Autorizada a implosão do Estádio Olímpico

Prefeito Fortunati entregou licença para implosão do Olímpico nesta quarta-feira

Rigor no documento foi necessário para dar serenidade à população da área vizinha ao estádio

Crédito: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / CP

Crédito: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Porto Alegre – A licença de implosão do Estádio Olímpico foi entregue, nesta quarta-feira (19), pelo prefeito José Fortunati aos representantes da OAS, que construirá um novo empreendimento imobiliário no terreno.

Fortunati elogiou o trabalho conduzido por Ricardo Gothe, que coordenou o grupo encarregado de tratar das questões públicas, envolvendo a demolição do estádio, incluindo a sua implosão. “Foi um processo muito complexo, mas realizado com grande responsabilidade e profissionalismo por todas as secretarias envolvidas”, disse o prefeito.

Os diretores da OAS, Eduardo Pinto e Patrícia Chemilié, lembraram que a prefeitura foi extremamente exigente, mas que este rigor foi necessário para dar serenidade à população da área vizinha ao estádio, “que hoje em dia está muito mais tranquila sobre a segurança da operação”, afirmou Patrícia. Esteve presente, ainda, o secretário Cláudio Dilda, da pasta de Meio Ambiente, responsável pela condução dos trabalhos que exigiram grande dedicação dos técnicos nos estudos, que culminaram com a expedição da licença.

A data de implosão ainda não foi oficialmente divulgada pela Prefeitura de Porto Alegre.

Diário de Canoas



Categorias:Implosão Olímpico

Tags:, , , , ,

1 resposta

  1. A entrega “das chaves” do Olimpico estao pendentes de uma liberacao da alienacao do terreno da Arena. Alguem sabe se essa ronha foi resolvida?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: