Prefeitura é autorizada a contrair financiamento para terminar obras da Copa

Lei foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial de Porto Alegre


Entre as obras o término da trincheira da avenida Ceará com 300 metros de extensão | Foto: GuilhermeTesta

As obras remanescentes da Copa do Mundo de 2014 em Porto Alegre poderão ser finalmente concluídas na gestão do prefeito Nelson Marchezan Júnior. A lei que autoriza a prefeitura a buscar o financiamento de R$ 120 milhões para o término dos trabalhos foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial de Porto Alegre.

No dia 19 de junho deste ano, a Câmara de Vereadores aprovou o projeto de lei do Executivo municipal que autorizava a prefeitura a financiar os recursos junto a instituições financeiras. A Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão informou nesta quinta que desde a aprovação do projeto pela Câmara de Vereadores, propostas foram encaminhadas pela prefeitura para bancos públicos para que apresentassem ao Executivo condições para a realização do empréstimo.

A prefeitura de Porto Alegre já obteve retorno do Banco do Brasil e do Banrisul, e agora aguarda a posição da Caixa Econômica Federal, do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e do Badesul para realizar a escolha das melhores condições de prazos, amortização e custo financeiro para o Município.

O dinheiro permitirá que a prefeitura de Porto Alegre utilize cerca de R$ 75 milhões para a conclusão das obras da Copa do Mundo paralisadas em janeiro de 2017 e ainda faça a quitação de dívidas no valor de aproximadamente R$ 45 milhões dos trabalhos em andamento ou paralisados por falta de pagamento.

Com o dinheiro, uma das obras que deverá ser concluída, é a trincheira da avenida Ceará, na zona Norte de Porto Alegre. Os trabalhos começaram em janeiro de 2013, e deveriam estar concluídos em dezembro do ano passado, ainda na gestão do ex-prefeito José Fortunati. Nesta quinta-feira pela manhã, oito funcionários da empresa Conpasul, responsável pelo empreendimento, trabalhavam na construção de uma casa de bombas – a estrutura realizará a drenagem pluvial da passagem subterrânea.

O local chegou a ter 100 trabalhadores, antes da crise financeira da prefeitura. A construção da trincheira da avenida Ceará com 300 metros de extensão foi orçada em R$ 32 milhões. A obra tinha a previsão de estar concluída na Copa do Mundo de 2014. A estimativa da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) é de que aproximadamente 75 mil veículos circularão diariamente no cruzamento da trincheira da avenida Ceará com a avenida Farrapos.

Confira as obras

– A duplicação da avenida Tronco, que abrange os bairros Teresópolis, Cristal e a vila Cruzeiro, que prevê em seu projeto a extensão da via em 5,3 km, implantação de ciclovia e corredores de ônibus.

– Conclusão da trincheira da avenida Cristóvão Colombo com 300 metros de extensão.

– Término da trincheira da avenida Ceará com 300 metros de extensão.

– Conclusão da trincheira da Anita Garibaldi com 210 metros de extensão.

– Prolongamento da avenida Severo Dullius. A obra é de 1,9 km de extensão.

– Pavimentação dos corredores BRT das avenidas João Pessoa, Bento Gonçalves e Protásio Alves.

– Conclusão dos trabalhos das obras no entorno da Estação Rodoviária de Porto Alegre.

Fonte: prefeitura de Porto Alegre.

Correio do Povo – Cláudio Isaías

Anúncios


Categorias:Obras da Copa 2014, Trincheiras e passagens de nível

Tags:, , , ,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: