Dirigente revela que reforma do Beira-Rio motivou até grupo dos EUA

Inter recusou proposta porque empresa não apresentou documentos necessários para a seleção

Luís Anápio Gomes revelou que reforma do Beira-Rio motivou até grupo dos EUA Crédito: Reprodução CP

 O Inter está próximo de ter, finalmente, a minuta do contrato com a Andrade Gutierrez pronta para ser analisada pelo Conselho Deliberativo e assinada. A reforma do Beira-Rio é um negócio tão atraente que surgiram interessados até nos Estados Unidos, como prova o documento obtido pelo Correio do Povo.

Por meio dele, a Comissão de Obras não concede prazo extra para que uma empresa dos Estados Unidos pudesse apresentar uma proposta alternativa. “Infelizmente, não podíamos abrir exceção. Além disso, essa empresa não conseguiu mostrar os documentos necessários para habilitar-se a participar do processo de seleção”, lembra o presidente da Comissão de Obras, e também 1 vice-presidente do Inter, Luis Anápio Gomes.

A expectativa é que o contrato com a Andrade Gutierrez esteja pronto na próxima semana. Então, será remetido para a análise dos conselheiros e, em seguida, votado. As obras do estádio estão paralisadas desde maio.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014

Tags:,

4 respostas

  1. Colorados vamos reformar o Beira-Rio???? Sem dinheiro vindo, não sei de onde.

    Curtir

  2. Alguém acredita na existência dessa firma?

    O pastelão colorado está cada vez pior…

    Curtir

  3. “a Comissão de Obras não concede prazo extra para que uma empresa dos Estados Unidos pudesse apresentar uma proposta alternativa”

    Ah tá… estão atrasados desde maio e não permitiram que uma concorrente se habilitasse… aí tem coisa…

    Curtir

  4. Uma firma americana ganharia a consecao pra construir, construiria na metade do tempo e com qualidade AMERICANA vastamente superior em construir estadios.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: