ARTIGO: Onde está o nosso mobiliário urbano ?, por Adeli Sell

Pensem nos pontos de táxi, paradas de ônibus, guaritas, sanitários, telefones públicos, lixeiras, placas de sinalização e outros equipamentos que integram o paisagismo e a acessibilidade urbana de Porto Alegre. São atrativos sob o ponto de vista da estética, conservados e acolhedores? Não me parecem.

Nosso mobiliário urbano degradou e ruiu. As paradas de ônibus, em sua maioria, estão em condições precárias, com manutenção deficiente, enferrujadas e vandalizadas. Já tivemos bons exemplos no passado, que além da beleza garantiam segurança por causa da iluminação trazida pela publicidade. Mas há mais de oito anos cessou a concessão e nada foi feito para que pudéssemos ter paradas uniformes, com cobertura, garantindo abrigo e conforto.

As deficiências de projeto também chamam atenção: não há uma padronização no design. Há dias constatei pelo menos sete tipos diferentes de paradas de ônibus. Pode não parecer importante isso num primeiro momento, mas um projeto global significa padrões de sinalização, segurança e ergonomia. Algumas sequer possuem um apoio para descansar o corpo. E pouquíssimas informam sobre as linhas de ônibus que ali passam.

Sem contar os demais elementos do mobiliário. Os totens para afixar eventos e campanhas da Prefeitura, por exemplo, também estão sucateados, mais parecem “troncos” fantasmas na selva urbana. Temos que visualizar além. Nosso mobiliário urbano deve ser, além de funcional, belo, pois a estética urbana é também um alicerce de auto-estima cidadã.

Ainda temos bancas de jornal daquele velho tipo dos anos 70, as amarelinhas. Deveríamos ter modelos modernos, como aqueles que conseguimos introduzir no Centro Histórico em 2003 quando fui titular da Secretaria da Produção, Indústria e Comércio – SMIC. Apesar da Lei das Bancas de Chaveiros já ser velha, apenas agora as novas estão sendo colocadas em escassos pontos da cidade. Por que tanta demora?

A cidade cresceu, e mesmo assim diminuíram os banheiros públicos. Continuam como sempre: caindo aos pedaços. Infelizmente, nossa cultura não tem ajudado em nada na evolução destes equipamentos tão necessários numa cidade civilizada.

Por que não termos quiosques em praças e parques? Modelos especiais, com limites, encontrados também em qualquer parte do mundo. Mas aqui o agente público prefere manter o velho “trailer” no Parque Marinha do Brasil, por exemplo.

Se isto já são problemas, agora eu pergunto, por que não colocar o protótipo de Parada de Táxi, ofertado pela Associação do Aço? Qual a dificuldade? Finalmente, aqui na Câmara, há exatos vinte meses nos foi prometido uma nova licitação e até agora nada aconteceu. Afinal, onde está (mesmo) nosso mobiliário urbano?

Adeli Sell,  Vereador



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Mobiliário Urbano

Tags:, ,

63 respostas

  1. Comentando o post… o nosso mobiliário tá escondido atrás do vandalismo e do descaso.

    Acho que nem vale entrar no mérito de padronagem e design enquanto as “otoridades” não darem jeito nesse bando de desocupados que destrói a cidade inteira!
    Até as lixeiras de FERRO – bonitas ou não – eles conseguem destruir!

    Gente, eu moro na ZS e a parada que eu pego ônibus tá pixada com uma facção (??) de ESTEIO!
    Que diabo esse cara vem importunar aqui?

    Quando conseguem pegar um babaca fazendo arruaça, dão um sustinho na delegacia e mandam embora. Ou vocês acham que vão ocupar vaga em presídio com um pixador ao invés dum criminoso mais pesado?
    Se já vão soltar uns 350 do semi aberto porque não tem lugar…

    Curtir

  2. O vereador, ao que parece, está abrindo os olhos – lembro da piada: “minha gata teve 9 gatinhos, todos são PT, disse a tia no domingo. Na quarta, disse que 7 gatinhos eram do PT. – Mas não eram 9, tia, pergunta a sobrinha? “é que dois já abriram os olhos, responde…”

    OK, falando sério, falta tudo, educação para um povo vândalo, políticos sérios e administração profissional. Nada que 30 anos não resolvam, se começarem já – como na Coréia (do sul, evidentemente).

    Curtir

  3. Não gosto do vereador, aquela reação virulenta dele quando um cidadão foi denunciar a máfia do nosso transporte público me deixou com nojo desse sujeito. Mas o texto dele faz muito sentido. De quem é a culpa eu não sei (nem quero saber). Eu gostaria de ver alguma proposta, o vereador fez metade do caminho, falta fazer o resto do trabalho dele que é, quando notar um problema, propor soluções que vão além da casinha de aço pro taxi,

    Curtir

  4. O Adeli Sell NÃO FOI REELEITO vereador. Por que mantém o título?

    Curtir

    • o mandato não terminou.

      Curtir

    • Ué, pelo que sei o mandato ainda não acabou.

      🙂

      Curtir

    • Renan,
      Até o dia 31 de dezembro sou vereador.
      Nunca ostentei nem vou ostentar o que não sou.
      Sou professor por formação e o diploma não vão me cassar. ESte título vou usar.
      Mas posso também ser apenas Adeli Sell, ou seja, um cidadão igual a vc, com opiniões.
      Vamos fazer o debate que vale, vamos nos unir e mudar, ajudar, todos sabem que sou do PT, mas isto não me tira a condição de pensar a cidade. E vc sabe que sobre urbanismo não tem unanimidade nos partidos muito menos na cidade.

      Curtir

  5. Este senhor, Alelli Sell, votou CONTRA o Pontal do Estaleiro.

    Curtir

    • Se você quiser minha declaração de voto, posso te mandar. Se mandar teu endereço te mando meu livro Porto Alegre a Modernidade Suspensa. Fiz mais do que muitas a favor do Estaleiro. Todos sabem que defendi, defendo uso misto não só lá, mas em toda a cidade.
      Adeli

      Curtir

  6. Vereador Adeli-PT mobiliário urbano ?????
    A nossa cidade tem 1,4 milhões de habitantes…opsss 1,4 milhão de habitantes,
    e com certeza temos outros atributos mais importantes que os sanitários, lixeiras etc…
    A textura urbana de P.alegre é uma das mais atrasadas do Brasil !!!!
    Vereador Adeli-PT o último e único edifício com mais de 30 andares da cidade foi construído nos anos 60 !!!!!
    P.Alegre 1,4 milhão de habitantes a apenas um prédio com mais de 30 andares…kkk

    Curtir

  7. Na boa, achei esse texto típico de político… longo, cheio de lugar comum, não traz nenhuma informação nova e não propõe solução nenhuma.

    Curtir

  8. É claro que eu não botei culpa no PT. Falei que é um problema histórico da cidade. Eu somente mencionei um fato concreto que era a simples e absurda inexistência de latas de lixo nas vias públicas da cidade.

    Pegar o caso isolado das paradas de ônibus da terceira perimetral (que por sinal são MUITO RUINS) não reflete a realidade desastrosa que foi a administração petista neste campo. Tão ruim que a mera colocação de latas de lixo já foi considerado algo louvável quando, na verdade, não passaria de mera obrigação da prefeitura.

    Cabe dizer que as paradas de ônibus da 3a. perimetral só existiram enquanto consequência da exigência dos bancos financiadores para a construção de faixas exclusivas de ônibus como requisito para liberação das verbas.

    Curtir

    • Em outras palavras, o novo prefeito poder cagar com a cidade, que sempre vai ser culpa do PT pq fez os 16 anos desastroso para cidade.

      Será daqui a 4 anos vai ser repetido a mesma ladainha ?

      Quero ver o atual prefeito resolver a questao das paradas de onibus do novo BRT gaúcho. Quero ver como vai ser feita a manutenção das caras estações de ônibus. Se ficar nas mãos da prefeitura, eu lamento informar, se nem consegue retirar cartaz das paradas atuais, rapidamente estas paradas vão ficar totalmente destruídas.

      Pelo menos na época do PT o transporte público era incentivado. Não como agora que até de bike é mais rapido. Duvido que se fosse hoje o prefeito atual teria peito de colocar corredor de onibus. Pra quem pega o T11 sempre lotado de manha, sabe que não é a prioridade atual melhorar o transporte coletivo.

      Curtir

      • A administração atual também teve o grande feito de PARAR de comprar ônibus com ar condicionado.

        Curtir

        • Sem contar , q conseguiram fazer a Carris dar prejuizo por dois anos seguidos.
          Além de entregarem para a máf.., digo, ATP, os estudos para dizer como serão as paradas do BRT fake .

          Curtir

        • Felipe, longe de defender a dupla Fo-Fo, mas a Carris não adquiriu ônibus com ar condicionado nas três primeiras renovações pós-PT, mas nas demais sim. Eu fiquei indignado com as primeiras renovações, pois há anos não entrava ônibus sem ar na Carris, mas depois eles andaram melhorando. O grande problema da Carris, ao meu ver, é a precária manutenção. Na época do PT, ônibus com letreiro estragado e banco descolado, por exemplo, não podia circular. Hoje vemos um festival de irregularidades nos ônibus da Carris (e todas as outras empresas, é verdade, pois parece que não há qualquer fiscalização), entre as quais eu faço questão de citar o ar condicionado desligado ou ligado no modo ventilação nos dias mais quentes do ano.

          Curtir

        • O Fogaça deu entrevista pra dizer que os ônibus em Porto Alegre não teriam e não precisavam ter ar condicionado . Eu vi. Claro ele não anda de ônibus…..Pelo menos no tempo do PT vieram aqueles ônibus maravilhosos com ar condicionado e acessibilidade universal, cadê, cadê, sera que o Tatu comeu….

          Curtir

      • Leandro Leite: ótimo comentário! Falam tanto dos 16 anos do PT e esquecem que já se passam 8 anos da sonolentíssima administração Fo-Fo.

        Curtir

  9. Será que até a copa não ganharemos um mobiliário novo? Podiam privatizar como SP faz, colocando propagandas, pelo menos há uma manutenção mais efetiva.

    Curtir

    • Em SP não existe outdoor, até os letreiros de lojas tem que ser pequenos. Por isso as empresas privadas pagam bem para colocar propaganda em locais que deixam. Pega o caso das bicicletas de aluguel, o Bradesco ta com propaganda. Aqui dificil, é mais barato colocar no outdoor.

      Curtir

  10. Segue o comentário que eu fiz no facebook:

    Reinvindicar é um direito de todos.. mas pergunto onde estava o Adeli nos 16 anos que o partido dele governou a cidade.. só me falta dizer que o mobiliário urbano era uma maravilha. O que temos agora é mera continuidade do descaso de administrações anteriores.. Lembro que a grande “revolução” do Fogaça foi a instalação daquelas paupérrimas latas de lixo laranja! a cidade não tinha nem latas de lixo!!

    Curtir

    • Pelo jeito as paradas de onibus da 3ª perimetral ainda continua o mesmo da época do PT. O pessoal da prefeitura atual não é capaz nem de tirar as propagandas (muito menos limpar – ou trocar o “vidro” quebrados). Tb é complicado pegar bus na região mais nobre da cidade visto a quantidade de morador de rua “morando” nas paradas.

      Complicado ficar sempre repetindo que a culpa sempre é do PT, pq já faz 8 anos que o novo prefeito está literalmente no governo.

      Curtir

    • P… neguinho querendo brigar com a realidade é flórida. Com o poeta e professor Gira….., abandonou-se o modelo de concessões. Por ex, nas paradas a Ativa vendia publicidade e mantinha uma lay-out .

      Curtir

    • Ola André,
      Eu sou do PT e não nego.
      Fui Secretário nestes 16 anos do pt por apenas 15 meses na Smic e todos sabem que fiz a diferença. Lembram?
      Não assumo coisas erradas que fizemos. Em breve, aqui, artigo sobre a Vila dos Papeleiros, quando comentarei o erro daquele empreendimento.
      Abraços,
      Adeli

      Curtir

  11. E o que o sr. Adeli faz por isso enquanto vereador? Nada. O mesmo que fez pelo 4º distrito e a história de pintar os prédios do centro: só falácias. Que tal juntar sua bancada e agir ao invés de escrever artigos?

    Curtir

  12. Enterrar o que nunca foi desenterrado, Felipe!?

    Menos…

    E o artigo foi no ponto, apesar de ter sido escrito por alguem que, salvo engano, foi contra a Arena. E, portanto contra PoA e o seu progresso.

    Desculpa-me se estiver errado.

    Curtir

    • Me desculpa diogo, mas acho que piorou. Inclusive não haviam os puxadinhos de parada de ônibus (vide terceira perimetral) antes do fortunatti.

      Curtir

      • Desculpa, mas eu não imagino o prefeito da cidade dizendo “coloca um puxadinho de parada de ônibus naquela esquina da perimetral”, provavelmente foi algum “técnico” da smov ou afins. O prefeito não tem nada a ver com um conserto mal feito tipo esse…

        Curtir

        • Lucas, foi a SMOV, com um secretário apontado pelo prefeito. Ou seja, responsabilidade dele.

          E a população além de reeleger de lavaga o prefeito, elegou o secretário para vereador. É boa essa cidade hein???

          Curtir

        • É o executivo a responsabilidade do puxadinho da 3ª perimentral. A EPTC só cumpre o que ta no orçamento. Quem faz o orçamento da EPTC é o prefeito. Alias, essa é a desculpa que a EPTC forneceu na justica mostrando que somente o prefeito pode alterar o orçamento dos 20% das multas (que por sinal a justica ta falando que multa não faz parte do orçamento – mas ainda vai demorar pq um desabargador pediu “vistas” do processo do MP).

          Curtir

  13. Como é este protótipo de Parada de Táxi, ofertado pela Associação do Aço? Onde podemos visualizá-lo? Se alguém conhece, favor postar ou fornecer o link.

    Curtir

  14. Paulo Albuquerque, via Facebook:

    “Mobiliário urbano? Foi todo depredado….terra de vândalos impunes e governo omisso que só gasta com folha de pagamento e pagamento de CC e contratos superfaturados só pode dar nisso mesmo, ou seja, cidades sujas, abandonadas, calçamento destruído, população porcalhona e sem educação=descaso e falta de vergonha na cara!”

    Curtir

  15. Nosso mobiliário foi enterrado junto com a eleição em primeiro turno do Fortunatti. Pelo jeito a maioria está satisfeita com “isso”.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: