Reunião pública debate transporte hidroviário para a zona Sul

Estudo será apresentado à população durante encontro na segunda-feira   Foto: Marcela Barbosa/Divulgação PMPA

Estudo será apresentado à população durante encontro na segunda-feira   Foto: Marcela Barbosa/Divulgação PMPA

A implantação de 12 novas estações hidroviárias ao longo dos 75 quilômetros da orla de Porto Alegre é uma previsão do Plano Hidroviário do RS. O projeto técnico está sendo elaborado pela prefeitura de Porto Alegre, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo (Smurb) e da EPTC,  em parceria com a Metroplan/RS. O tema será pauta da reunião pública “Projetos Estações do Catamarã na Orla Sul: a importância do novo modal hidroviário para a zona Sul da Capital”, que será realizada na próxima segunda-feira, 14, às 19h, na AABB (av. Coronel Marcos, 1.000).

De acordo com o arquiteto da Supervisão de Desenvolvimento Urbano (SDU) da Smurb, Marcelo Allet, a prefeitura está formulando critérios e parâmetros para a concepção arquitetônica e a inserção urbanística das estações hidroviárias deste novo sistema de transporte público, concebido para atender inicialmente 16 cidades da Região Metropolitana, incluindo a Capital.

Programa Hidroviário Municipal – O estudo elaborado pela Smurb, em parceria com a EPTC e com a Metroplan/RS, será apresentado à população durante a reunião pública.  Allet informa que a escolha da orla Sul para o início das divulgações programadas se deve a alguns fatores, como o reconhecimento da necessidade de melhores condições de transporte público no extremo sul da cidade.

“A orla Sul tem um grande potencial para a qualificação dos espaços públicos, além de dinamizar a economia local e, principalmente, ao contrário do que se costuma alardear, contribuir com  a preservação ambiental destes espaços”, destaca o arquiteto.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:hidrovias

Tags:, , , ,

7 respostas

  1. Ótimo iniciativa! Só fiquei apreensivo porque a “prefeitura está formulando critérios e parâmetros para a concepção arquitetônica e a inserção urbanística”

    Curtir

  2. Transporte HÍDRICO e FERROVIÁRIO, quanto antes melhor. Atraso de séculos.

    Curtir

  3. Ja comentei isso no blog antes. Gostaria de ter a opcao de ir de lancha de POA a Pelotas e Rio Grande!

    Curtir

  4. Nunca mais vi o cara que falava que isso nunca iria dar certo.
    haha

    Excelente noticia.

    Curtir

  5. Um catamarã até ipanema evitaria que muitas pessoas passassem por trechos congestionados da Tramandaí, Coronel Marcos e Wenceslau Escobar todos os dias. Eu usaria se pudesse desembarcar perto do gasômetro. Toda a Zona Sul seria beneficiada, não só os moradores de Ipanema e Belém Novo.

    Curtir

    • Problema é sair alguma coisa, com o lobby da ATP. Já foi um parto de 20 anos pra sair a lotação pra Belém Novo/Restinga…

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: