Artigo: Rio Grande, grande de novo

POR JOEL MARASCHIN

Esqueça tudo que você ouvia falar no passado sobre o nosso Estado. Aquelas velhas bravatas de que o Rio Grande do Sul não era competitivo e vivia perdendo empresas para o vizinho Santa Catarina, acabaram. Não foi fácil, mas depois de oito anos de profundas reformas estruturais, da transformação da máquina pública gaúcha em um Estado necessário – nem ideologicamente mínimo, muito menos máximo como outrora – o RS vive, neste momento, o recorde da atração de investimentos, geração de empregos e abertura de negócios.

Em 2022, vamos ultrapassar a marca do R$ 1,6 bilhão em novos investimentos em solo gaúcho, para instalação ou ampliação de indústrias e aproximadamente 3,5 mil novos postos de trabalho. É o melhor momento dos últimos 10 anos, levando em consideração as atividades multissetoriais, norteadas pelo novo Fundopem.

Criado no final dos anos 1980, o Fundopem ainda é o principal programa de atração de investimentos do nosso Estado. Desde o lançamento, é modernizado conforme o próprio mercado vai se reinventando. Com foco em equilibrar as diferenças regionais, valoriza as políticas ambientais e fomenta a cadeia produtiva local, a iniciativa se tornou muito competitiva para indústrias de todo Brasil voltarem os seus olhos para o Rio Grande do Sul, sempre norteada e executada por um processo transparente, rápido e eficiente.

Com responsabilidade e clareza em cada decisão tomada, foi possível recolocar o Rio Grande do Sul nos trilhos do desenvolvimento econômico. E ainda temos mais a entregar para a população. Com a conclusão da nova política industrial do Estado até o final deste ano, escreveremos as novas páginas do futuro da indústria gaúcha, elevando nosso patamar no cenário mundial e focados no aumento gradativo do nosso PIB até o final desta década.

O futuro já começou e será ainda mais próspero no ciclo que se iniciará em janeiro de 2023.

*Secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado

Fonte: https://estado.rs.gov.br/rio-grande-grande-de-novo



Categorias:Artigos, Economia Estadual

Tags:, , , ,

4 respostas

  1. Vamos ver agora com a renovação da assembleia. Com a quantidade de vanguarda do atraso que entrou, receio que esses 8 anos avanços serão desfeitos rapidamente.

    Curtir

  2. Adorei a fanfic

    Curtir

  3. RS esta virando um polo do setor tecnologico no brasil,
    tem que fazer o possível para nao perdemos essa posição.
    Em tempos de trabalho a distancia, deve-se investir no lazer da cidade para evitar a fuga de talentos para outros estados como SC e SP

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: