Reassentamento da Vila Nazaré atinge 99,5% e deve ser concluído em julho

Prefeitura está executando ações nos dois empreendimentos que acolheram famílias da Nazaré Foto: Alex Rocha/PMPA

A mudança das últimas sete famílias que ainda estão na Vila Nazaré deve ocorrer em julho, dando fim ao maior reassentamento contínuo da história de Porto Alegre, hoje 99,5% concluído. A previsão do prazo de transferência é da Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária. Todos os casos já estão com seus destinos encaminhados, sendo quatro na esfera administrativa e três com prazos judiciais transcorrendo. Essas famílias correspondem a 0,53% das que formavam a Nazaré antes do início do reassentamento.

A primeira das 1.297 famílias deixou a Vila Nazaré em junho de 2019 com destino ao Loteamento Senhor do Bom Fim, no bairro Sarandi, ocupado em sua totalidade naquele mesmo ano. Desde janeiro de 2020, quem saiu do território da Nazaré passou a morar no Irmãos Maristas, bairro Mário Quintana. O reassentamento é necessário em razão da ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho. Hoje, a conclusão das obras depende da liberação da área do sítio aeroportuário à Fraport, concessionária do aeroporto.

No início deste ano, havia 111 famílias nesta área. Desde então, 104 já se mudaram. Parte delas está cumprindo decisões da Justiça Federal que começaram a ser proferidas no início de abril. As sentenças da juíza federal Thais Della Giustina confirmaram a necessidade de as famílias deixarem a área, gravada como pertencente ao aeroporto em 1969.

O secretário André Machado enfatiza que a prefeitura trabalha com a possibilidade de realizar as últimas sete mudanças até julho. “Estamos dependendo apenas do cumprimento de sentenças da Justiça Federal, todas já proferidas, e dos encaminhamentos administrativos que já estamos fazendo junto às famílias. A conclusão está muito perto do fim”, comenta Machado.

De maneira integrada, a prefeitura está executando ações nos dois empreendimentos para onde se mudaram famílias oriundas da Vila Nazaré. No Loteamento Senhor do Bom Fim, são 364, e no Maristas, cerca de 900. “Os desafios são grandes nos dois empreendimentos e, em especial, no Maristas, que terá uma população de cerca de 5 mil pessoas. O nosso trabalho é diário para garantir cada vez mais dignidade e oportunidades a essas famílias”, finaliza o titular da pasta da Habitação.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Aeroporto Internacional Salgado Filho

Tags:, , ,

3 respostas

  1. coisas importantes que a criação se assentamentos adequados e ou/ dação de moradia em troca da área ocupada pelas pessoas:

    Economia para o SUS: Pessoas morando em local com agua, energia e esgoto regulares sofrem menos acidentes, as casas pegam menos fogo, ha menos incidencia de pragas transmissoras de doença, o psicologico das pessoas melhora.

    Economia para o transporte publico: Os assentamentos passam a ocupar vias regulares, os onibus nao gastam tanto com manutanção etc…

    Regularidade para uma nova vida: Quando voce tem residencia fixa com escritura passa a usufruir de melhores oportunidades de emprestimo, emprego etc… o que pode gerar chances para esta e futuras gerações empreenderem, trabalharem e viver melhor.

    É claro que nao podemos confundir este caso com os casos de aproveitadores dos programas de moradia.

    Aqui se trata de uma antiga vila que sempre existiu tendo seus moradores (que são moradores de muito tempo) sendo reassentados. Nao é a mesma coisa que os casos de “gangues” de invazao de terrenos publicos e privados para ganahr escrituras de terrenos e ir embora apos vender. Mas isso é outro assunto.

    Curtido por 1 pessoa

    • Fiz uma postagem comentando exatamente o que dizes em teu texto, acrescentando outros itens como segurança, questões de meio ambiente (lixo, água, esgoto, tratamento de esgoto, alagamentos, etc.), questões de infra estrutura (água, luz, internet, telefone, transporte, correio, entrega de encomendas) e um sem fim de outros pontos positivos.
      Tentei postar este comentário numa matéria tendenciosa do site tendencioso AMIGOSDATERRABRASIL (que se diz um site vinculado ao meio ambiente).
      Sabe quando vão publicar meu comentário? NUNCA.

      Não há pior censura do que aquela que se traveste de liberdade.

      Curtir

  2. Acho que aqui devemos reconhecer o valoroso esforço de todos envolvidos para concretizar algo que até alguns anos atrás parecia impossível – a remoção das famílias daquela região tão degradada e desprovida de infraestrutura – a Vila Nazaré e a Vila Dique.

    Muitas vezes estes locais eram lembrados pelo Poder Público apenas quando apareciam nas manchetes dos jornais pela falta de estrutura básica e de segurança. Muito tempo se especulou sobre a inviabilidade de ampliação da pista do aeroporto pelo obstáculo que impunha esta região. Muitos embates foram travados para que se chegasse ao ponto que estamos hoje – a iminência da desocupação total da área com a correta contrapartida social para as famílias ali residentes.

    Acho que o mínimo que podemos fazer, como cidadãos, é reconhecer o esforço feito. Reconhecer que além do problema financeiro e logístico de se construir novas moradias, também há o problema “ideológico” que isso envolve, onde a diversidade de opiniões e a dificuldade de conciliação entre os pensamentos (e os egos, por que não dizer) costuma sepultar muitas ideias louváveis (e outras nem tanto).

    PARABÉNS.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: