Aeromóvel será inaugurado neste sábado em Porto Alegre !

Presidente Dilma deve estar presente na solenidade

Dayane Mascitti

Foto: Divulgação/Trensurb

Foto: Divulgação/Trensurb

Porto Alegre – Após quatro meses de sua chegada a Porto Alegre, o veículo A100 do Aeromóvel será inaugurado oficialmente neste sábado, dia 10. O lançamento está previsto para ocorrer às 10 horas com a presença da presidente Dilma Rousseff, governador Tarso Genro entre outras autoridades, segundo o núcleo de comunicação da Trensurb. O engenheiro e idealizador do Aeromóvel Oskar Coester disse que, a partir do lançamento oficial, o veículo estará apto para transportar 150 passageiros. Coester adiantou que a chegada do segundo veículo, o A200, do Aeromóvel está previsto para ocorrer no final de setembro. “Já foram feitos mais de 500 testes referente ao funcionamento do A100 e todos são concluídos com sucesso”, destacou Coester na tarde de ontem. “Na Indonésia o Aeromóvel existe há 25 anos e não foi registrado acidente”, complementou. O trajeto do Aeromóvel inclui a Estação Aeroporto da Trensurb ao Terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho. A tarifa unitária do trem de R$ 1,70 dá direito a andar no Aeromóvel. O projeto do Aeromóvel é orçado em R$ 33,8 milhões e surgiu para facilitar a mobilidade urbana.

Tecnologia 100% nacional

Desenvolvido pelo Grupo Coester de São Leopoldo, o projeto do Aeromóvel foi totalmente desenvolvido no Brasil e utilizou tecnologia 100% nacional. O Aeromóvel é um meio de transporte automatizado, em via elevada, que utiliza veículos leves, não motorizados, com estruturas de sustentação esbeltas. Sua propulsão é pneumática – o ar é soprado por ventiladores industriais de alta eficiência energética, por meio de um duto localizado dentro da via elevada. O vento empurra uma aleta (semelhante a uma vela de barco) fixada por uma haste ao veículo, que se movimenta sobre rodas de aço em trilhos. “Estamos usufruindo de muita tecnologia e tudo isso é oriundo de uma independência brasileira”, disse o idealizador do Aeromóvel, o engenheiro Oskar Coester.

Propostas para outros lugares

Segundo o diretor-presidente da Trensurb, Humberto Kasper, a Trensurb tem o papel de fomentar o desenvolvimento de projetos de mobilidade urbana e inovação tecnológica no País. “Além de inovar, estamos fomentando a indústria brasileira em um projeto com grande potencial a ser explorado”, disse Kasper. A concretização do veículo A100 do Aeromóvel na capital estimulou propostas para implantar o Aeromóvel em outros lugares, segundo o núcleo de comunicação da Trensurb. Em Canoas, por exemplo, existe um projeto para ligar áreas densamente povoadas, com polos geradores de tráfego, à área central da cidade e à linha da Trensurb, totalizando 9 quilômetros. Também há estudos para implantação de uma linha de Aeromóvel entre a zona sul de Porto Alegre e sua região central, com extensão de aproximadamente 18 quilômetros. Além de ligação dessas regiões, o sistema conectaria a outros modais de transporte, como os trens da Trensurb, as futuras linhas de metrô e de BRT de Porto Alegre.

Jornal NH



Categorias:Aeromóvel, Aeroporto Internacional Salgado Filho, Trensurb

Tags:, ,

82 respostas

  1. Voce poderia informar se o aeromóvel implantado atende às características físicas e de segurança contra incêndio que apresentei acima?

    Curtir

    • Não atende às características físicas e de segurança contra incêndio apresentadas e não atende as características de segurança quando da possível parada no meio da via.

      Curtir

  2. Que não há projeto da automação, isso é um fato, mas Isso não quer dizer nada.
    O que me preocupa é o interesse político e pessoal acima de qualquer coisa e a teimosia de querer implantar um sistema ainda não totalmente testado em outros lugares e contratarem consultorias para estudos de demanda e traçado com o nosso dinheiro.
    Se tudo isso é válido, fazer o que. Os usuários que sirvam de cobaia para esses loucos interesseiros.
    Talvez o cabo fendido resolva o problema da automação, mas como não há projeto nada é certeza.
    Vamos aguardar e enquanto isso o dinheiro público, pode estar indo pelo ralo.
    Pessoal. Eu trabalho lá, sei o que está acontecendo e tão pouco quero o mal de alguém, mas como somos proibidos de opinar a respeito deste assunto e outros na empresa, esse é o espaço que me resta.

    Curtir

  3. Se desmascarar a falsidade ideológica é falar mal, há algo errado na interpretação. Há anos ele vem enganando os incautos, desmascará-lo é no mínimo uma obrigação da cidadania, para que as saibam quem está por trás das informações. Não vejo nisto nenhum erro de julgamento, quem está errado, é quem pede para os seus auxiliares mentir.

    Curtir

  4. Agora eu entendi perfeitamente como funciona o lobby da ATP.

    Curtir

    • Walter, estão procurando desqualificar o Aeromóvel, como se o mesmo fosse uma aventura sem o mínimo estudo de engenharia, só para mostrar o que já foi feito em termos de estudo em uma só área, a parte de controle (esta é uma pequena parte dos estudos vou colocar uma pequena lista).
      .
      PERONDI, E. A., “Controle Não-Linear em Cascata de um Servoposicionador Pneumático com Compensação do Atrito”. Tese (Doutorado em Eng. Mec.), UFSC, Florianópolis – SC, 2002.
      .
      PERONDI, E.A.; SOBCZYK, M.R.; BRITTO, J.F.F.H.. Controle em cascata e a estrutura variável aplicado ao seguimento de trajetória de um trem urbano movido a ar (Sistema Aeromóvel). Em XVII Congresso Brasileiro de Automática. 2008
      .
      BRITTO, J. F. F. H., “Modelo Computacional do Sistema Aeromóvel de Transportes”. Dissertação (Mestrado em Eng. Mec.), UFRGS, Porto Alegre, 2008
      .
      SAMANTO JUNIOR, Carlos Arthur Carvalho. Aplicação do algoritmo de Gain Schedule baseado na estimativa de massa no controle do sistema de freios do sistema aeromóvel: Dissertação (de mestrado em Engenharia) 2009
      .
      KUNZ, G.; PERONDI, E.; MACHADO, J. Modeling and simulating the controller behavior of an Automated People Mover using IEC 61850 communication requirements in Industrial em: 9th IEEE International Conference on Informatics (INDIN), 2011 (peer reviewed paper)
      .
      KUNZ, G.O. Metodologia para desenvolvimento de sistemas de controle de APM (Automated People Movers) com aplicação ao sistema Aeromóvel de transporte de passageiros. Tese (Doutor em engenharia), UFRGS, Porto Alegre, 2012
      .
      Ou sejam, falam como o Aeromóvel fosse alguma ideia de um maluco incentivada por um bando de sindicalistas, e chefiado por um louco sem a mínima formação.
      .
      Nesta pequena lista temos duas Teses de doutorado, duas Dissertações de Mestrado, uma apresentação em congresso internacional e uma publicação em peer review. Será que o controle e a automação do Aeromóvel não foi estudada como eles dizem? 🙂 🙂 🙂

      Curtir

      • Trabalhos de academia, nunca apertaram um só parafuso na vida.
        Depois eles vem falar de Gaiola de FAraday de plástico…
        Não desprezo a academia, mas tem teses e TESES.
        E o resultado está comprovando,o amadorismo da equipe do “engenheiro inventor” .

        Curtir

  5. A Aeromóvel Brasil com a implantação deste sistema na linha do Aeroporto não lucrou absolutamente nada. Teve um prejuízo grandioso.
    O prolongamento até a arena do Grêmio é para fechar o rombo.
    No último grenal houve uma briga entre os torcedores e uma quebradeira geral no trem 109 da Trensurb. Praticamente todos os vidros das janelas e portas foram quebrados. O trem foi retirado de circulação consertado e voltou a circular.
    Caso a insanidade deste prolongamento aconteça e ocorra o mesmo com o aeromóvel, como as portas laterais são muito frágeis acontecerão muitas mortes, torcedores cairão de uma altura de 5 metros e não haverá possibilidade de substituição do veículo.
    É ou não uma preocupação razoável?
    Alem do mais o sistema aeromóvel é para baixa demanda e não para torcedores transloucados e em grande quantidade.

    Curtir

  6. O que me preocupa, e muito, é a situação em que o veículo pare no meio do trecho.
    Caso isso aconteça abre-se a uma porta frontal, a pessoa sobe uma escada e pula até a via com mala e cuia.
    Uma pessoa com deficiência de locomoção, um deficiente visual ou idoso não poderá sair do veículo e terá que aguardar que o problema seja resolvido e poderá perder o voo.
    Caso a pessoa tenha condições de pular, se tiver ventando muito forte não pule pois cairá do viaduto.
    Caso não esteja ventando forte pule e caminhe até seu destino, mas com cuidado, pois o viaduto é muito estreito.
    Caso, por engano, a pessoa abra a porta lateral, cairá de uma altura de 5 metros.
    Os engenheiros da Aeromóvel Brasil disseram que não há possibilidades de que o veículo pare, mas caso aconteça faz parte da vida. Acreditem, ouvi com estes ouvidos que a terra há de comer.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: