Setor do turismo teme pelo projeto do Cais Mauá

José De Jesus, presidente do Sindpoa Foto: Gabriela di Bela - JC

Caiu muito mal no setor turístico e hoteleiro a informação, que circulou nos meios políticos, de que o futuro governador Tarso Genro não estaria muito interessado em levar adiante o  projeto de revitalização do Cais Mauá, em Porto Alegre. Segundo o presidente do Sindpoa, José De Jesus, “a revitalização do cais tem uma importância enorme para o futuro da cidade como destino turístico internacional”. “Nossa posição é veemente a favor da revitalização de toda a orla do Guaíba, do centro histórico e de qualquer iniciativa que sirva para divulgar a nossa terra e a nossa gente”, afirmou.

Cais II

O próprio prefeito José Fortunati comentou que o único projeto que ele teme não sair, em função do novo governo do Estado, é do Cais Mauá. Pretende pedir uma audiência com o governador eleito Tarso Genro, que voltará domingo da Espanha, para ter uma informação oficial dele. Outro complicador é a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) que, até hoje, não se manifestou sobre a liberação que precisa fazer da área. E não adianta querer falar sobre o assunto com a Antaq porque “é uma caixa-preta”.

Jornal do Comércio – Danilo Ucha

Share

_______________________

Acho que poderíamos formar uma comissão de pessoas relacionadas ao Blog para, juntamente com o SindPOA e outras entidades, organizar um grande bloco com o intuito de pressionar o Governo do Estado e outros órgãos a fim de que seja viabilizado e mantido o projeto de revitalização do Cais Mauá. É nitido que não somos os únicos que somos grandemente a favor deste grande empreendimento turístico e econômico que poderá revolucionar Porto Alegre, em várias áreas. Uma delas, esquecida da maioria dos “CONTRA-TUDO”: A ENORME GERAÇÃO DE RENDA que proporcionará, em muitas áreas da economia portoalegrense e até de outras partes do Estado do RS.



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, , , , , ,

31 respostas

  1. Se quisermos fazer campanha em favor do CAIS e da nossa ORLA, deveremos primeiro criar um slogam: NÃO JOGUE LIXO NO GUAÍBA, POIS ELE É A EXTENSÃO DA TUA CASA!!! é a água que muitos bebem, é a água do seu banho, da sua cozinha. Água é vida!!! Toda a vez que você abrir a torneira, lembre-se:
    É do GUAÍBA que ela vem…py3cvs.

    http://py3cvsclaudio.wordpress.com/

    http://py3cvs.blogspot.com/

    Curtir

  2. Não sabia que na coligacao que formará o futuro governo, além do PDT, PTB e talvez PP, havia também políticos do PSB com uma posicao tao favorável a continuidade do trabalho realizado até agora no projeto de revitalizacao do Cais Mauá. A esquerda está mostrando que tem responsabilidade….

    Seria bom divulgar quem da coligação está se posicionando publicamente dessa maneira. Apenas se le na imprensa sobre alguns políticos do PT contra a licitação, o que pode dar uma imagem distorcida da realidade desse amplo espectro político que constituirá o futuro governo:

    Blog do vereador Airto Ferronato (PSB), dia 17 de novembro de 2010.
    http://www.airtoferronato.com/2010/11/revitalizacao-do-cais-maua.html

    Curtir

  3. E claro que a tal da ANTAQ vai complicar. Se è um orgao federal e o PT esta no comando nacional, logicamente farao aquilo que o PT gaucho quer. Ou seja, melar o negocio.E a orla continuara, feia, suja e distante do povo!

    Curtir

  4. É claro que a questão poderá ainda ser discutida, mas acho um sinal favorável que o procurador inicialmente não veja razões para suspender a licitação. Estamos numa democracia, e as pessoas tem sempre liberdade de pedir que se verifique a lisura da licitação. Ótimo que seja assim, é nossa garantia contra eventuais prejuizos ao Estado.

    Curtir

  5. Não sei se já souberam da boa notícia:

    http://wp.clicrbs.com.br/rosanedeoliveira/2010/11/17/mantida-a-licitacao-do-cais-maua/?topo=13,1,1,,,77

    Pelo menos alguns dos problemas jurídicos que poderiam prejudicar o estado e os proóprios empresários foram descartados inicialmente, o que dará mais segurança ao futuro governo em dar continuidade ao projeto, que é da cidadania.

    Curtir

  6. Gilberto, antes de mais nada devemos perguntar: que empresários são esses?
    Não creio que sejam outros grupos empresariais com interesse em entrar no negócio depois da licitação. Não dúvido que existam interesses desse tipo também, nos negócios se alguem perde, outro ganha certamente. Mas vc não acha muito pouco provável que um grupo assim apareça publicamente em uma reunião com o governador na Espanha, mostrando interesse? Se quisesse isso (“se”, nao estou afirmando nada) fariam contatos por debaixo do pano, nao se exporiam, ia ficar muito na cara…

    O que me parece mais provável é que as empresas espanholas que participam do consórcio que se apresentou à licitação sabem muito bem o que está acontecendo aqui no estado, estão muit bem informadas… E através de seus colegas empresários presentes na reunião tenham levantado isso com a seguinte intenção: “muito bem, governador, vc vem aqui na Espanha e quer tratar de negócios, ótimo, queremos colaborar, vamos trabalhar juntos nos proximos anos, mas como se explica que em um negócio que está a ponto de ser contratado, com já 2 anos de discussões, com debate politico com os vereadores, com total visibilidade de tudo, vcs estão procurando alguma maneira de barrar esse projeto?” En outras palavras, vamos negociar, mas vc, governador, é realmente confiável?

    Eu acho que foi mais esse o tom dessa questão numa reunião desse tipo. E eu realmente acho que a decisão do Tarso em relação ao Cais Mauá pode pegar muito mal na Espanha…. E ter maiores conseqüencias, se eles preferirem trabalhar com outros estados mais receptivos.

    A própria resposta do Tarso mostra que ele levemente muda o enfoque do problema. Sempre foi que o futuro governo estava querendo se informar mais sobre a licitação no interesse do Estado e do povo. Mas agora ele disse “são necessárias as garantias jurídicas para que não haja prejuízo ao Estado ou aos investidores”…. “ou aos investidores”, não queremos prejudicar os investidores….quer dizer …vcs empresários espanhóis….

    O que eu acho dificil é o Tarso explicar depois, se ele usar a questao da Antaq (“as garantias jurídicas”), que ele nao teve nada a ver com isso e que a licitação era irregular. Ninguém é criança e se o Tarso nao aparecer tentando resolver esse problema jurídico, indo conversar com a Antaq, com o minstério, com a presidencia da república (afinal ele é uma figura de peso no pais), mostrando a relevância do projeto para o Estado, em outras palavras, fazendo corpo mole, ele nao vai conseguir convencer os empresários espanhóis de que ele não tem responsabilidade nenhuma na história.

    Novamente, eu sinceramente espero que o Tarso seja inteligente e veja que ele e o Estado só tem a ganhar tomando a revitalização do Cais Mauá como uma causa prioritária. Dando sinais claros disso internamente e externamente. Existem setores do PT muito contrários ao projeto, mas acho que é uma questão de sentar e conversar, ouvir as queixas e encontrar uma solução intermediária. Uma solucao que por um lado leve em consideração as críticas petistas (afinal é o partido dele), mas ouvindo também os outros partidos da coalizão, como PDT e PTB (PP quem sabe….), e por outro, nao prejudique a licitação, tendo que começar do zero, ou no final em 2014 realizar uma coisa mais acanhada, como só restaurar e equipar alguns armazens. Isso do ponto de vista dos negócios internacionais é uma coisa pífia. Seria interpretado como um claro sinal negativo lá fora (sem falar do desapontamento dos eleitores aqui dentro)

    Eu acho que o Tarso consegue passar uma certa idéia de modernidade, de serenidade, de busca de consenso, de criar um amplo apoio político para o governo, è isso que estou vendo pelo menos, mas o Cais tem um tal valor simbólico, que não pode ser tratado apenas como um projeto do governo anterior que vamos discretamente colocar do lado, sem nenhuma conseqüência política interna , e econômica, externa.

    Curtir

  7. que Deus salve Porto Alegre da mao do inferno vermelho.

    Curtir

  8. “”Agora eles estão com “a faca e o queijo na mão” Se não mostrarem serviço, estarão com os dias contados…só eu peço uma coisa gente! não esqueçam!!! Sempre temos a mania de esquecer depois de 4 anos. py3cvs.””

    Concordo, Mas ja nao era pra terem feito isso???? Ja fizeram as gacadas deles com o olivio, ja era hora de deixa-los de fora permanentemente nao?

    Alem do mais duvido que a zerohora deixe outro partido ganhar em 2014. derrubaram Britto e agora Yeda. Meu deus quanto atrazo.

    Curtir

  9. Aqui é um Blog sério, sempre tratando de informar a comunidade sobre nossa Porto Alegre, eu “meto o pau” e assino meus comentários sem medo, sem ofensa á pessoas, mais me divirto muito…isso é democracia. Agora eu digo uma coisa…Vamos eliminar os “vermes da política” nas próximas eleições. Agora eles estão com “a faca e o queijo na mão” Se não mostrarem serviço, estarão com os dias contados…só eu peço uma coisa gente! não esqueçam!!! Sempre temos a mania de esquecer depois de 4 anos. py3cvs.

    Curtir

  10. Me paresse tactica gramsciana…..vao enrolar, enrolar, sempre vai ter um “porem” um pedido a mais (nao existe ninguem mais pedichao e ganacioso como comunistas) ate eles imporem algo que inviabilize a obra, dai eles colocam a culpa nas empreiteiras…..Tem um cara que post aqui que acredita na ladainha de que olivio nao mandou a ford embora, pode?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: