Binário Praia de Belas e Borges começa a funcionar na sexta-feira (atualizado)

Avenidas de Porto Alegre terão sentidos únicos e opostos para ampliar a segurança e fluidez do tráfego

imagem136128

imagem136127

A partir das 9h desta sexta-feira, 20, começa a operação do binário das avenidas Praia de Belas e Borges de Medeiros. O prefeito José Fortunati e o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, irão liberar o trânsito na região (retirando cavaletes nas imediações do viaduto Dom Pedro I, próximo ao Praia de Belas).

O objetivo do binário (duas vias paralelas com sentidos únicos opostos) é ampliar a segurança da circulação e melhorar a fluidez do tráfego, entre os viadutos dos Açorianos e Dom Pedro I. A partir de agora, a av. Borges de Medeiros terá sentido único a partir do Viaduto dos Açorianos em direção à Padre Cacique (Centro-bairro). Na av. Praia de Belas, o fluxo será no sentido oposto, no mesmo trecho. Ao todo, serão seis faixas de circulação de veículos por sentido.

A expectativa é de que mais de 15 mil veículos, que circulam somente nos cruzamentos e durante os horários de pico, sejam beneficiados com a qualificação. Além de ampliar a capacidade das vias e dos entroncamentos, a nova configuração do trânsito pretende aumentar a segurança das travessias de pedestres, reduzindo os conflitos.

A região recebeu recentemente ações de engenharia viária por parte da prefeitura, como a implantação de novas estações de ônibus ao longo da av. Padre Cacique e conclusão do viaduto Abdias do Nascimento. “As avenidas Praia de Belas e Borges de Medeiros são vias de intenso fluxo, utilizadas como caminho para a área central ou zona Sul, e com essas medidas esperamos qualificar a circulação para pedestres, transporte público e veículos particulares”, afirma Vanderlei Cappellari, diretor-presidente da EPTC.

Novas faixas de segurança – O projeto viário do binário foi elaborado pela EPTC e totaliza 17 novas faixas de segurança com semáforos, ao longo das avenidas. Anteriormente, eram sete pontos de travessias seguras.

Mudanças no Transporte Público – Cerca de 30 linhas de ônibus que circulavam na av. Borges de Medeiros, em direção ao Centro, serão deslocadas para a Praia de Belas. Já 12 linhas que acessam o corredor de ônibus da Cascatinha pela av. Praia de Belas, no sentido Centro-bairro, passarão a utilizar a Borges de Medeiros para acessar a faixa exclusiva.

As linhas 176 – Serraria/rodoviária, 176.1 – Serraria/Ouriques e 178 – Praia de Belas terão mudanças mais significativas em seus itinerários. A partir da av. Loureiro da Silva, elas vão acessar diretamente a Borges de Medeiros, não circulando mais pelas ruas José do Patrocínio e República.

A linha T7, sentido Norte-Sul, após o Viaduto dos Açorianos, seguirá pela av. Borges de Medeiros, e não mais pela av. Praia de Belas, até o terminal Sul. No sentido Sul-Norte, passará a utilizar a av. Praia de Belas, ao invés da av. Borges de Medeiros.

Os ônibus T2, T2A e T5 acessarão a Praia de Belas, não mais a Borges de Medeiros, e seguirão no mesmo terminal, na rua Peri Machado. As linhas de lotação, sete ao todo, apenas acompanharão as mudanças de sentido das vias, passando a atender a avenida Borges de Medeiros, no sentido Centro/bairro, e Praia de Belas, no sentido bairro/Centro.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:

14 respostas

  1. Isso pode se tornar uma solução para o meu trajeto para a faculdade, ou o grande problema.
    Quero só ver.

    Curtir

  2. Alguém ouviu falar sobre a parte referente ao acesso ao bicicletário do praia de belas pela ciclovia da Ipiranga?? Agora com o binário o ciclista teria que ir até a Borges e contornar o shopping e pegar a praia de belas pra poder chegar na rua que dá acesso ao edifício garagem. Me parece que tinha algo relacionado com esse acesso nas obras do binário, mas não vi falar mais nele depois do inicio da obra.

    Curtir

  3. quero ver o trecho da praia de belas entre aureliano e borges no pico da manha

    Curtir

  4. 1 – Que mapas bem porcos e mal detalhados. Não tenho a mínima ideia de como ficarão os retornos e cruzamentos ao redor e sob o viaduto com a José de Alencar. Onde estão os engenheiros e arquitetos da prefeitura?

    2 – Me parece que o trecho da Ipiranga entre o binário vai ser um grande gerador de engarrafamentos.

    3 – E o corredor de ônibus conectando com o da Padre Cacique?

    Curtir

  5. Onde que haverá seis pistas no sentido Bairro-Centro no trecho da Praia de Belas entre a Ipiranga e o viaduto dos açorianos?

    Atualmente temos no trecho da região do IPERGS/TJRS/DAER/Pão dos Pobres/Corpo de Bombeiros (leia-se, entre a Loureiro da Silva – vulgo Perimetral – e a Ipiranga):

    3 pistas sentido Centro-Bairro (Borges)
    3 pistas sentido Bairro-Centro (Borges)
    1 pista sentido Centro-Bairro (Praia de Belas)
    1 pista sentido Bairro-Centro (Praia de Belas)

    Totalizando:
    – 4 pistas sentido Centro-Bairro
    – 4 pistas sentido Bairro-Centro

    Mas com o Binário teremos:
    – 6 pistas sentido Centro-Bairro (todas as pistas da Borges)
    – 2 pistas sentido Bairro-Centro (todas as pistas da Praia de Belas)

    Ou seja, o sentido Bairro-Centro terá 1/3 (um terço) de pistas do que o sentido contrário! E se alargarem a Praia de Belas naquele trecho criando mais uma pista ai, ainda assim seriam 3 pistas contra 6 pistas do outro sentido. Ali na Praia de Belas naquele trecho nunca terá seis pistas. Ficará algo totalmente desigual.

    Curtir

    • Exato, foi a primeira coisa que me chamou a atença. Será que vão proibir que se estacione na Praia de Belas, estabelecendo 3 ou 4 pistas no trecho entre a Ipiranga e o viaduto.?

      Curtir

      • Mas naquele trecho já é proibido o estacionamento desde sempre, não há mais espaço para novas faixas. Só haveria mais espaço se retirassem completamente os pátios das residências do até então lado “centro-bairro” da Praia de Belas e ainda assim jamais a Praia de Belas obterá seis faixas como a Borges passou a ter.

        Curtir

  6. Para quem quer ir ao Centro pela Praia de Belas e escapar dos congestionamentos causados pela pista estreita, o jeito vai ser pegar a Ipiranga à esquerda e ir pela avenida paralela à Edvaldo Pereira Paiva (nem sei se já deram nome pra essa via).

    Curtir

  7. Todos os jornais de hoje (e na verdade desde sempre) repetem como se fosse um “mantra” que o binário terá seis faixas em cada sentido.

    Fica então a pergunta: agora que de fato foi inaugurado, realmente passou a ter efetivamente seis faixas por sentido? Não param de ilustrar matérias jornalísticas com foto do trecho construído no meio da praça do rotary pra ligar o viaduto do início da josé de alencar/padre cacique/borges com a praia de belas, mas as reportagens nunca mostram fotos do trecho que dizem que agora tem seis faixas no sentido bairro-centro na Praia de Belas agora de sentido único. Ninguém vai retratar tal milagre em foto? Queria muito que ZH e o CP ilustrassem esse trecho em fotos, sinalizando onde estão essas seis faixas, que não consigo ver de jeito nenhum. Seria tipo ouro de tolo, que só os inteligentes vêem?

    Curtir

    • *Obs.: me refiro ao trecho da Praia de Belas entre a estação de energia da CEE/Batalhão da BM (junto à Ipiranga) e o Pão dos Pobres.

      Curtir

  8. Um verdadeiro caos. Uma mudança no trânsito sem qualquer sentido racional e que em nada melhora o fluxo de veículos na capital. Aliás, fizeram uma baita propaganda para um “obra” porca, sem qualquer planejamento. Os próprios mapas da região não são explicativos. O viaduto da José de Alencar virou algo completamente inútil naquela via, sem sentido algum de existir. E o que é aquele canteiro central ??? Ele te proíbe de mudar de pista para acessar alguma via ou até mesmo o comércio local. É o verdadeiro improviso que a EPTC tanto gosta de aplicar. Tudo com o único objetivo de economizar gastos com obras viárias realmente necessárias. 6 pistas viram 3 pistas, 2 pistas viram 1, etc. Mais uma vez a prefeitura e a EPTC lavam as mãos das suas reais responsabilidades de manutenção do trânsito da capital com o inúmeros impostos cobrados. Aliás, o trânsito de Porto alegre está totalmente defasado em termos de quantidade de vias e o crescimento no número da frota de veículos. Que vergonha! E isso que nem estamos falando em sustentabilidade… Será que a prefeitura e a EPTC não deveriam consultar antes a população sobre a real necessidade de uma palhaçada dessas?! Resta continuar sonhando com o metrô… A ÚNICA e verdadeira forma de melhorar o trânsito e a vida da população porto alegrense. O resto é só improviso!! Mas enquanto não houver comprometimento com essa questão por parte dos gestores, nunca vai sair esse metrô. Hoje, na minha opinião, fortunati está com nota zero.

    Curtir

    • Já se percebe que não sabe nada quando diz que o metrô solucionaria o problema da cidade. Me explica aí como um metrô na zona norte pode ajudar o tráfego na zona sul. Metrô seria útil se existisse 5 linhas dele. Mas acho que tu esqueceu que tu mora num país subdesenvolvido, num estado pobre e numa cidade falida.

      Dê tempo ao tempo, e depois tu analisa se o binário foi útil ou não. Tirar conclusões precipitadas é mera burrice.

      Curtir

      • 1- Se eu estou falando sobre o binário da praia de belas e sobre a mobilidade urbana da zona sul, obviamente que estou me referindo à construção de um linha do metrô para essa região, interligada com outras linhas. Não estou me referindo somente ao projeto de metrô da zona norte. Esse é um erro de leitura teu.

        2- Esse argumento de que o Brasil é um país subdesenvolvido já está ultrapassado. Somos um dos países com a maior carga tributária do mundo. O que realmente falta é uma boa gestão pública. Há muito conformismo. Perdemos muito tempo e dinheiro com a burocracia do estado. Projetos atrasados, verbas mal destinadas, licenças não liberadas… Essas são apenas algumas das dificuldades que contribuem para o encarecimento das obras públicas.

        Sim, construção de linhas de metro é algo caríssimo, porém não deixa de ser algo essencial para o futuro de uma cidade. A simples criação de um fundo para destinar verbas para esse projeto já seria algo positivo. O que não podemos é ser conformistas.

        Curtir

  9. “Vai ter seis faixas em cada sentido”

    Hoje:
    6 faixas C>B (todas na Borges)
    6 faixas B>C (todas na Praia de Belas)

    Antes:
    6 faixas C>B (3 na Borges + 3 na Praia de Belas)
    6 faixas B>C (3 na Borges + 3 na Praia de Belas)

    Trocaram seis por meia dúzia. Literalmente.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: