Porto Alegre inicia testes para carro elétrico compartilhado

Veículo tem autonomia de uso de 300 quilômetros   Foto: Joel Vargas/PMPA

A partir desta sexta-feira, 24, a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), em parceria com a Procempa, iniciou os testes para o carro elétrico compartilhado na Capital. O evento teve a presença do prefeito Nelson Marchezan Júnior e ocorreu no Poa Hub, centro de inovação e tecnologia da prefeitura, localizado na avenida Azenha, próximo à Ipiranga.

O carro elétrico, que tem autonomia de uso de 300 quilômetros, é da empresa chinesa BYD, referência em veículos elétricos no mundo. O objetivo dos testes é potencializar, em médio prazo, o compartilhamento de automóveis, aos moldes do que já é realizado com bicicletas do BikePoa, onde o usuário paga uma taxa, retira o carro em uma estação e circula com ele por um período, devolvendo na mesma ou em outra estação.

Marchezan deu uma volta no carro e aprovou   Foto: Joel Vargas/PMPA

Os testes, que ocorrerão durante 20 dias, ficarão a cargo dos técnicos da EPTC. O veículo será recarregado na Procempa. “Nos próximos dias, será lançado edital para exploração desse tipo serviço na cidade, prevendo estações e carros disponíveis para utilização da população”, afirmou o diretor-presidente da EPTC, Marcelo Soletti.

Marchezan deu uma volta no veículo e aprovou. “Abrimos a cidade para receber novas ideias. Porto Alegre está se tornando um laboratório para viabilizar projetos. Porém, nosso objetivo é mudar a vida real das pessoas e o carro elétrico compartilhado pode se tornar uma alternativa para a mobilidade”, declarou.

Prefeitura de Porto Alegre

Anúncios


Categorias:Carro Elétrico, Outros assuntos

Tags:,

9 respostas

  1. Meu deus, só foi tirar o grupo político que dominou a cidade pelos últimos 30 anos que pelo menos se tem resquícios de alguma esperança no futuro, novas ideias, novos projetos (na verdade sempre teve, mas agora fica evidente que o poder público sempre agiu os coibindo). Infelizmente POA já perdeu muito na mão da era PT-PMDB-PDT. Esse prefeito é tão maluco que to de queixo caído. No bom sentido do termo. Pensar que ideias novas poderiam vingar em POA a 6 meses atrás era algo risível. O senso coletivo era de que a cidade tava predestinada ao fracasso. Essa mudança de ânimo não é coincidência, a verdade é que a esquerda consegue votos mediante o caos e tirando a esperança de um futuro, afugentando pessoas que considera como inimigos (ou seja, expulsando gente que “desiste da cidade”) e reiniciando o ciclo de caos, e depois de tanto tempo os portoalegrenses finalmente resolveram romper isso e to crendo que vai ser muito bom. Não tiro esse prefeito pra santo, mas ele tá surpreendendo. Parabéns, POA levou décadas pra estar no estado de abandono em que se encontra, agora parece que tá voltando pros trilhos. Até o gaspari tá pra ser revitalizado. Que continue nesse rumo, ideias novas e renovação objetivando o bem e não a destruição, como era tradição da cidade, são sempre bem-vindos, que se torne rotina porque potencial POA tem muito.

    Curtido por 1 pessoa

    • não sei se lembra da revitalização de várias praças que fortunatti fez, que estavam abandonadas há anos. E da revitalização da orla que finalmente saiu do papel, sem falar nas ciclovias em peso e estrutura pra bicicletas que era inexistente antes.
      Esse conceito de carro elétrico compartilhado só contribui mais pro engarrafamento, a pessoa que tem carro não vai deixar de usar seu carro pessoal pra usar isso, isso só vai fazer usar carro quem não tem, acrescentando um carro a mais nas ruas.
      Sem contar que é um carro de 4 portas, que provavelmente vai ter uso individual (e é muito dificil que das 4 pessoas compartilhando os lugares nenhuma tenha carro).
      Pra esses carros se auto pagarem o serviço custará bem caro, provavelmente Uber e etc ainda sairão mais em conta.
      Abre o olho, não é porque tem “eletrico e compartilhado” no nome que faz disso algo sustentável ou benéfico pra situação atual. Só consigo imaginar o publico alvo disso o pessoal que tem carteira mas não possui carro pra andar.

      Curtir

      • Como escrevi embaixo, isso vai melhorar o engarrafamento na entrada dá cidade, pois muitos poderão usar o transporte intermunicipal e interestaduais.

        Se o investimento for privado, não me importo se ser prejuízo ou lucro. Isso não é problema meu.

        Curtir

      • fortunati fez melhorias em praças que estavam abandonada há anos? que coisa engraçada, a chapa dele tava há mais de 20 anos no poder. ou seja, tavam remendando a própria sujeira pq foram eles quem deixaram a cidade nessa situação mórbida de abandono. e o que a gestão dele fez com a voluntários da pátria retrata bem a mentalidade. ao invés de reverter o processo de degradação da avenida, retiraram o asfalto e colocaram a avenida de volta pros anos 30 depois de ser atingida por um míssil apocalíptico. é até engraçado falar de sustentabildade quando a cultura do poder público de POA vem agindo contra a cidade, com obras intermináveis que já tiveram seu orçamento pago e ainda não foram nem entregues

        Curtir

      • Nao considero um dos melhores os gestores do mundo o fortunate, longe disso, mas convenhamos que um prefeito nao pode ser responsabilisado pelos seus antecessores.
        Ou a culpa de sua pobreza ou riquesa deve ser unicamente por causa dos negocios fechados por seus pais, avos e bisavos?
        Sejamos mais adultos

        Curtir

    • Gente mal informada…
      Esse estudo é de anos atrás, agora que está sendo concluído, ou tu acha mesmo que em 3 meses isso foi criado?? O prefeito não consegue nem compor a equipe dele em 3 meses…

      Curtir

  2. Bacana essa ideia. Muitas pessoas poderão vir a PoA de trensurb ou ônibus intermunicipais e poderão usar esse caro no centro.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: