Taxistas avaliam parar atividades na Copa em função do uniforme

Sindicato da categoria entrou com uma ação na Justiça para reverter a decisão

Taxistas avaliam parar atividades na Copa em função do uniforme  Crédito: André Ávila

Taxistas avaliam parar atividades na Copa em função do uniforme Crédito: André Ávila

Os taxistas de Porto Alegre poderão paralisar suas atividades durante a Copa do Mundo, caso a obrigatoriedade da camisa azul no uniforme seja mantida pela Justiça. O sindicato da categoria entrou na semana passada com uma ação na Vara da Fazenda Pública para reverter a decisão. O presidente do Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi), Luiz Nozari, disse nesta segunda que se o recurso for negado, os taxistas poderão realizar protestos e paralisação durante os dias de jogos da Copa do Mundo na Capital.

Nozari afirmou que é favorável a padronização do uniforme, mas destaca que a lei original não fala em cor. “Estamos pedindo que os taxistas que compraram camisetas azuis que guardem as notas e cobrem da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) ressarcimento caso a Justiça acate a decisão”, destacou. Na manhã desta segunda, em diversos pontos da Capital como o da Estação Rodóviária, e os pontos de táxi da avenida Borges de Medeiros e da rua dos Andradas, os motoristas de táxi estavam com a camisa azul exigida pela EPTC.

O gerente de fiscalização de trânsito da EPTC, Paulo Gumercindo Machado, informou que não serão feitas abordagens na rua para verificar quem está sem o uniforme. “Não vamos fazer caça às bruxas. A fiscalização programada será realizada nos finais dos pontos de táxi e na Estação Rodoviária”, acrescentou. Em Porto Alegre, segundo a EPTC, mais de 10 mil profissionais conduzem os 3.920 táxis.

O uso de bermudas para os condutores foi liberado, porém as mulheres taxistas estão proibidas de trabalhar usando saia. Os taxistas devem utilizar uniforme composto por camisa social (manga curta ou longa) ou camisa polo na cor azul e calça social, jeans ou bermuda em cor escura. As peças devem ser lisas, sem estampas, manchas ou descolorações. Também não é permitido o uso de chapéus ou bonés. O taxista pode optar ainda entre calçados fechados e sandálias.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014, Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , ,

26 respostas

  1. São mimados. Agora, todo mundo vai fazer greve pra aterrorizar os governos e patrões na Copa. A Copa termina daqui a 45 dias, meus caros. Vocês não vão levar nada! hahahahahah

    CORTESIA, UNIFORME E AR CONDICIONADO JÁ!

    Curtir

  2. A propósito, terem acabado com a obrigatoriedade de uniformes nas Escolas Públicas brasileiras, sob o argumento de que ninguém pode ser impedido de frequentá-la conforme a sua roupa, foi um dos maiores absurdos já vistos nesse país.Fruto do genuíno estilo brasileiro de legislar/interpretar as regras constitucionais, em que os cidadãos tem praticamente só direitos e nenhum dever.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: