Dilma determina que Rebelo atue nas negociações das obras do Beira-Rio

Ministro do Esporte já manifestou insatisfação com demora na assinatura do contrato entre Inter e AG

A presidente Dilma Rousseff determinou a intervenção do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, nas negociações para a continuidade das obras de reforma do Beira-Rio. Pessoas próximas a Rebelo confirmaram que o ministro está preocupado com a demora na assinatura do contrato entre Inter e Andrade Gutierrez.

O medo da presidente Dilma é que, com esse imbróglio, a Fifa descarte Porto Alegre como sede da Copa do Mundo de 2014, já que a Arena do Grêmio não é vista como plano B para o Mundial. Ainda que o estádio esteja com as obras adiantadas, os recursos para a revitalização do bairro Humaitá não devem ser liberados em 2012, apesar dos esforços do secretário de Gestão da Capital, Urbano Schmidt.

Em novembro, o ministro havia afirmado que as obras do Beira-Rio eram as mais atrasadas. “O Inter precisa assinar o contrato, pois se não houver mais atraso, ainda é possível recuperar o tempo perdido,” disse. Neste mês, no entanto, Rebelo assegurou que as obras fundamentais já haviam sido feitas ao vistoriar o Beira-Rio, em Porto Alegre. ” Isso demonstra que qualquer tipo de ameaça do estádio ficar de fora da Copa por conta de atraso na assinatura de contrato para a retomada das obras está descartada”, frisou o ministro.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014

Tags:

%d blogueiros gostam disto: