Autorizada ampliação da pista do Salgado Filho

Foto: José Arthur Eidt

A Fepam assinou a licença ambiental de instalação para a ampliação da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional Salgado Filho.

Na semana passada, o grupo alemão Fraport assumiu a gestão do complexo de Porto Alegre, por enquanto sob supervisão da Infraero (por, pelo menos, três meses). Entre as contrapartidas que a empresa comprometeu-se em cumprir para arrematar o aeroporto gaúcho, em leilão realizado no ano passado, está a expansão da pista.

A estrutura, que tem atualmente 2.280 metros, será expandida em mais 920 metros. Para esse empreendimento, a companhia trabalha com um prazo até 28 de dezembro de 2021. A empresa espera que a realocação das famílias que se encontram no entorno do aeroporto, ação necessária para ampliar a pista, ocorra até outubro de 2019. Também será feita a reconstrução do sistema de dragagem, que aumentará a segurança no momento de decolagem e aterrissagem.

Affonso Ritter



Categorias:Aeroporto Internacional Salgado Filho, Outros assuntos

Tags:, ,

23 respostas

  1. Interessante na gestão Fortunati foram construidos dois conjuntos residenciais,um perto da nova dique e outro na av assis Brasil ,bem localizado,estes supostamente seriam locais onde parte do pessoal da vila nazare seria realocado,os dois foram invadidos o mais chumbrega já foi desocupado onde os invasores literalmente destruiram as habitações entretanto o da assis Brasil continua invadido e nada,quantos milhões enterrados ali para onde vão os moradores da nazaré,Marte, jupiter ?

    Curtir

    • Esses dois conjuntos nao abrangiam toda a populaçao das áreas a serem desapropriadas, somente abrangia os moradores das posiçoes em frente as pistas, nao da área de segurança minima exigida.
      Foi (espertamente ou quase) liberadas e desapropriadas as áreas onde haveriam obras, a desapropriação das demais áreas necessárias ficou para depois.

      Curtir

  2. Fepan não deveria ter liberado nunca,deveriam fechar esse aeroporto e construir um maior em outro lugar.

    Curtir

    • kkk piadista. Eu não quero andar 40 km pra pegar um simples vôo pra SP. Quero o conforto de um aeroporto bem perto da minha casa, que POA tem a sorte de ter.

      Curtir

    • Para que fechar um aeroporto bem localizado, próximo a grandes rodovias (BRs 116, 290 e 448), servido por uma linha de metrô que o liga ao centro da cidade, 5 cidades da RM e duas rodoviárias, sendo rota de inúmeras linhas de ônibus municipais e intermunicipais, para construir um onde não existe infraestrutura alguma?

      Curtir

      • para enriquecer as empreiteiras

        Curtir

        • Para desabafar um aeroporto que não tem mais para onde expandir cuja cidade cercou o aeroporto,e suas limitações de carga e passageiros sempre operando com alguma restrição de peso.

          Curtir

          • Desbafar? Não tem mais para onde crescer? Existem diversas alternativas para ampliar o Salgado Filho!

            O atual terminal 1 está sendo ampliado, não sei em qual pé está a construção do segundo terminal de cargas. Fora a ampliação da atual pista a a possibilidade de uma pista paralela a atual (lembro-me de uma postagem aqui no blog com imagens do plano diretor do SF com a planta da segunda pista com o mesmo tamanho da atual e paralela a esta) ou mesmo uma segunda pista paralela a FreeWay em conjunto com um terceiro terminal de passageiros!

            Mais opções? Construir um novo terminal integrado ao SF compartilhando a pista da BACO ou mesmo construindo uma paralela à esta. Com todas estas opções, temos 4 pistas e quatro terminais de passageiros. Em zonas de fácil acesso, onde carga e passageiros chegam facilmente de todas as regiões da RM.

            Em Portão teríamos o que? Uma prolongação da 448 e olhe lá! Assim como guarulhos durante muito tempo, os passageiros seriam reféns dos taxistas! Fora que os planos iniciais do 20 de Setembro previam apenas 2 pistas menores que as do SF, com uma futura possibilidade de 4 pistas de 4 km.

            Curtir

  3. Espero que assim que estiver pronto o prolongamento da atua pista, deem um jeito de construir a segunda pista do aeroporto, que consta no plano diretor dele. Ainda não entendo como a prefeitura deixou Bourbom e Correios se instalarem naquela área sabendo que é área de interesse público.

    Curtir

  4. As coisas vão caminhando aos poucos, mas estão seguem na direção para que o aeroporto da capital gaúcha logo decole literalmente para ser um dos melhores do país e alçar um patamar mais internacional de qualidade e eficiência, e dá-lhe alemães!

    Curtir

  5. Enquanto não houver desocupação da áreas que estão no caminho da pista, nada feito; e para que haja desocupação, a prefeitura primeiro vai ter que pagar auxílio-moradia e construir casas para realocar as famílias. Esqueçam ampliação da pista; a saber > nunca. Essa conversa já esgotou-se em si mesma.

    Curtir

    • Tu insiste nisso hein !!!! Barbaridade ! A obra pode sair sem desocupação. Ela vai iniciar paralelamente as obras dos conjuntos habitacionais que vão receber as famílias. Leu o texto, que mal eu pergunte ?

      Curtir

      • Nem tu lestes o texto que tu mesmo colastes aqui. Em momento algum o Afonso Ritter escreveu “paralelamente”, concomitantemente, ao mesmo tempo ou afim. O que está escrito (releia por favor) é que a Fraport espera que até outubro de 2019 as famílias sejam realocadas, para então tocar a ampliação da pista, evidentemente. Só vão começar a ampliar depois que todas as famílias forem deslocadas e, apartir daí, a ampliação fique pronta até 2021. Será que é tão difícil interpretar um texto? Tu lestes que essa é “uma ação necessária”? Difícil hein.

        Curtir

        • Tocar puxadinho do terminal de passageiros e outras obrinhas adjacentes qualquer um toca. Um banheirinho aqui, uma lanchonete ali, um telheiro acolá, uma lixeirinha adesivada e tal, etc. Agora, pra tocar a ampliação da pista, vai depender de muito mais atores públicos e outras estratégia$$ de convencimento.

          Curtir

  6. Hoje estive no aeroporto. Achei tudo tão com cara de “largado” naquela obra da edificação que fica na lateral – um esqueleto de concreto semi-acabado. Espero que a coisa “decole” de uma vez.

    Curtir

  7. Fepam já deveria ter autorizado a mais de 20 anos.

    Curtir

Trackbacks

  1. Ampliação da pista do Salgado Filho deve começar até março
%d blogueiros gostam disto: