Cerimônia marca o início das obras do aeromóvel em Porto Alegre

Com custo total de quase R$ 30 milhões, serviço entrará em funcionamento no primeiro trimestre de 2012

Tiveram início nesta segunda-feira as obras para construção do aeromóvel que vai ligar a Estação Aeroporto da Trensurb ao terminal de passageiros do Aeroporto Internacional Salgado Filho, numa cerimônia que reuniu autoridades e imprensa e mostrou todo o projeto. A via elevada deve estar concluída até dezembro. A Trensurb quer iniciar os testes operacionais com os dois veículos já em janeiro e o funcionamento do serviço no primeiro trimestre de 2012.

A etapa da via elevada compreende a execução das obras civis da estrutura de 998 metros, incluindo as fundações, pilares e vigas do sistema, com investimento previsto de R$ 7,2 milhões. O custo total é de quase R$ 30 milhões. De todas as fases previstas em edital, um terço já foi executada. O ministro das Cidades, Mario Negromonte, destacou o ineditismo do empreendimento. “Trata-se de tecnologia brasileira e gaúcha que pretendemos levar para outras capitais e países”, disse ele.

“Os primeiros estudos foram realizados na década de 1960. O maior desafio do projeto era provar-se viável técnica e economicamente. Trata-se do menor custo energético comparado com outros meios, três vezes menor que o trem e cinco vezes mais econômico que o automóvel”, assinalou o empresário Oskar Koester, diretor da Aeromóvel Brasil e idealizador do equipamento.

Os dois veículos do sistema, um de 150 lugares e outro de 300, ao custo de R$ 2,8 milhões, devem desembarcar no Rio Grande do Sul em novembro. A última etapa do projeto é a execução das duas estações de embarque e desembarque do aeromóvel. Estima-se a conclusão dessa fase para cinco meses a partir da assinatura do contrato. O valor para ambas as estações é de R$ 2,4 milhões.

Correio do Povo

IMAGENS:

Crédito: Divulgação / Trensurb / CP

 

Crédito: Divulgação / Trensurb / CP

 

Crédito: Divulgação / Trensurb / CP

 

Crédito: Divulgação / Trensurb / CP

 

Crédito: Divulgação / Trensurb / CP

 

Crédito: Divulgação / Trensurb / CP

 

DO SITE DA PREFEITURA:

Porto Alegre terá Aeromóvel em 2012

Serão investidos R$ 29,9 milhões, com recursos do governo federal

Obras em andamento: intervenções civis serão concluídas neste ano Foto: Cristine Rochol/PMPA

A mobilização conjunta da prefeitura, governo do Estado e Trensurb garantiu para Porto Alegre, já em 2012, a operação do Aeromóvel que ligará a Estação Aeroporto da Trensurb ao terminal 1 do Aeroporto Internacional Salgado Filho. O início das obras foi celebrado em solenidade na manhã desta segunda-feira, 15, no canteiro principal da rotatória de acesso ao aeroporto, com a presença do prefeito José Fortunati, do ministro das Cidades, Mário Negromonte, e do presidente da Trensurb, Humberto Kasper. (fotos)

O novo transporte é inovador no âmbito tecnológico, com assinatura gaúcha e ambientalmente sustentável. O trajeto de 998 metros será percorrido em 90 segundos. Os dois veículos, com 150 e 300 lugares, serão dotados de ar-condicionado, acessibilidade universal, espaço para bagagens e portas automatizadas. O investimento soma R$ 29,9 milhões, com recursos federais.

O ministro destacou que o momento é histórico na trajetória do transporte urbano no Brasil. “Essa tecnologia gaúcha servirá de modelo para o mundo inteiro. A harmonia dos governos municipal e estadual facilita muito o andamento dos projetos para Porto Alegre”, disse Negromonte.

Fortunati resgatou que os debates para viabilizar a obra começaram em 2008 na avaliação de investimentos em infraestrutura que marcassem o futuro de Porto Alegre, para inclusão no projeto de preparação para a Copa de 2014. “Começamos a interlocução sobre projetos importantes para ficar como legado à cidade. Com a oportunidade de sediar a Copa do Mundo, Porto Alegre pediu ao governo Federal para que o metrô e o Aeromóvel fizessem parte da preparação da cidade”, lembrou o prefeito.

O prefeito enfatizou que a inovação tecnológica do projeto será utilizada à serviço da integração de modais do transporte na Capital e Região Metropolitana. “O Aeromóvel será para Porto Alegre um marco de inovação e aposta no transporte coletivo como aliado fundamental na qualificação da mobilidade urbana, com especial atenção para os usuários dos serviços”, afirmou.

Conforme o presidente da Trensurb, as obras já estão em andamento e as intervenções civis serão concluídas ainda em 2011. “Até o final do ano concluiremos as obras do elevado, permitindo no começo do próximo a realização dos testes operacionais, começando ainda em 2012 a operação”, manifestou Kasper.

Metrô – Sobre o projeto do metrô de Porto Alegre, o ministro disse que está em fase avançada de estudo pelos técnicos do governo federal. “A prefeitura de Porto Alegre e o governo do Estado foram muito determinados ao manifestar que querem o metrô, que é um sonho para a cidade. Tenho certeza de que logo estaremos aqui para fazer esse lançamento”, avaliou Negromonte.

De acordo com o prefeito, em consequência da complexidade da obra e do volume de recursos envolvidos, o metrô não foi incluído na Matriz de Responsabilidades da Copa de 2014, mas entrou na agenda do governo federal. “Graças ao fato de termos inserido como pleito para a Copa, sensibilizamos o governo para que o metrô começasse a ser discutido seriamente como medida para qualificar a mobilidade urbana de Porto Alegre”, frisou Fortunati.

Participaram da solenidade o engenheiro responsável pela criação, e diretor-presidente da Aeromóvel Brasil , Oscar Coester, o presidente da Câmara Federal, Marco Maia, o presidente da Assembléia Legislativa, Adão Villaverde, o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, deputados federais, estaduais e vereadores.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Aeromóvel, aeroportos brasileiros, COPA 2014

Tags:, ,

25 respostas

  1. Sei que vou ser MUITO criticado com o meu comentário mas la vai rs
    Esse projeto do aeromóvel no aeroporto não e fútil mas eu acho que primeiramente deveria ter sido estudada a reforma e expansão do aeromóvel que tem na frente do Gasômetro, pois ali teria uma utilização maior da população Porto Alegrense.

    Curtir

  2. Por que não divulgam nada sobre a situação da OSPA? O povo quer saber! E o Teatro da OSPA???

    Curtir

  3. Inclusive, a discussão sobre transportes intraurbanos é muito válida nesse post.
    A minha opinião é que devemos, sim, nos basear no primeiro mundo. O processo de migração das pessoas que atualmente não usam o transporte público ocorre no momento em que isso se torna prático. No momento que o ônibus:
    – for mais confortável (tiver ar condicionado)
    – atingir as casas das pessoas
    – for bem divulgado (linhas e paradas)
    os problemas de trânsito estarão a um passo de serem solucionados.
    Uma ideia: http://goo.gl/kq5Sb

    Curtir

  4. O problema dos portoalegrenses é que a maioria é fechada para o que o resto do mundo está acostumado. Usar um sistema de transporte pequeno que ligue os terminais do aeroporto ao grande sistema de metrô da cidade é a coisa mais comum nos países desenvolvidos, incusive quando se está com malas.

    Curtir

  5. As imagens dos terminais são lindas! Só tô esperando cortarem os gastos e mandarem as fotos finais.
    Mas enfim, não acredito que a Trensurb vai fazer uma estação assim pegando como exemplo as estações da zona metropolitana.

    Curtir

  6. Execelente comentário Foltz, e estou totalmente de acordo contigo 🙂
    Temos que pensar nos turistas estrangeiros, mochileiros, que gostam de economia (eu), nos que pegarão o trensurb até o centro e de lá um táxi, quem for receber alguém, enfim, tem muito público e acredito que será um sucesso!

    Curtir

    • Pensar em turistas? haha Temos é que pensar em nós, MORADORES de Poa..que ficaremos aqui depois da Copa. Esse negócio de fazer obrinha pra inglês ver é coisa de quem não tem amor próprio.
      Os mesmos que estão babando ovo pelo aeromóvel, NUNCA vão usà-lo como meio para chegar ao aeroporto. Vão continuar usando o táxi ou indo de carona no carro de parentes e familiares.
      E essa comparação dos sistemas de transporte de países de primeiro mundo com Poa é de um NON SENSE indescritível. Vocês estão totalmente fora da casinha.

      Curtir

      • Isso mesmo Augusto! Os turistas que se explodam, Porto Alegre não precisa dos dolares, euros e etcs deles! A nível de comparação: Meu avô tambem achava inútil o trensurb na época que iniciaram a construção. Dizia que ninguem usaria, que assim como as marias fumaças já estavam em decadencia e o negócio era usar ônibus. Vocês compartilham da mesma opinião! Ele em 1984 e você Augusto em 2011! E como vemos, NINGUEM USA O TRENSURB (estou sendo irônico)

        Curtir

  7. Engraçado que os mesmos que comentam que jamais “pegariam” o Trensurb quando vão pra outros países se esbaldam nos metrôs de outras cidades, muitos deles em condições mais inóspitas que o nosso bom e velho metrô de superfície. Quem usa o Trensurb e o aeroporto (e são muitos!!!) sabe que essa ligação entre eles é essencial, sabe que aquele onibuzinho da Infraero está sempre cheio e que com o trajeto do Aeromóvel ao invés de todos que vierem do metrô terem que atravessar a passarela sobre a Av. dos Estados para ir até os terminais apenas aqueles que queiram ir de um terminal até o outro precisarão atravessá-la! E não é para viajantes cheios de bagagens mesmo. O custo do aeromóvel é alto? Pode até ser (e oque na república dos corruptos, não é?) mas é moderno, bonito, funciona, polui pouco e além do mais (apertem os cintos, gauchada!) é daqui!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: