Romário alfineta Ronaldo na CBF e prevê “vergonha” na Copa

Romário ironizou pretensão de Ronaldo de assumir a CBF após a Copa de 2014
Foto: Getty Images

Um dos principais críticos à organização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, o deputado federal Romário (PSB-RJ) voltou a atacar a atuação do governo e da Fifa nas preparações para o torneio. Segundo a colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, o ex-atacante declarou à revista Rolling Stone que o País vai “passar vergonha” no Mundial.

Romário também alfinetou seu ex-parceiro de Seleção, Ronaldo, hoje membro do Comitê Organizador Local (COL) do Mundial, dizendo que o ex-jogador do Corinthians cogitou assumir a presidência da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), mas só depois que passar a “confusão da Copa”. “Assim é fácil”, criticou o deputado. Ele ainda afirmou que ganhou credibilidade de quem achou que seria “mais um bobalhão que entrou na política para defender causas perdidas ou roubar”.

PORTAL TERRA – ESPORTES



Categorias:COPA 2014

Tags:, ,

20 respostas

  1. Quem ganhará com a Copa no Brasil?

    O povo? A nação? Não! Serão os políticos e seus cumparsas.

    Ora, ora quem diria, o “baixinho está mais que certo, o Ronaldo aproveitando-se da oportunidade, afinal de oportunista ele tem tudo!

    Jogava um bolão, mas nesta ele está jogando a bola pro mato, quer virar cartola tipo Ricardo Teixeira! Imaginem quanto ele está faturando como garoto-propaganda?

    Lamentável quando pessoas vão para o lado escuro da fôrça, tipo “Guerra nas Estrêlas!”

    Curtir

  2. Uma coisa é pujança de uma economia (a Chinesa, por exemplo) outra coisa é a imagem da mesma para o consumidor estrangeiro. Voltando a China, seus produtos eram conhecidos como cópias e produto da exploração da mão de obra, hoje em dia as pessoas não tem medo de comprar um produto Chinês como um automóvel. Isto não se consegue sem a visibilidade do país.

    O problema é que vocês todos, tão preocupados em falar mal do Lula, da Dilma, do PT e de todo o sistema político brasileiro, não reconhecem que a imagem do Brasil no exterior está mudando, e esta mudança dá confiança tanto ao consumidor internacional como o investidor!

    Podem falar mal o quanto quiserem, mas não fechem os olhos a mudança da imagem, pois quem está construindo isto não foi FHC, Lula ou Dilma, somos nós mesmos!

    Curtir

    • A imagem do Brasil mudou e ainda está mudando não por causa da cara pseudosimpática do Lula e nem por causa da Dilma, mas por causa da estabilidade econômica implantada pelo FHC quando este ainda era Ministro do Governo Itamar Franco. Todas as demais mudanças vieram graças ao Plano Real, bem como aos projetos sociais implantados pelo FHC e usurpados pelo Lula. Desde então a vida segue o barco, colhendo-se o que foi plantado lá trás e, não na era, Lula. Essas coisas não se colhem da noite para o dia.

      E a população tem ainda MUITA rejeição aos produtos chineses, até aos veículos. Conheço “n” pessoas que preferiram carros mais pelados ou de uma categoria supsotamente abaixo do que a comprar carros chineses e, como leitor assíduo das mais diversas revistas automotivas especializadas, já ví inúmeras reclamações sistemáticas sobre os defeitos mais básicos possíveis, inclusive da mecânica ao acabamento com falhas até de rebarbas e problemas de encaixe de peças, bem como a ausência delas nas autorizadas. Tem sido uma grande dor de cabeça para muitos que se aventuraram.

      Curtir

      • É verdade, sem a estabilização da economia continuaríamos sendo um dos países mais exôticos do mundo.

        Curtir

    • Eu acho lamentável que a discussão está partidarizando. Olha, te desafio a achar um post meu criticando partidos, etc. A imagem do Brasil vem melhorando lá fora não por causa de uma copa. Aliás, espero que roubalheira que vai sair dessa copa apareça, precisamos dessa crítica.

      A imagem do brasil tem melhorado por um simples motivo: estamos crescendo economicamente e distribuindo melhor nossa renda. O segundo é parte da causa do primeiro, e honestamente? No fundo tudo é dinheiro, importante mesmo é o crescimento econômico.

      Os produtos da china vem sendo cada vez mais bem vistos por que eles investiram muito em infra, pesquisa e qualificação da mão-de-obra. Ainda tem muito o que fazer, mas melhorou muito e eisso reflete nos produtos. Se viesse escrito “made in Brazil” num cantinho do meu iPhone eu ia achar que esse país sabe produzir. Agora associar essa melhoria de imagem a uma olimpíada…

      Curtir

  3. Blatter pira

    Curtir

  4. Sou contra muita coisa que está ocorrendo por conta desta futura Copa (e nas Olimpíadas, também), mas ao meu ver estas declarações do Romário estão me cheirando um grande despeito. Talvez ele tenha pensado que o governo lhe daria algum cargo importante, e como não conseguiu nada….
    Quanto o país passar vergonha, acho uma enorme besteira, na África do Sul, houveram sérios problemas de organização, nem por isto eles passaram vergonha.
    Vergonha, por exemplo, em termos futebolísticos foi a copa nos USA que colocou jogos quase ao meio dia (no verão), prejudicando o espetáculo em nome dos negócios. Agora isto todo mundo esquece, parece que para ter uma boa copa esta só pode ser no Hemisfério Norte!

    Também não falo de copas passadas, como na Itália de Mussolini ou na Inglaterra onde fizeram tudo (o legal e o ilegal), para o time da casa ganhar, isto que é vergonha, o resto é perfumaria.

    Curtir

    • Corrupção e superfaturamento em obras, que poderiam estar em outras áreas, como na saúde, não é perfumaria. Não sou contra a Copa, mas contra a gastança desenfreada e desregrada nela.

      Curtir

    • Realmente achas que a copa fez tanta diferença pra imagem da china no exterior? Sei não, para mim o que engradeceu a china nos últimos anos é a quantidade de dinheiro que ganhou virando o grande setor industrial do mundo. Exemplo de investimento em infra estrutura. As obras subutilizadas da copa vão de encontro a isso, por sinal.

      Curtir

      • Exatamente, e a China já tem a impressionante Shangai e diversas outras mega-cidades que já servem pra mostrar esse poderio econômico, organizador e construtivo. Essas olimpíadas foram mais para se aproximar um pouco do ocidente e com isso melhorar um pouco a imagem e assim vislumbrar novos negócios decorrentes de uma imagem mais amigável criada dessa aproximação. Ali a visão foi outra, quebrar as últimas barreiras preconceituosas em relação á exótica China através dessa aproximação mediante sediamento de jogos amistosos, o que traz esse ar de ameninades, para então engolirem de vez o ocidente e o mundo em geral. Ali não tem bobo não.

        Curtir

      • O povo em geral talvez nem saiba a onde fica Shangai, muito menos a infra-estrutura chinesa.

        Curtir

        • Então, só por isso que as olimpíadas forma feitas, para aproximar os chineses do resto do mundo para depois eles poderem nos engolir. A finalidade das olimpíadas foi justamente criar essa imagem amigável e acabar com as barreiras e preconceitos. O objetivo não foi demonstrar o poderio organizacional e construtivo deles, pois isso não cabe á população em geral avaliar, mas sim aos empresários e investidores ocidentais e esses conhecem muito bem as cidades chinesas, nem que seja pela web e jornais.

          Curtir

        • O povo que não sabe onde fica shanghai não influencia nos negócios da china. Nem viaja para lá e continua não fazendo diferença depois da copa.

          Curtir

  5. Bah, pra ver como estamos mal de representantes, podemos constatar que o Romário (que nunca foi modelo de nada e nem a treinos futebolísticos ele frequentava quando o futebol era o seu ganha pão) é a nossa única voz política que se manifesta contra as barbaridade que vem sendo cometidas referentes à Copa. O resto é só oba-oba e pão-e-circo. Por isso que o Brasil é Brasil e assim sempre será, como todos os “ils” possíveis.

    Curtir

    • Paulo Roberto

      A China nas últimas Olimpíadas gastou a rodo, agora estão como uma infraestrutura de esportes totalmente não aproveitada, porém a imagem que a China deixou ao mundo, tem em retorno como propaganda da indústria e da capacidade chinesa, que jamais, mas jamais mesmo, conseguiriam de outra forma.
      Eventos como estes são um mico para qualquer país, mas o retorno a LONGO PRAZO É ASSEGURADO, temos que perder esta noção puramente contábil de lucro instantâneo, e pensar na repercussão na imagem do País.

      Curtir

      • A crítica é a (des)organização na condução das obras e preparativos dessa copa. Tudo parece perfeitamente orquestrado para atender à interesses excusos, às custas do mal-estar da população. Bagunça, desleixo, incompetência, corrupção, gastança, superfaturamento..

        Curtir

  6. O Romário achou uma boa forma de ficar sempre na mídia: criticar a Copa.
    Melhor seria se ele parasse de falar e trabalhasse pelo sucesso do evento.

    Curtir

    • O que exatamente tu queres que ele faca? Vire massa, trabalhe de pedreiro, carregando vigas ou pintando os estadios que nao estao feitos ainda???

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: