Relógios de rua: prefeitura lança consulta pública do edital (atualizado)

imagem179030

Serão instalados 168 equipamentos, três vezes mais do que havia antes, em 2015  Foto: Luciano Lanes / PMPA

A Prefeitura de Porto Alegre lança nesta segunda-feira, 3, às 9 horas, no Paço Municipal, a consulta pública do edital para concessão de instalação, operação e manutenção de relógios eletrônicos digitais de rua em Porto Alegre. O edital informa quais são os requisitos técnicos para a estrutura, materiais e instalações elétricas dos relógios eletrônicos, entre outras especificações.

O prazo para realização da consulta pública é de 30 dias. Após esse período, a prefeitura deverá ter 15 dias para ajustes finais e publicação do edital.  “É um excesso de transparência. Um excesso de zelo para garantir o sucesso deste edital”, diz o prefeito Nelson Marchezan Júnior. O prefeito destaca que serão instalados 168 relógios eletrônicos digitais de rua em Porto Alegre – três vezes mais do que havia antes de serem desativados em 2015.

Prefeitura de Porto Alegre

___________________________

IMPORTANTE:

Os relógios de rua não serão como os de antigamente. Terão uma nova tecnologia.

Veja o que a prefeitura informou abaixo:

Nova tecnologia – Todos os equipamentos contarão com câmeras de monitoramento, ligados à rede óptica do município para possibilitar a integração ao Centro Integrado de Comando da Cidade (Ceic), que também servirão para identificação de veículos irregulares. A maioria dos pontos também oferecerá acesso Wi-Fi gratuito. Além de marcarem a hora, os relógios deverão indicar a temperatura local e o índice de radiação ultravioleta, obtidos a partir de dados oficiais de órgãos nacionais. Informações de interesse público também poderão ser veiculadas nos aparelhos digitais, tais como campanhas de vacinação, trânsito, previsões meteorológicas, entre outras.


Categorias:Mobiliário Urbano, Outros assuntos

Tags:,

11 respostas

  1. “3 vezes mais relógios que antes” na era dos smartphones o investimento é triplicar relógios só pra não perguntar horas pra pessoa ao lado.
    Pelo amor de deus, isso é uma distopia.

    Curtir

    • poderiam por mais estações BikePOA com esse custo, seria mais útil que fabricar 168 postes eletronicos q mostram horas.

      Curtir

    • Pelo que diz na noticia e no edital a ser lançado, as horas é o de menos nestes relogios, pois os mesmos disponibilirização wifi, video monitoramento e informaçoes.

      ler é bom!

      Curtir

  2. Pela demora no processo, os relógios de rua de POA já vão chegar atrasados….

    Curtir

  3. Provavelmente já está a mais de uma década de discussão, reunião, redação de editais, análises, planos, projetos… para algo que não trás benefício para as pessoas.

    Curtir

    • Nova tecnologia – Todos os equipamentos contarão com câmeras de monitoramento, ligados à rede óptica do município para possibilitar a integração ao Centro Integrado de Comando da Cidade (Ceic), que também servirão para identificação de veículos irregulares. A maioria dos pontos também oferecerá acesso Wi-Fi gratuito. Além de marcarem a hora, os relógios deverão indicar a temperatura local e o índice de radiação ultravioleta, obtidos a partir de dados oficiais de órgãos nacionais. Informações de interesse público também poderão ser veiculadas nos aparelhos digitais, tais como campanhas de vacinação, trânsito, previsões meteorológicas, entre outras.

      Curtir

  4. E realmente necessario ter esses relogios de rua?

    Curtir

    • eu nunca senti falta, sempre conferi as horas perguntando a alguém mais proximo ou no celular.
      Talvez só seja útil a alguém mudo, que não consiga gesticular, e esteja sem relógio/celular.

      Curtir

      • E ainda se forem mantidos com horário e temperatura corretos, porque é bem possível o abandono após a instalação..

        Curtir

      • Nova tecnologia – Todos os equipamentos contarão com câmeras de monitoramento, ligados à rede óptica do município para possibilitar a integração ao Centro Integrado de Comando da Cidade (Ceic), que também servirão para identificação de veículos irregulares. A maioria dos pontos também oferecerá acesso Wi-Fi gratuito. Além de marcarem a hora, os relógios deverão indicar a temperatura local e o índice de radiação ultravioleta, obtidos a partir de dados oficiais de órgãos nacionais. Informações de interesse público também poderão ser veiculadas nos aparelhos digitais, tais como campanhas de vacinação, trânsito, previsões meteorológicas, entre outras.

        Curtir

    • Nova tecnologia – Todos os equipamentos contarão com câmeras de monitoramento, ligados à rede óptica do município para possibilitar a integração ao Centro Integrado de Comando da Cidade (Ceic), que também servirão para identificação de veículos irregulares. A maioria dos pontos também oferecerá acesso Wi-Fi gratuito. Além de marcarem a hora, os relógios deverão indicar a temperatura local e o índice de radiação ultravioleta, obtidos a partir de dados oficiais de órgãos nacionais. Informações de interesse público também poderão ser veiculadas nos aparelhos digitais, tais como campanhas de vacinação, trânsito, previsões meteorológicas, entre outras.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: