Prefeitura sugere em cálculo ao Comtu, retirar benefícios para baratear ônibus

Governo Marchezan projetou redução para R$ 4,00 se isenções e reposição de cobradores forem cortados

triA prefeitura de Porto Alegre encaminhou seu parecer para calcular a tarifa de ônibus com mudanças, nesta quinta-feira. Além do cálculo previsto pela legislação, que segundo o Paço Municipal elevaria a passagem para R$ 4,50, informou o Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu) dos cortes de benefícios à população que pode fazer para reduzir a tarifa a R$ 4,00.

No relatório, a prefeitura indica os valores que, supostamente, incidem na passagem cobrada pelas empresas por cada benefício. Conforme o governo Marchezan, retirar a gratuidade da segunda passagem, a gratuidade para idosos entre 60 e 64 anos, restrições na passagem escolar e a reposição de cobradores, conforme forem deixando a função, resultaria na tarifa de R$ 4,00.

“Cálculos referentes ao retorno da cobrança de 50% na segunda viagem que, caso volte a ser cobrada e com o cálculo aprovado, baixam o valor da tarifa original calculada para R$ 4,30”, exemplificou a nota.

A prefeitura justifica os cortes como “inovação” para “buscar alternativas para o sistema de transporte, levando em consideração a redução de 11% no volume de passageiros em 2017”. Além disso, pede que o Comtu se posicione com outras alternativas para atrair usuários. Por exemplo, “que as empresas possam conceder desconto tarifário, sem ônus à tarifa, em horários diferenciados, como entre as 22h e 05h”.

Confira a tabela da prefeitura:

tabela2

Correio do Povo

Anúncios


Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, onibus

Tags:, , ,

12 respostas

  1. Se impusessem uma distância mínima entre as paradas de ônibus ajudaria muito a reduzir o custo e o tempo de viagem e consequentemente aumentaria a demanda.

    Curtir

    • Também acho. Um exemplo, na Av. Ipiranga, logo após a Av. Praia de Belas no sentido CB, há uma parada quase na esquina, a menos de 200 metros da parada do Shopping. E outra próxima à R. Múcio Teixeira. Poderiam retirar essas duas e colocar uma parada em um ponto intermediário na Ipiranga. Assim, evitaria que os ônibus (com exceção da T1-Direta) parassem várias vezes.


      https://polldaddy.com/js/rating/rating.js

      Curtir

  2. Os tais “políticos gestores” são na verdade um bando de analfabetos funcionais. Ninguém na prefeitura ainda conseguiu pensar nas soluções óbvias para baixar os custos- troncalizar o sistema (ou seja, terminar o BRT) sendo a mais óbvia de todas (menos ônibus, muito menos cobradores, menos tempo perdido em congestionamentos de corredor de ônibus resultando em uso mais eficiente de capital e pessoal, etc). Mas obviamente o “político gestor” literalmente escolheu tirar o dinheiro do BRT para terminar viadutos e trincheiras.

    Curtir

    • Isso é realmente incrível. O sistema de tranporte de Porto Alegre está numa rota rumo ao colapso, e ninguem faz nada. As soluções propostas simplesmente não resolvem o problema. A única coisa que resolveria seria o redesenho do sistema para ganhar eficiência, mas todas as iniciativas que já houve nesse sentido não foram para frente, lamentavelmente. Eu me pergunto se isso acontece por pura incompetência e ignorância ou se alguem tem interesse que o sistema entre em colapso, porque isso vai acontecer em breve.

      Curtir

  3. Eu sempre ando de onibus e ao meu ver e pelo trajeto que uso quebra o galho,em determinados horários até anda relativamente lotado,mas em outros horários circula com poucas pessoas é claro que cada linha em Porto Alegre é uma realidade diferente,quem abandonou o onibus pelo automovel dificilmente volta com o sistema que temos. Esta historia de cobrar pela conexão é pura sacanagem em coluio com os permissionãrios retirar o tal beneficio dos idosos é piada pois o impacto é nulo,gasataram com cameras escrotas para coibir fraudes que devem ter custado mais do que as fraudes,de qualquer forma voces já sabem quem manda no transporte publico em Porto Alegre,lotação taxi onibus não tem saida.

    Curtir

  4. …redução de 11% no volume de passageiros em 2017. Sempre pego onibus lotado, reduziu em que horario? da madrugada? Essa da redução de passageiros não me convence, onibus sempre cheios, excetuando em sabado e domingo. E jura que vai reduzir a passagem, hahahhaha.

    Curtir

  5. Triste ver que eles sabem o motivo do aumento da passagem (redução de passageiros) e não fazem nada pra melhorar isso. Diminuição do preço é paliativo. Porque não sentam e pensam num plano a longo prazo? Reestudar as linhas, o sistema todo. Ano que vem vai ser a mesma história, só que vão estar discutindo se vai ser 5 reais ou 4,80.

    Curtir

  6. Não existe gratuidade na segunda passagem. Não é culpa do usuário que o itinerário é um lixo e o obriga a pegar vários ônibus. A prefeitura que racionalize os itinerários com alimentadores e troncais.

    O valor da passagem deveria ser por tempo. Quanto custa uma hora de ônibus? 4 reais? Então o passageiro paga os 4 reais e entra e sai de quantos ônibus quiser. Praticamente tudo no ônibus é medido por tempo: salário motorista, cobrador, consumo de combustível, pneu, óleo, depreciação, seguro… não tem por que ficar com esse cálculo estúpido de IPK.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: