Binário das avenidas Borges e Praia de Belas está em operação

Mobilidade entre Centro e zona Sul é qualificada com sentido único nas vias   Foto: Ricardo Giusti/PMPA

Mobilidade entre Centro e zona Sul é qualificada com sentido único nas vias   Foto: Ricardo Giusti/PMPA

Agilizar o deslocamento entre a zona Sul e o Centro de Porto Alegre e ampliar a estrutura de segurança aos pedestres é o objetivo da implantação do binário entre as avenidas Borges de Medeiros e Praia de Belas, que começou a operar às 9h desta sexta-feira, 20. A nova configuração dá sentido único às vias no trecho entre os viadutos da Dom Pedro I e dos Açorianos: a Borges segue do Centro ao bairro e a Praia de Belas, do bairro ao Centro. A obra tem como benefício ainda a ampliação da área verde na praça Rotary, que ganhou mais 2,1 mil m². Clique aqui para acessar os mapas.

Ao todo, serão seis faixas de circulação de veículos em cada sentido que irão beneficiar mais de 15 mil veículos que passam pelos cruzamentos e nos horários de pico. Também foram ampliadas de 7 para 17 as travessias seguras para os pedestres. As obras são executadas com base no planejamento da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), a partir de contrapartida do empreendedor a investimento no Praia de Belas Shopping.

De acordo com o prefeito José Fortunati, que acompanhou o trabalho dos agentes da EPTC na liberação do trânsito, a obra é fundamental para a região e para a cidade. “São vias muito importantes porque fazem a ligação entre dois grandes bairros, Menino Deus e Cidade Baixa e, também, porque impactam positivamente a região que vai da zona Sul até o Centro da Cidade”, disse. Fortunati lembrou que a implantação do sentido único, ao mesmo tempo em que melhora o fluxo de veículos, dá maior segurança ao pedestre. “Quem transitava por aqui ficava vulnerável. As travessias estão mais seguras e, também, com total acessibilidade”, acrescentou.

Sustentabilidade e segurança – Em função da nova configuração, foram retirados mil m² da praça Rotary, junto ao viaduto Dom Pedro I, que foram compensados com novos 3,1 mil m² do outro lado da área, junto à Praia de Belas. De acordo com o presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, a região também recebeu novas estações de ônibus ao longo da av. Padre Cacique e a conclusão do viaduto Abdias do Nascimento. “Era um projeto que vinha sendo estudado há 10 anos pela equipe técnica da EPTC. O binário organiza melhor o trânsito e amplia a segurança do pedestre. Esta região é muito atrativa ao cidadão que circula à pé, principalmente nos finais de semana. Pensamos no fluxo de veículo, mas, como prioridade, o cidadão”, disse Cappellari, ao lembrar que na obra prevê a BRT Zona Sul.

A região ganhou nova sinalização para orientar sobre as mudanças, inclusive nos acessos na região dos bairros Menino Deus e Praial de Belas. No período de consolidação do binário, a equipe da EPTC realizará o monitorando da ciruclação de veículos para realizar eventuais ajustes necessários, como alteração nos tempos dos semáforos. Agentes de trânsito seguirão atuando na região para orientar pedestres e motoristas.

Alterações no transporte públicoCerca de 30 linhas de ônibus que circulavam na av. Borges de Medeiros, em direção ao Centro, são deslocadas para a Praia de Belas. Já 12 linhas que acessam o corredor de ônibus da Cascatinha pela av. Praia de Belas, no sentido Centro-bairro, passam a utilizar a Borges de Medeiros para acessar a faixa exclusiva. 

As linhas 176 – Serraria/rodoviária, 176.1 – Serraria/Ouriques e 178 – Praia de Belas têm mudanças mais significativas em seus itinerários. A partir da av. Loureiro da Silva, elas acessam diretamente a Borges de Medeiros, não circulando mais pelas ruas José do Patrocínio e República. 

A linha T7, sentido Norte-Sul, após o Viaduto dos Açorianos, seguirá pela av. Borges de Medeiros, e não mais pela av. Praia de Belas, até o terminal Sul. No sentido Sul-Norte, passará a utilizar a av. Praia de Belas, ao invés da av. Borges de Medeiros. 

Os ônibus T2, T2A e T5 acessarão a Praia de Belas, não mais a Borges de Medeiros, e seguirão no mesmo terminal, na rua Peri Machado. As linhas de lotação, sete ao todo, apenas acompanharão as mudanças de sentido das vias, passando a atender a avenida Borges de Medeiros, no sentido Centro/bairro, e Praia de Belas, no sentido bairro/Centro.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:,

8 respostas

  1. Nesse link abaixo dá pra ver na reportagem do Jornal do Almoço que o trecho da Avenida Praia de Belas na esquina com a Avenida Aureliano só tem três faixas (e uma pequena faixa de acesso para conversão à esquerda rumo ao Gasômetro, que só foi feita na praça vizinha ao Corpo de Bombeiros e que não segue adiante após cruzar a Aureliano no sentido Bairro-Centro).

    Ou seja, o sentido Centro-Bairro (Toda a Borges) possui muito mais faixas do que o sentido inverso na Praia de Belas, afunilando o fluxo rumo ao Centro, que já era crítico.

    É possível dar um print na imagem para ilustrar o que eu digo.

    http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/jornal-do-almoco/videos/t/porto-alegre/v/saiba-principais-mudancas-no-transito-causadas-pelo-binario-em-porto-alegre/3980784/

    E a repórter ainda ficou na parte que nem foi afetada pelo binário. Foi ilustrar uma matéria com link ao vivo e não se posicionou no local onde ela ocorreu.

    Curtir

  2. O melhor da matéria: “Era um projeto que vinha sendo estudado há 10 anos pela equipe técnica da EPTC.”, disse Cappellari.
    10 anos! Ele fala isso com felicidade? Do tipo “Estamos há 10 anos pensando em vocês”?

    Curtir

  3. Quero saber se funcionou bem o binário, principamente no sentido bairro_centro. Pois a avenida praia de belas após a Aureliano F. Pinto fica bastante estreita (Somente três faixas).

    Curtir

  4. Eles “inauguraram” o binario e nao deu tempo de pintarem as faixas??

    Curtir

  5. Pessoal insiste na comparação da quantidade de pistas da Praia de Belas esquecendo que a Borges contará com corredor de ônibus, estreitando a avenida.

    Curtir

    • Mas ainda assim a Borges terá mais faixas (“pistas”) do que a Praia de Belas.

      Curtir

    • A Prefeitura e a Imprensa apontam que são seis faixas/”pistas” no sentido Centro-Bairro e mais outras seis faixas/”pistas” no sentido Bairro-Centro. Eu queria muito ver uma foto oficial indicando onde estão estas doze faixas/”pistas” totais ali, principalmente no que se refere à Praia de Belas (trecho entre a Ipiranga e o Pão dos Pobres). Mais faixas ali eu só consigo ver as que criaram para pedestres. Hehe. Seria muito didático e esclarecedor se eles demonstrassem isso claramente. Nem espaço físico há naquele trecho da Praia de Belas para fazer isso uniformemente de ponta à ponta desde a Ipiranga até o Pão dos Pobres.

      Curtir

  6. É um total absurdo o afunilamento da Praia de Belas entre Ipiranga e Viaduto dos Açorianos. Qualquer projeto decentemente pensado, alargaria o trecho em questão. Tal trecho já tem recuo viário, ou seja…é só executar o alargamento. Mas os 10 anos de lucubrações e meditações do nosso brilhante Capelari, não foram suficientes para que se fizesse o óbvio ululante. Coisas de um poder público despiciendo.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: