Metrô em Porto Alegre não sai sem aumento de verba federal, diz prefeito

Prefeito de Porto Alegre participou de reunião convocada por Dilma. Governador também está em Brasília e avalia necessária reforma política

Governo Federal promete investir em transporte público

Governo Federal promete investir em transporte público

A destinação de mais de R$ 50 bilhões para obras de mobilidade em todo o país anunciada nesta segunda-feira (24) poderá ser positiva para Porto Alegre, segundo o prefeito da capital, José Fortunati. Após participar da reunião convocada pela presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto, em Brasília, juntamente com outros 25 prefeitos e 26 governadores, o prefeito disse que, com o aumento dos custos para o metrô, a obra só será concluída se o governo federal aumentar os recursos oferecidos à cidade. Por isso, a verba anunciada deverá servir para esse fim.

“Se não houver aumento de recurso do governo federal, não haverá metrô em Porto Alegre”, declarou em entrevista à Rádio Gaúcha. Ele defendeu ainda que o pacto federativo anunciado para o transporte melhorará o serviço oferecido para os cidadãos e afirmou que, para que o transporte público ser subsidiado, vai sair mais caro ter carro. Segundo ele, essa é a única solução para baratear o custo da passagem de forma permanente.

“Chegou a hora de incentivar o transporte coletivo de qualidade e barato. A conta tem que ser paga. Quem usa o automóvel deve saber disso”, declaro Fortunati.

O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, também participou da reunião convocada por Dilma para responder à série de manifestações que levaram milhares de brasileiros às ruas em protesto contra aspectos da conjuntura política, econômica e a qualidade dos serviços públicos. Também em entrevista à Rádio Gaúcha, ele comentou a proposta da presidente de convocar um plescito para que o eleitorado decida sobre um processo constituinte específico destinado a fazer reforma política. Segundo o governador, não há dúvida da necessidade desta iniciativa.

“Trata-se de uma reforma política para fazer reformas mais profundas. A escassa representatividade dos partidos não acompanhou a evolução das necessidades do povo “, avaliou o governador. De acordo com ele, a presidente garantiu que o plebiscito ocorrerá ainda este ano.

Tarso também explicou que a escolha dos integrantes da câmara constituinte será feito por eleição. “Eu apresentei a proposta de termos candidatos de fora dos partidos. Entretanto, isso será decidido no processo convocatório, tendo consulta plebiscitária”, afirmou.

Na reunião com governadores e prefeitos, Dilma propôs a adoção de cinco pactos nacionais (por responsabilidade fiscal, reforma política, saúde, transporte e educação). A presidente defendeu um combate “contundente” à corrupção e disse que, para isso, é necessário endurecer a legislação, de modo a que a corrupção dolosa seja classificada como crime hediondo, “com penas severas”.

Uma manifestação ocorre na noite desta segunda em Porto Alegre e em pelo menos 10 outros municípios do RS. De acordo com o governador, ações de segurança foram planejadas durante todo o dia para proteger a cidade de novas depredações.

Portal Mobilize Brasil



Categorias:Metro Linha 2

Tags:, ,

25 respostas

  1. E o transporte ferroviário, hidroviário? Atrazo de 200 anos.

    Curtir

  2. Concordo com as opiniões acimas citadas se tem caixa e grandes recursos financeiros para realizar um evento como a copa do mundo, temos sim, que se mobilizarmos e pedir os devidos recursos para a mobilidade urbana de uma grande capital como Porto Alegre cuja população já é superior a mais de 1. 500.000 de habitantes nos seus limites sem mencionar os munícipios vizinhos que fazem parte da região metropolitana. A Linha 2 do metrô é necessária para desafogar uma região que está crescendo muito rapidamente com vários investimentos naquela região da capital.

    Curtir

  3. Fortunati, a grande raposa, já diria o Rogério Maestri.

    Quero ver ele conseguir dinheiro pra metrô sem projeto. Eu se fosse o Governo Federal diria não para ele, até ele apresentar uma proposta que não se baseie somente em render. Que peguem o 1 bilhão que já tem e ponham a mão na massa, oras!

    Curtir

  4. Mais uma vez enrolação.A grande verdade é que não existe capacidade e nem vontade de resolver os velhos problemas,se resolverem os politicos caem no esquecimento e se a população se der conta que não precisa deles,adeus mamata. Observem no viaduto da D.Pedro perto da Assis Brasil tem uma escada rolante quebrada faz quatro anos e a prefeitura eptc inss ia não sei o qque mp não faz nada.

    Curtir

  5. Se existe recursos financeiros para a construção de arenas como o maracanã, mineirão, castelão. fonte nova, arena pernambuco, mané garrincha, itaqueirão será dado de graça para um clube de futebol, então, também tem obrigação de haver verbas para a construção da Linha 2 do Metrô de Porto Alegre. Não existe desculpas para não liberar recursos para a tão sonhada construção de mais uma linha importante para a Zona Norte e que servirá também acessos aos munícipios de Cachoeirinha, Gravataí, Glorinha, Alvorada e Viamão. Se gastarão bilhões para um evento como a copa do mundo para Dona Fifa, então, existe muito dinheiro para as demais necessidades da população. Mãos as Obras Sr. Governo Federal. O Povo EXIGE

    Curtir

  6. Mais caro? Na boa, já é extremamente e suficientemente caro ter carro no Brasil.
    Essa declaração significa que meu paliozinho quebra galho vai ficar insustentável pra mim. Mas, vou confiar nos excelentes políticos e nos seus projetos, tenho certeza que daí sairá um excelente serviço à população, nunca mais precisarei de carro pra me locomover, os ônibus deixarão de ser lotados, o preço será em conta e todos ficarão felizes.

    Curtir

    • Pessoalmente, já compramos os carros mais caros do mundo, não precisamos que eles fiquem mais caros ainda. E não são só os impostos que fazem eles ficarem caros, as margens de lucro no Brasil estão muito acima do que em qualquer outro país, isso que muitos veículos a venda no Brasil estão defasados em décadas.

      Querem criar mais um imposto para os carros? Tudo bem, então limitem a margem de lucro dos fabricantes no Brasil ou algo do gênero,

      Curtir

      • Se diminuir a margem de lucro “elas” vão embora e lá se vão os empregos… Essa é a tática. E o nosso governo, forte como só ele, cede até a bunda dos ministros (ou melhor, do povo)…

        Curtir

      • A idéia é diminuir a demanda de carros para que os preços diminuam. No final a melhoria do transporte coletivo reduzindo a demanda por carros causa redução do preço dos mesmos.

        Curtir

  7. Ta dum tssss! Lá vamos nós novamente. Mais décadas sem metrô!

    Curtir

  8. A maioria da população anda de carro. 100% da população preferiria andar de carro. Porque o transporte público é péssimo. Aí o Sr. Prefeito diz: se querem que transporte público seja um pouquinho melhor e menos caro, quem vai pagar a conta é o cidadão otário que anda de carro. Por isso a classe média fica p.. da cara a ponto de fazer protestos. Quem paga a conta nesse país é só o trabalhador. O cara ganha um salário de dois mil reais e paga imposto de RENDA.

    Curtir

    • Dados do presidente da EPTC:

      – 55% da população de POA usam ônibus, isto é, a grande maioria.

      – Existem “somente” 800mil veículos emplacados de POA (mais 30% que vem da região metropolitana).

      Isto quer dizer que mesmo tendo carro muitos portoalegrenses o deixam na garagem para ir de onibus ou a pé para sua locomoção diária.

      Os motoristas acham que o corredor de ônibus da Sertório está subutilizado. Querem mais uma faixa. Estudo da EPTC mostra que mais gente se locomove de onibus nestas 2 faixas, do que as de carro em 4 faixas.

      Resumindo, é pura falacia falar que “A maioria da população anda de carro”. O governo gasta o dinheiro para atingir a menor parte da população, e para dificultar a vida de quem ainda usa transporte coletivo.

      Curtir

      • 55% não é grande maioria. E isso inclui menores de 18? De qualquer forma mais ou menos metade da população anda de carro. E paga caro pra isso. Quem não anda paga também. O meu ponto é que quem tem que pagar pelo subsídio ao transporte público (que hoje nem existe, praticamente) não é quem tem carro, mas sim quem tem iate, jatinho, etc…

        Curtir

        • Possivelmente nestes 55% está incluso os menores de 18 anos.

          Tem uma grande parte da população que se desloca a pé. Em SP o metrô tem pesquisa que tem mais gente se deslocando a pé do que de transporte coletivo.

          Resumindo, a grande parte da população se desloca via transporte coletivo. Um minoria (deve ser por volta dos 25%) de carro. No centro (contando os mais de 100mil pessoas que vem de trensurb) possivelmente nem 10% utilizam automovel.

          Curtir

    • Mas tu não entendeu nada mesmo, né Francisco? As pessoas saíram às ruas pelo transporte PÚBLICO e não porque os otários que andam de carro acham que pagam muitos impostos.

      Curtir

      • Tu entendeu a fala do prefeito? “Chegou a hora de incentivar o transporte coletivo de qualidade e barato. A conta tem que ser paga. Quem usa o automóvel deve saber disso” É isso que eu critiquei, não quem protesta a favor do transporte público. Não é quem usa automóvel que tem que pagar a conta. Os trabalhadores nesse país pagam sim muitos impostos e a “elite” muito pouco.

        Curtir

  9. Outra coisa importante a saber é como precisaremos desse dinheiro. Não dá para esperar o bolo inteiro de uma vez só, até porque não será pago à empreiteira(s) tudo de uma vez só por um obra que durará anos.

    Se não tivermos um projeto bem elaborado das etapas, quantidade de dinheiro, carga de trabalho, necessidade de insumos (trilhos, cimento, máquinas…) pode acontecer de nem haver repasse de dinheiro.

    Curtir

  10. De quanto exatamente é esse aumento que o Prefeito está falando? Não sabe? Pois é… sem estudo adequando não tem como saber.

    Curtir

  11. PT prometeu o ceu para 2014, mas agora estao vendo que nao ha’ dinheiro pra nada. Pressao neles!

    Curtir

  12. Afinal o que sai para o Fortunatti? Tudo so vai sair quando ELE sair!

    Curtir

    • Ao contrario, tudo começou a sair quando ele chegou.

      Uma pessoa que peitou todos os grupinhos de Porto Alegre…

      Agora sobre a noticia, um aviso aos motoristas?
      Ja pagamos pelos carros mais caros do mundo, diversos impostos para poder rodar com esses carros, e ainda vai ficar mais caro?

      Se ao menos o transporte publico fosse bom, para ao menos ter uma desculpa, mas não é….
      Mas se ele sabe o que faz, deve imaginar que vai comprar uma boa briga com a maior parte da população…..
      Só espero que de tudo certo.

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: