Prefeitura licencia segundo parklet de Porto Alegre

Segundo parklet licenciado fica na rua dos Andradas, em frente ao Boteco Histórico

imagem183073

Marchezan observou que as estruturas incentivam o convívio social  Foto: Luciano Lanes/ PMPA

O prefeito Nelson Marchezan Júnior assinou na segunda-feira, 21, às 9h, o decreto de permissão de uso do segundo parklet licenciado de Porto Alegre. O ato ocorreu na rua dos Andradas, 895, em frente ao Boteco Histórico. O primeiro parklet foi inaugurado na Semana de Porto Alegre, em 27 de março, na rua Hilário Ribeiro, 292, em frente ao restaurante Poke’s e Met’s.

O prefeito observou que os vereadores são incentivadores e disseminaram a importância da criação de espaços de convivência. “Os parklets são um novo conceito para a cidade, uma mudança que incentiva o convívio social e o embelezamento dos espaços públicos”. Marchezan também explicou que pequenos eventos estão sendo realizados para as entregas dos primeiros parklets, para registrar que o caminho que a administração municipal está seguindo é de mudanças, para o bem da cidade.

Esse foi o segundo parklet licenciado depois da edição do Decreto nº 19.808, de 2 de agosto de 2017, que trata sobre a instalação e o uso de extensão temporária das calçadas. De acordo com o secretário em exercício do Desenvolvimento Econômico, Leandro de Lemos, mais sete parklets na rua dos Andradas estão sendo analisados pela prefeitura. “É uma revitalização da rua, que nos remete ao tempo em que tínhamos mais convivência no Centro Histórico”, disse. Valmir José Lando, um dos proprietários do Boteco Histórico, disse que o parklet deve atrair o turista, em um bairro histórico da cidade.

Além das sete estruturas que estão em análise para serem implantadas na rua dos Andradas, outras cinco (nos bairros Moinhos de Vento e Cidade Baixa) estão aguardando o Termo de Permissão de Uso. O Grupo de Trabalho de Implantação de Parklets (GTP) envolve as secretarias de Desenvolvimento Econômico, Infraestrutura e Mobilidade Urbana e Parcerias Estratégicas, para análise dos projetos. A prefeitura elaborou um manual para a implantação de parklets, com todas as informações necessárias para realização do projeto. O manual está disponível de forma on-line no site: http://alfa.portoalegre.rs.gov.br/smpe/projetos/parklets e contém a legislação própria e as etapas de implantação do equipamento, com diagramas explicativos e resumos das recomendações e exigências.

Portal da Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Outros assuntos

Tags:, , , ,

13 respostas

  1. La em 2008 tu pensando assim “nossa imagina poa em 2020 com metrô, aeromovel na beira do rio, brt…
    Chega 2018 inauguração de parklets

    Curtir

    • A palavra correta para descrever a nossa situação (não só de Poa, mas do Brasil todo) é DISTOPIA. Depois da onda de otimismo com a estabilidade econômica há 10, 12 anos, estamos definitivamente mergulhados em uma profunda depressão e desencantamento com a derrocada social e financeira do país. E vai piorar – infelizmente. Itamar e FHC prepararam as condições para a estabilidade inflacionária, Lula surfou a onda das alta exorbitante das commodities e quando tinha a fantástica oportunidade de promover enfim as reformas política e econômica, resolveu fazer uma grande aliança multipartidária para perpetuar-se no poder, usando para tal um mega esquema de propinas e lavagem de dinheiro. Parece que o nosso destino é mesmo ser um país furreco, corrupto e subdesenvolvido. Hoje somos apenas uma nação dividida entre coligação política A x coligação política B, cujos cidadão digladiam-se em antagonismos maniqueísta nomeado direita x esquerda, mas que na verdade é apenas um jogo de conceitos vazios. Nossa classe política não está nem aí para nomenclaturas ideológicas. O negócio dela é esfolar o erário. Enquanto isso, nós, a plebe, continuamos a brigar por A ou por B. Os otários da claque. Enquanto o brasileiro não passar fome ele não vai aprender. Só se aprende a gemer na dor.

      Curtir

  2. Esse parklet estava irregular há 4 meses. Tinha uma série de problemas.

    Curtir

    • Sério? O que estava irregular por exemplo?

      Curtir

      • O pessoal da aprovação de projetos e responsáveis pelo projeto dos parklets apontaram várias irregularidades. Não sei se foram todas corrigidas.

        Curtir

      • O que seria uma irregularidade num PARKLET? O tipo de madeira empregado? A altura do banco? Sério, eu pergunto por pura curiosidade. Não estamos falando de um posto de saúde, é só um espaço com uns bancos e uma floreira.

        Curtir

        • Não sei dizer por que não conheço a legislação específica dos parklets. Só estou repassando relatos dos colegas que participaram da regulamentação e do projeto. Posso perguntar a eles.

          Curtir

        • Algumas irregularidades passiveis listadas por extenso na lei:
          – dimensões inapropriadas;
          – localizado em via que não pode abrigar o equipamento;
          – distância irregular de equipamento urbano, como hidrantes, placas, paradas de ônibus, estacionamentos e rampas PNE;
          – obstrução ou inviabilização do uso do passeio público;
          – distância irregular de esquina;
          – inacessibilidade para PNE;
          – estrutura de difícil remoção ou que cause dano à via pública;
          – falta responsável técnico pelo projeto/execução;
          – dimensionamento e/ou execução inadequados de itens de segurança, tais como corrimãos, guard-rail, sistemas elétricos;
          Dentre outras…

          Curtir

  3. e eu fazia piada do fortunatti que inaugurava ate lixeiras

    Curtir

  4. prefeito “inaugura” até um licenciamento

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: