu autoridades dos governos estadual e municipal para discutir infraestrutura no local

Koff discutiu questões relativas às obras de infraestrutura no entorno da Arena  Foto: Vitor Kalsing - Imagem Aérea RS

Koff discutiu questões relativas às obras de infraestrutura no entorno da Arena – Foto: Vitor Kalsing – Imagem Aérea RS

A direção do Grêmio reuniu nesta segunda autoridades dos governos estadual e municipal para discutir questões relativas às obras de infraestrutura no entorno da Arena do Tricolor gaúcho. O presidente do Grêmio, Fábio Koff, pediu que as autoridades façam uma união pelas obras de mobilidade urbana e de infraestrutura no bairro Humaitá. Segundo Koff, não adianta o Grêmio se estabelecer e ficar a margem do problema social da região. “Queremos um ambiente socialmente justo e isso somente poderá acontecer com a melhoria da infraestrutura urbana”, destacou o presidente.

Para Renato Moreira, integrante do Conselho de Administração do Grêmio, o Tricolor gaúcho está preocupado com os problema de natureza social, principalmente os relacionados a mobilidade urbana e habitação. Conforme o presidente da Arena, Eduardo Pinto, o Estado precisa unir forças através da bancada gaúcha federal e dos governo estadual e municipal para a realização de obras viárias na avenida Ernesto Neugebauer e na rua José Pedro Boessio e a duplicação da avenida A. J. Renner. “Precisamos mostrar a presidente (Dilma Rousseff) a importância dessas três obras para o desenvolvimento da região”, destacou.

O deputado federal Danrlei (PSD) destacou que a bancada gaúcha aprovou por unanimidade uma emenda parlamentar que destina cerca de R$ 60 milhões para obras de infraestrutura nos bairros com Arena no país. O encontro contou com as presenças do secretários estadual do Esporte e Lazer, Kalil Sehbe, e municipal de Gestão, Urbano Schmitt, do presidente da Assembleia Legislativa, Pedro Westphalen, e do diretor-presidente da Trensurb, Humberto Kasper.

Correio do Povo

(foto adicionada pelo Blog)



Categorias:Arena do Grêmio

Tags:,

15 respostas

  1. Eu não conhecia a Arena, vista externa, até a semana passada, quando fui a um médico aí do Porto: a Arena é bonita, mas o ENTORNO, que HORROR! Que miserê danado de feio…

    Curtir

  2. Eu também acho que todo o investimento publico que for feito no Humaitá, deve contemplar as pessoas que já moram no bairro. As pessoas que moram no “entorno” da Arena são predominantemente muito pobres. Então, como já foi dito, que se faça, além das obras viárias, casas, creches, escolas, posto de saúde, que se gere postos de trabalho. E não somente ruas e avenidas bonitas e largas, para melhorar o acesso ao estádio e o acesso aos prédios que a OAS e a Rossi (estavam na reunião também…) farão no local.
    PS: só espero que não seja feita uma “limpeza étnica” no local, mandando os pobres lá para beeeeeeeeemmmmmm longe.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: