Ciclista morre atropelada em corredor de ônibus

Acidente ocorreu na avenida Érico Veríssimo, em Porto Alegre

Acidente ocorreu na avenida Érico Veríssimo, em Porto Alegre   Crédito: Samuel Maciel

Acidente ocorreu na avenida Érico Veríssimo, em Porto Alegre Crédito: Samuel Maciel

Uma ciclista de 21 anos morreu atropelada por volta das 8h desta quinta-feira em Porto Alegre. Patrícia Silva de Figueiredo circulava pelo corredor de ônibus da avenida Érico Veríssimo quando foi atingida por um coletivo da linha Belém Velho, consórcio STS, próximo à Venâncio Aires, na zona Leste da Capital. Uma pista do corredor, no sentido, bairro-Centro, foi bloqueada para o trabalho da perícia.

Ainda em Porto Alegre, manifestantes bloquearam a avenida Osvaldo Aranha, em frente ao Instituto de Educação Genrral Flores da Cunha, sentido Centro-bairro.

Correio do Povo



Categorias:Bicicleta

Tags:, , , , , , ,

86 respostas

  1. Todos os dias eu passo por ali e sempre pensei que um dia ia dar merda. Aquela faixa de segurança e praticamente todas as outras da Érico Veríssimo foram simplesmente pintadas aleatoriamente pelo chão, sem nenhum estudo.
    Essa faixa está a poucos metros da sinaleira, como não há aquela demarcação contínua para os carros se manterem atrás, usada nas faixas com sinaleiras, ninguém sabe se deve parar antes ou depois dela quando o sinal está fechado.
    Em frente ao CETE tem um faixa mal pintada e mal sinalizada que simplesmente foi jogada ali bem no meio da avenida. Isso tirando todas as outras faixas pintadas em esquinas, sem deixar um espaço para que o carro possa fazer a conversão, enxergar e parar a tempo.
    É obrigação do motorista prestar atenção às faixas e dar prioridade ao pedreste, assim como é dever do pedestre cuidar ao atrevessar a rua, porém não podemos isentar a culpa da prefeitura de Porto Alegre e da nossa querida EPTC pelo péssimo trabalho que vêm fazendo no trânsito.

    Curtir

  2. Vejam o tipo de infra que temos, no mentário desta matéria (o comentário do motorista)

    http://wp.clicrbs.com.br/doleitor/2014/03/18/leitor-reporter-apos-discussao-motorista-da-carris-abandona-veiculo-em-corredor-de-onibus/?topo=13%2C1%2C1%2C%2C%2C13

    “Sou o motorista citado na reportagem e gostaria de esclarecer que não tive discussão alguma com passageiros,simplesmente tentei fazer meu trabalho e não consegui,estava mais de 20 minutos atrasado e com super lotação no veiculo,pouca visibilidade e pista escorregadia onde no corredor de ônibus velocidade é de 40km/h pessoas queriam que eu fosse mais rapido,tanto eu quanto a cobradora fomos ofendidos moralmente com palavras de baixo calão e ameaçados fisicamente,tudo que foi feito foi para a segurança das pessoas a bordo do coletivo sem intenção de prejudicar alguem,quanto a ser a terceira vez esta semana que isso acontece é uma mentira deslavada pois a semana começou ontem e isso não ocorreu. Quanto a empresa,não ocorreu afastamento algum,apos sair da mesma me dirigi a delegacia mais próxima e efetuei um boletim de ocorrência,relatando os acontecimentos,pois sou profissional e viso em primeiro lugar a segurança dos passageiros…… Gostaria que esse comentario fosse publicado junto a reportagem,pois muitos leitores não sabem a verdade e se baseiam no que é publicado”

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: