Copa: 40 técnicos da Fifa vistoriam obras do estádio Beira-Rio

Bosco destacou o empenho de Porto Alegre para ser a melhor cidade-sede  Foto: Luciano Lanes / PMPA

Bosco destacou o empenho de Porto Alegre para ser a melhor cidade-sede Foto: Luciano Lanes / PMPA

Nesta terça-feira, 8, o gerente geral de Operações do Comitê Organizador Local (COL), Tiago Paes, e o chefe do escritório da Fifa no Brasil, Cris Unger, juntamente com uma equipe de cerca de 40 pessoas, se reuniram com técnicos da prefeitura, governo do Estado, Internacional, Brio e Andrade Gutierrez no Estádio Beira-Rio, para reuniões durante todo o dia. A comitiva foi recepcionada pelo secretário extraordinário da Copa, João Bosco Vaz, e pelo coordenador do Comitê da Copa pelo Governo do Estado, Kalil Sehbe. (fotos)

Bosco, que estava representando o prefeito José Fortunati, falou da identidade da Capital com o futebol e do trabalho que vem sendo feito para a realização de uma excelente Copa do Mundo. “Somos a terra de grandes ídolos como Felipão, Dunga e Ronaldinho Gaúcho e estamos focados para que Porto Alegre seja a melhor cidade-sede da Copa”, disse o secretário. Na abertura, Cris Under falou da expectativa para o dia de trabalho. “Acredito que tudo será resolvido nessa visita, e que não será necessária uma nova Inspection Tour, tendo em vista que os avanços da obra do estádio são evidentes”, destacou. O representante do COL falou da intensa semana de trabalho que a Fifa, o comitê organizador e a cidade-sede estão realizando. “Estamos aqui para verificar como o estádio e a cidade estão se preparando. As visitas iniciaram-se ontem com a visita do secretário geral e irão até esta quarta-feira”, comentou.

Reunião e visita de monitoramento com representantes da Fifa  Foto: Luciana Turela/Divulgação PMPA

Reunião e visita de monitoramento com representantes da Fifa
Foto: Luciana Turela/Divulgação PMPA

Antes de partirem para o tour pelo Estádio Beira-Rio, onde diversos pontos serão analisados, os técnicos acompanharam apresentações das obras e do plano de mobilidade urbana, bem como do andamento da reforma do estádio. No gramado, do local que irá receber cinco jogos da Copa do Mundo, antes da divisão dos grupos de cada área a ser analisada, o grupo se reuniu para uma foto.

Coletiva – Durante coletiva de imprensa, o secretário extraordinário da Copa ressaltou o andamento da reforma do Beira-Rio, com previsão de término para 31 de dezembro e também dos avanços das obras do entorno. “As intervenções feitas nas Avenidas Padre Cacique e Edvaldo Pereira Paiva e na construção dos BRTs estão 70% concluídas”, explicou Bosco. Ressaltou ainda as exigências da entidade máxima do futebol para a realização da Copa do Mundo na cidade. “A Fifa pede três coisas à sede: aeroporto, estádio e seu entorno”, explicou. Em relação ao Salgado Filho, o secretário falou que, em função da ampliação da pista não ocorrer até a Copa do Mundo, as delegações irão desembarcar na Base Aérea de Canoas, que está em reformas para receber esse público.

Bosco comentou ainda a preocupação com a propagação do sinal 4G durante o Mundial. “Porto Alegre tem que se adaptar às novas tecnologias. Precisamos oferecer acesso à internet e à telefonia de qualidade para auxiliar o trabalho dos jornalistas do mundo inteiro que virão à Capital para a cobertura dos jogos”, enfatizou, ao salientar o investimento de R$ 300 mil feito pelo Governo Federal na área para a colocação de antenas que ajudam nessa melhoria das telecomunicações.

Prefeitura de POA



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:, , , ,

6 respostas

  1. E o Gigantinho, hein? Vai continuar com aquela cobertura pintada como um desenho de gomos de bola Topper dos anos 1980?

    Curtir

    • Esse é o piso antigo. As paradas da Bento há vários anos tem a pista de ônibus concretada e na reforma atual, preservaram esse concreto antigo.

      Curtir

  2. Base Área? Mas que beleza!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: