Petrobras terá nova plataforma no RS

Investimento será de US$ 500 milhões

A presidente da Petrobras, Graça Foster, assinou nesta quinta-feira (11) o contrato para conclusão de mais uma plataforma de petróleo no Rio Grande do Sul. A integração da P-74 será feita em São José do Norte pela Estaleiros do Brasil (EBR). A EBR deverá investir US$ 500 milhões no estaleiro, pois o plano é de montar outras plataformas mais a longo prazo. O ato de assinatura foi feito na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs).

A P-74 deve ser o primeiro navio-plataforma com destino aos campos do pré-sal da bacia de Santos. Parte da obra de conversão do casco do navio Petrobras 74 em plataforma de produção está em execução no Rio de Janeiro. Graça Foster lembrou que, em 2012, a realização dos investimentos foi de R$ 84,1 bilhões. Desempenho que superou os R$ 83,3 bilhões previstos para o ano. Entre 2013 e 2017, o Plano de Negócios e Gestão, já aprovado pelo Conselho de Administração da empresa, é de um total superior a US$ 236 bilhões.

O presidente em exercício da Fiergs, Antônio Roso, destacou o trabalho desenvolvido pela entidade para ampliar a inserção da indústria gaúcha na cadeia de fornecedores dos projetos da Petrobras, especialmente a partir de 2008, com a criação do Comitê de Competitividade em Petróleo, Gás, Naval e Offshore. O industrial aproveitou a ocasião para fazer dois pedidos especiais à presidente Maria das Graças. “A primeira é que a Petrobras continue investindo junto aos nossos parques tecnológicos, como Tecnopuc, Tecnosinos, Valetec e Ufrgs, além de nos ajudar a consolidar o Oceantec, parque da Furg, em Rio Grande, estimulando a instalação de empresas internacionais de base tecnológica”, afirmou. A segunda solicitação foi para que a Petrobras recoloque a questão do terminal de regaseificação de GNL no Rio Grande do Sul em sua pauta de investimentos.

Revista Amanhã



Categorias:Economia Estadual, Polo Naval de Rio Grande

Tags:, , , , ,

2 respostas

  1. Os investimentos são ótimos, mas o governo tem que investir pesado na infraestrutura também. Me mudei pra Rio Grande essa semana e da pra ver que a situação não é boa, imagina como será em SJN?!. Tem que preparar a cidade para receber investimentos desse porte.

    Curtir

  2. Muito bom

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: